terror psicológico

Terror psicológico: significado e exemplos em frases e livros

Posted on Posted in Psicanálise, Psicanálise e Cultura

Por acaso alguém já te convidou para assistir um filme de terror psicológico no cinema? Enquanto muita gente acha o gênero violento, sombrio e assustador, outras pessoas são apaixonadas por esse tipo de filme. Para falar a verdade, esse tipo de terror não está presente apenas no cinema, mas também na literatura. No artigo de hoje, você descobrirá do que se trata. Ademais, conhecerá filmes e livros aclamados e que abordam esse tema.

O sentimento do terror

Antes de começarmos a falar em terror psicológico, será que você já se questionou a respeito do que seria o sentimento do terror? De primeira, identificamos um outro sentimento que está associado a ele, que é o medo. No entanto, será que medo e terror são a mesma coisa? Por um lado sim, mas é necessário pontuar algumas distinções.

O medo é um instinto natural do ser humano. Para falar a verdade, ter medo não é nem uma coisa ruim. Tome como exemplo quando a gente sobe até o último andar de um prédio muito alto. Por mais que haja uma parede ou grade de proteção impedindo a nossa queda, muitas pessoas não conseguem nem chegar perto de uma janela para olhar para baixo. Esse é um sentimento de medo que nós desenvolvemos porque nosso corpo sabe rconhecer o perigo.

O terror, por outro lado, é entendido como um medo mais intenso. Na situação que descrevemos mais acima, o terror seria uma manifestação natural de uma pessoa que têm acrofobia. Quem tem fobia de lugares altos estaria se contorcendo de medo apenas ao pensar em subir até o último andar. Ademais, há alguns sintomas que acompanham o sentimento do terror, tais quais a paralisia muscular e calafrios.

O terror na Psicanálise

Uma vez que vamos falar sobre filmes e livros aterrorizantes, antes de chegarmos lá, é válido aprender como a Psicanálise entende nosso fascínio pelo medo. Pode até ser que você não goste nada de filmes de terror, mas talvez seja viciado em romances policiais. De um modo ou de outro, o ser humano apresenta um certo fascínio pelo medo e nós podemos explicar o porquê.

O terror psicológico começa a se inserir aqui. Esse termo faz referência ao gênero literário ou cinematográfico em que a narrativa evoca temor ou ao desconforto mental. Veja que, nesse caso, não estamos falando de um sentimento causado pelo uso de elementos gráficos . Você não precisa de sangue, fantasias e máscaras aterrorizantes para isso. Estamos falando mais em como você se sente quando alguém conta uma história misteriosa e cabeluda no escuro.

É como define a Revista Galileu: aqui vale “menos a sanguinolência e a nojeira, e mais o climão e a ambiência; é menos o visual e mais a sugestão; enfim, é menos o nosso sensorial e mais… bem, o nosso psicológico.” Em termos psicanalíticos, estamos fazendo referência ao conceito de “medo estético”. Trata-se do medo do desconhecido, inerente ao ser humano. Filmes e livros de terror psicológico lidam com esse aspecto do ser humano.

Das Unheimlich ou O Inquietante e O Estranho

Para se aprofundar mais no que a Psicanálise pensa sobre o assunto, recomendamos que você leia um ensaio escrito pelo fundador da terapia. Sigmund Freud escreveu sobre o reverso sombrio do mundo e das pessoas já em 1919, o que significa que o interesse não é de agora. 

Para o pai da Psicanálise, quando nós entimos medo, estamos na verdade lidando com uma ameaça de castração. Esse é um termo bastante conhecido para quem estuda Psicanálise. Caso você não saiba muito bem o que significa, nós temo um artigo que explica esse conceito em pormenores. Saiba apenas que, em linhas gerais, a castração é o reconhecimento do impossível.

Leia Também:  Psicanalista, Psicólogo e Psiquiatra: definições

De acordo com Freud, a realidade psíquica seria não apenas fonte de estranheza. Ela também é a causa dos principais elementos que ocasionam e provocam os nossos temores. Assim sendo, é natural que filmes e livros que despertem nossos temores estejam no âmbito daquilo que não podemos ver com clareza. Nesse contexto, há filmes e livros que trabalham muito bem com isso.

Bons filmes de terror psicológico para assistir

Aqui não faremos muitas delongas para que você não corra o risco de pegar spoilers, ou seja, partes dos filmes que sejam importantes no desenvolvimento do enredo. Confira breves sinopses. Por si só, elas já dão bastante medo!

O iluminado e sua sequência Doutor Sono

Em O iluminado, Jack Torrance se torna caseiro de inverno do isolado Hotel Overlook, nas montanhas nevadas do Colorado. Ele vai para lá com sua família na esperança de curar seu bloqueio de escritor, mas desenvolvimentos inesperados tornam o processo de escrita sombrio. Na sequência, temos o filho de Jack passando por situações inesperadas e amedrontadoras em sua vida adulta. Ambos são excelentes filmes de terror psicológico!

Corra!

Aqui temos uma excelente produção de Jordan Peele, em que um rapaz negro viaja para conhecer a família de sua namorada branca. Nesta obra, o terror se associa a elementos de crítica ao preconceito racial. Assim, este não é apenas um filme para sentir medo, mas para refletir e ir para casa tentar recuperar tudo o que aconteceu no enredo.

Us

Us é outro filme de Jordan Peele, lançado em 2019 e vencedor de algumas premiações importantes. Quer algo mais assustador, sombrio e inesperado do que um mundo paralelo?

Diretores aclamados pelo trabalho com terror psicológico

Recomendamos aqui dois tipos


NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.


Livros aclamados com terror psicológico no enredo

Em vez de separar esta seção em tópicos, apenas recuperaremos a primeira indicação de filmes que demos. Caso você não saiba, tanto O iluminado quando Doutor Sono são adaptações de livros escritos por Stephen King. Atualmente, ele é considerado o maior escritor de obras que contam com terror psicológico em seu enredo. Além destas duas indicações que demos, ele também é responsável por obras mais gráficas como é o caso de It: A coisa.

Assim, caso curta o gênero, vale a pena dar uma olhada em outros de seus livros. Contudo, aqui vale um aviso: os romances de King são bastante longos!

Considerações finais: o terror psicológico em filmes e livros

Esperamos que você tenha gostado deste texto sobre o terror psicológico. Com ele, você aprendeu o que é terror, além de entender como a psicanálise analisa este sentimento. De quebra, você ainda ficou com algumas dicas de filmes e livros para ler e assistir! Por fim, ainda deixamos um convite. Para aprender mais sobre tópicos como o medo estético e a psicanálise freudiana, matricule-se em nosso curso de Psicanálise Clínica 100% online!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze + 8 =