terror

Sentimento de terror: como surge e como superar

Posted on Posted in Comportamento, Psicanálise

Seguindo o instinto natural, muitos se entregam a sentimentos negativos como forma de reação a algum estímulo. Entretanto, nem todos conseguem viver adequadamente com seus impulsos, acabando por criar travas pessoais que impedem o progresso pessoal. Vamos entender melhor o sentimento de terror e como podemos superá-lo.

Sobre o terror

Terror é uma sensação de angústia exacerbada provocada por algum estímulo que cause medo e/ou pavor. Sentindo-nos indefesos por alguma coisa, acabamos por experienciar uma sensação paralisante e que causa inconformismo. Isto porque, para muitos, fugir é motivo de vergonha e chacota interna e social.

Contudo, como aberto linhas acima, isso é um movimento natural do ser humano. Assim que este encontra algo que o apavore, se mobilizará para se afastar da sensação de perigo vindouro. Dessa forma, a ideia é se preservar, preparar e quem sabe, retornar para enfrentar. Nem todos conseguem e acabam vítimas de seus próprios temores.

Alguns indivíduos acabam sentindo essa sensação de forma mais intensificada do que outros. Tudo depende da forma como foi criado e como esta pessoa se porta no mundo. Por exemplo, alguém superprotegido tem mais dificuldade em se colocar diante de algo que cause perigo. Tal coisa é mais fácil com quem lida com dificuldades desde cedo.

Como surge

Um fato importante a se tornar em torno do terror é que este condensa o controle que não temos sobre a vida. Isso porque a sensação não assume forma, gênero, cor ou qualquer tipo de aparência ou textura. Encontra-se nas coisas mais triviais da vida e talvez por isso assuste tanto quem se sente inseguro. Além disso, se inclui também:

Medo do que é desconhecido

Tudo o que foge de nossa alçada é motivo para que seja temido. Ao longo da vida, acabamos criando uma bolha onde tudo é esperado e nada é diferente, de modo a nos preservar. Sabemos o que somos, o que queremos e o que estamos necessitando. Assim que o desconhecido surge, tudo vira de cabeça para baixo e perde seu pilar.

Medo da incapacidade

Apenas com base em pensamentos negativos já criamos terreno ao desespero. Acreditamos que somos incapazes, burros e até o pensamento que fomos azarados por toda a vida. Claro que nada disso pode ser possível ou plausível, mas a mente alimenta para justificar qualquer fracasso nosso.

A incerteza

O ser humano necessita avidamente permanecer atento ao que lhe acontece, a fim de permanecer no controle. Quando uma situação inesperada e bastante complicada surge, este não sabe o que fazer. A insegurança de ter de lidar com tudo acaba por assustá-lo e recuá-lo, fazendo desistir de qualquer investida.

Reações

O terror é um dos pensamentos mais difíceis de serem lidados em sociedade. Isso porque nos expõe ao lado ao qual despejamos os nossos temores secretamente. De forma inconsciente, é como se eles se misturassem e dessem origem a algo novo, maior e assombroso. Não temos maturidade, conforto e resiliência para lidar com isso.

Por causa dessa certa imaturidade, muitos acabam se excluindo do mundo, tensionando fugir da forma que podem. Entretanto, não importa onde estejam, o terror sempre os acompanhará. A situação se resume a conexão interna que uma pessoa alimenta com tudo o que ela teme. Não interessa saber aonde esse indivíduo vai, pois a sua consciência e inconsciência estarão lá o acompanhando.

Nesse contexto, cabe ressaltar que não existe idade para que tal evento ocorra. Nas crianças, acontece o terror noturno, onde as mesmas sofrem de medo enquanto dormem. Já nos adultos vêm de forma mais velada e sutil, correspondendo suas emoções. Quanto mais jovem uma pessoa é, mais ela está propensa a conviver com esse terrível sentimento.

Leia Também:  Psicologia Analítica: características e técnicas

O papel da psicoterapia

A psicoterapia pode intervir de forma bastante eficaz nos problemas causados pelo terror. O papel inicial dela é identificar as causas comportamentais de uma pessoa. Assim, ele estudará e fará um levantando do que pode servir de catalisador a alguém. A partir daí, fica mais fácil entender suas motivações e o que pode ser feito para intervir.

Em relação a nós mesmos, aprendemos a valorizar e a cultivar o nosso autoconhecimento. Isso porque conseguimos nos reconhecer e enxergar a nossa própria imagem. Dessa forma, podemos olhar às nossas rachaduras e fazer os reparos necessários para tratá-las. Retomamos nossas vidas e aprendemos a viver plenamente.

É importante deixar claro que o psicoterapeuta tem papel fundamental na nossa construção social. Não é sinal de fraqueza procurar a ajuda de um, mas, sim, sinal de que a pessoa se importa suficientemente consigo. Portanto, se o problema atinge sua vida e continua, não se faça de durão. Procure ajuda o quanto antes e se resgate.

Como superar

Ainda que seja difícil, não é impossível superar o sentimento de terror na sua vida. Tudo depende de coragem, de modo que você encare toda a situação de frente sem recuar. Apenas você pode se salvar disso e se municiar com algumas informações te ajudará nesse caminho. Claro que o medo pode acompanhar, mas:

NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

Entender nossas limitações

Entender que possuímos limites ajuda na digestão de toda a situação, fazendo com que nos livremos do manto de super-humanos. Isso porque quando nos compreendemos de verdade, enxergamos nossos limites, falhas e incapacidades. Esse é o sentido de ser humano: aprender a cada nova experiência. Você nunca terá resposta para tudo.

Não desistir

Entender que é incapaz diante de um trauma é uma coisa completamente em desistir dela. A vida é uma luta contínua e o sabor de cada conquista é o que dá significado a ela. Olhe tudo o que conquistou até aqui e pense no lugar que pode ocupar ao lidar com esse desafio. A perseverança é o combustível da inovação.

Procurar ajuda especializada

Caso isso comprometa a sua vida, jamais hesite em procurar ajuda médica. Como dito linhas acima, a mesma serve para esclarecer o momento em que vive. As respostas podem não serem das mais agradáveis, mas ainda são respostas que não pôde obter sozinho. Por meio da intervenção de um psicoterapeuta, saberá o que causa tanto pavor em você.

Considerações finais sobre o sentimento do terror

Ainda que inspire bastante a cultura pop, o terror continua a nos assombrar na vida real. A palavra designa um estado de medo profundo diante de algo ao qual não estávamos esperando. Com isso, a surpresa atinge um tom agressivo, ameaçador e imprevisível, já que não sabemos até aonde podemos ir.

Não existe uma receita certa para que nos preparemos ao terror. Uma das maiores características dele é a imprevisibilidade, já que assume a forma da nossa perspectiva pessoal. Assim, o que pode ser aterrador a um pode não ser para outro. Independente disso, saiba que pode reverter a situação acreditando em si e na própria ação.

Essa virada pode ser mais facilmente conquistada com nosso curso de Psicanálise 100% EAD. Como dito linhas acima, a Psicanálise é a ferramenta completa para entender o comportamento das pessoas, bem como o nosso. Sem contar que nos ajuda a desenvolver um autoconhecimento afiado e preciso. Conheça de perto a ferramenta que pode mudar a sua perspectiva sobre si, sobre sentimentos como o terror e eventos significativos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito − cinco =