Vitimizar: significado no dicionário e na psicologia

Posted on Posted in Comportamento, Conceitos e Significados

Você sabe o que significa vitimizar? Por isso, venha conferir o nosso artigo para saber mais sobre este assunto.

Então, o que é vitimizar?

O termo vitimizar se refere a um padrão de comportamento em que a pessoa assume um papel constante de vítima. Ou seja, o indivíduo mantém uma atitude passiva e evitativa em relação aos problemas. Além disso, culpa os outros por tudo de ruim que lhe acontece.

A vitimização é um comportamento repetido em toda a humanidade. Desse modo, o comportamento de quem faz o papel de vítima parte da premissa de uma autoestima muito baixa. Isto é, para argumentar e manter uma postura coerente em todas as situações que surgem.

No entanto, essa forma de se relacionar com os outros e com o meio ambiente, desenvolve nessas pessoas uma visão pessimista da vida. O que por sua vez pode levar a consequências mais negativas no seu dia-a-dia. Para mais detalhes, continue a leitura e confira o significado no dicionário e na psicologia do termo vitimizar.

Significado de vitimizar na Psicologia

Todos nós, em algum momento ou outro de nossas vidas, já nos depararamos com aquele tipo de pessoa que se disfarça de vítima para chamar nossa atenção. Logo, são pessoas que usam a reclamação e a lamentação para obter a atenção emocional de que precisam e impor sua vontade.

Esse tipo de pessoa costuma se esconder atrás de sua condição de vítima para não se responsabilizar por nada. Dessa maneira, tudo de ruim que acontece com eles é sempre culpa dos outros. Portanto, são incapazes de refletir e analisar suas ações e sua relação com o meio ambiente, encerrando-se em seu papel de vítima.

Na verdade é que quem é vitimado o faz por um problema de maturidade emocional. Em sua infância, a técnica de ser uma vítima serviu para chamar a atenção de outras pessoas. Dessa forma, se vitimizar passa a ser estratégia infantil e imatura usada na idade adulta para continuar a chamar a atenção dos outros.

Além disso, pessoas que se vitimizam o tempo todo podem obter a atenção que pedem por meio de seu papel de vítimas por um tempo. No entanto, as pessoas que as encontram acabam se cansando disso e, no final, fogem daquela negatividade crônica que transmitem tanto.

O que leva uma pessoa a vitimizar-se?

O papel de vítima funciona como um mecanismo de proteção contra sintomas como medo ou ansiedade. Logo, seria um modelo de evitação em que a pessoa prefere não assumir a responsabilidade por seus atos. Ou seja, ela não se sente preparada para o fracasso.

Assim, acaba projetando essa culpa nos outros. Seria, portanto, uma forma inadequada de lidar com as dificuldades e problemas frequentes na vida. Além disso, o vitimizador consegue assim influenciar o comportamento das pessoas à sua volta. Pois, ele consegue atenção, ajuda, favores, companhia, pena ou simpatia dos outros.

Por isso, confira a seguir, 2 benefícios aparentes para as pessoas que são vitimadas. Ademais, a maneira mais adequada de neutralizá-los se quisermos obter maior eficácia em nossa vida. E assim, parar de jogar o jogo da vítima o tempo todo:

1. A vítima acredita que é ela quem mais sofre no mundo

Na verdade, seu caso é tão único que não há antecedente que possa ser igual. O aparente benefício é mostrar força a partir de fraqueza. Assim, despertar certa aura de admiração em pessoas que, em geral, não têm essa capacidade de analisar situações e são um pouco frágeis em sua estrutura psíquica.

Como podemos melhorar: aceite as situações à medida que surgem. Faça uma análise objetiva dos fatos. Adicione perguntas e respostas. Encontre a segunda e a terceira opinião. E a partir daí, elabora meu depoimento da situação, sem a necessidade de me vitimar.

2. A vítima evita responsabilidades pessoais

Pessoas que desempenham o papel de vítimas evitam seu papel de responsáveis pelas situações da vida. Ou seja, elas omitem detalhes, contam apenas a parte da informação que os favorece em sua encenação. Portanto, eles criam situações de fantasia muito distantes da realidade objetiva e se conectam o tempo todo.

Leia Também:  Consumo e Consumismo: definições e diferenças

O que é surpreendente é que as pessoas que usam a vitimização como uma ferramenta diária criam tal habilidade neste campo que as impede de assumir a responsabilidade pelo que devem fazer. Isso, em geral, é mais de 80% do que eles reclamam e isso faz parte da história de suas vítimas.

Então, para melhorar essa condição é preciso ser 100% responsável por todas as situações da própria vida. E, melhor ainda, aquelas que não gosto e não satisfaço. Só assim aprenderei e desenvolverei um potencial emocional apropriado, para me conectar com o que deve estar presente em todos os momentos.

Como agir em face de uma vitimização manipuladora?

Estudos realizados por psicólogos, revelam a nítida necessidade de um aprofundamento na figura da vítima e da vitimização. Desse modo, algo que devemos ter claro, é que por trás desse perfil está a infelicidade. Além disso, o que existe em muitos casos é a clara dificuldade em fechar o ciclo de sua experiência traumática.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Eles, portanto, precisam de nossa compreensão, mas também de nossa sinceridade. Desse modo, a melhor maneira de ajudar alguém assim é dizendo-lhe de maneira direta e amorosa o que achamos de sua atitude.

    Contudo, precisamos tomar cuidado para não cair no jogo deles e ceder aos seus caprichos. Ademais, é necessário não agir com desprezo ou armadura com essas pessoas. Pois, assim é muito capaz que a pessoa não intensifique o seu comportamento.

    No geral, podemos dizer que o vitimismo é a marca da baixa autoestima. É resultado de uma ferida mal cicatrizada, que às vezes busca ser o centro das atenções para mascarar sua solidão e desconforto. Portanto, a única forma de acabar com essa dinâmica é fazer com que essa pessoa procure ajuda profissional.

    Considerações finais sobre vitimizar

    Por mais difícil que seja, uma pessoa que tem o comportamento de se vitimizar sempre merece n oosso respeito. Mas, precisamos fazer um alerta: a partir do momento em que faz uso da vitimização para obter reforços e benefícios, é primordial que ela procure assistência psicológica.

    Só assim ela conseguirá lidar de forma adequada com sua realidade pessoal. Por isso, entenda que não é o seu papel “curá-la”. Por isso, dê todo apoio para ela compreender que precisa de ajuda profissional. Desse modo, todas as pessoas aprendem a lidar com as suas inseguranças e questões emocionais.

    Então, agora que você já sabe o que é vitimizar, que tal aprender a fundo sobre o comportamento humano? Por isso, faça o nosso curso online de Psicanálise Clínica. Portanto, o que você está esperando o que para começar a construir o seu futuro e se especializar no estudo da mente? Inscreva-se agora mesmo e transforme o mundo ao seu redor.

    2 thoughts on “Vitimizar: significado no dicionário e na psicologia

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.