aconselhamento e orientação em psicologia

Aconselhamento Psicológico: o que é, onde buscar, como atuar

Posted on Posted in Transtornos e Doenças

Aconselhamento psicológico é um método de atendimento em que o enfoque é uma situação emergencial, na solução de um problema pontual. Assim, em consulta o enfoque é na solução de conflitos, internos ou interpessoais, em meio a uma situação específica, visando a gestão de estresse, sobremaneira de forma preventiva.

Nesse sentido, o atendimento psicológico, através do aconselhamento, visa prevenir e trazer soluções nas diversas relações, pessoais, profissionais, afetivas e familiares. Contribuindo, então, no controle do estresse e da ansiedade, principalmente em meio a tomada de decisões em situações pontuais. Como, por exemplo, em reuniões profissionais, entrevistas de emprego, etc.

Em outras palavras, o aconselhamento psicológico ajuda o paciente na reflexão sobre alternativas que lhes estão disponíveis para resolução de problemas cotidianos. Assim, auxiliará no processo de escolha, que muitas vezes podem lhe angustiar. Consequentemente, o paciente terá maior autonomia, controle emocional e segurança em suas ações. 

O que é aconselhamento psicológico? 

Em suma, o aconselhamento psicológico é um atendimento direcionado a solução de problemas ou impasses gerados em situações de conflito pontuais. Nesse sentido, o psicólogo auxilia o indivíduo no controle do estresse e da ansiedade em meio a circunstâncias que merecem controle emocional e tomada de decisões.

Assim, o paciente melhora o seu autoconhecimento, adquirindo autoconfiança, conseguindo lidar melhor com as escolhas da vida. Ou seja, conseguirá analisar os recursos que estão disponíveis e destravar suas opções para problemas ou impasses rotineiros.

Neste tipo de consulta psicológica, o paciente receberá orientação e informações para lhe ajudar no encorajamento e direcionamento de conflitos específicos de sua vida. Desse modo, não há um estudo sobre todo o histórico do paciente, mas sim sobre aquela situação em pontual.

Entretanto, este método também pode ser aplicado em conjunto com métodos de psicoterapia, conforme demonstrado em estudo do célere psicólogo Carl Rogers (1902-1987). Portanto, embora sejam abordagens psicológicas distintas, elas podem se complementar, onde, durante a psicoterapia, o psicólogo poderá utilizar-se do aconselhamento psicológico para ajudar o paciente.

aconselhamento psicológico resumido

Portanto, o acompanhamento psicológico visa analisar as questões sociais, trazendo ao paciente soluções as problemas específicos do paciente. Os quais são relacionados à sua saúde física e mental, como, por exemplo:

  • depressão;
  • violência doméstica;
  • transtornos de personalidade;
  • problemas em relacionamentos amorosos;
  • distúrbios alimentares;
  • luto;
  • abuso físico e mental;
  • experiências traumáticas;
  • mudanças repentinas de humor;
  • estresse elevado;
  • complexo de rejeição;
  • ansiedade extrema e incontrolável.

Quais os principais objetivos da psicologia do aconselhamento?

Sobremaneira, o aconselhamento psicológico objetiva trazer clareza ao paciente quando está em meio a situações estressantes ou de indecisão. Note que não se trata de demonstrar quais são as escolhas o paciente deverá tomar, mas sim, lhe ajudar na forma como deve se expressar, em como analisar as hipóteses disponíveis e ter decisões seguras.

Desse modo, as técnicas de aconselhamento psicológico objetiva ajudar no processo de escolha do indivíduo, nas mais variadas questões de sua vida, tanto pessoal quanto profissional. Com isso, se sentirá mais confortável nas decisões que, até então, lhes causavam ansiedade e angústia.

Ou seja, o psicólogo-conselheiro habilita o paciente em sua capacitação intelectual e emocional, aplicando técnicas para solução de suas dúvidas e conflitos, pessoais e de relacionamento. Pois conseguirá aprimorar o seu autoconhecimento, a partir de sua personalidade e experiências pessoais de vida.

Como funciona o aconselhamento e orientação em psicologia? 

Contudo, os psicólogos de aconselhamento atuam para ajudar nos relacionamentos pessoais e interpessoais dos pacientes. Trazendo-lhe, assim, os direcionamentos para situações de sua vida, de forma individualizada.

Portanto, dentre os principais métodos aplicados durante o processo de aconselhamento psicológico estão:

  • procedimento em intervenção em situações de crises;
  • gestão de eventos desastrosos e traumáticos;
  • avaliação de possíveis problemas do paciente;
  • consultoria em educação sobre a saúde mental.
  • implementar programas de atendimentos psicológicos individuais; dentre outros. 

Quando buscar orientação e aconselhamento psicológico? 

Se você se sente com dificuldade de lidar com problemas de sua vida, ao ponto de estarem lhe prejudicando emocionalmente, talvez seja o momento de procurar aconselhamento psicológico. Isso em relação às questões pessoais, profissionais, familiares ou, até mesmo, de relacionamentos amorosos. 

Sem dúvidas um dos maiores impasses da vida em sociedade, é o medo de tomar decisões erradas, que prejudicarão o nosso futuro. Porém, essa indecisão pode se tornar crônica, aumentando a ansiedade até na tomada das decisões em situações simples.  

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Para isso, o aconselhamento psicológico traz apoio para as pessoas em seus momentos de indecisões. Assim, evitando que as situações de estresses, causadas pelas pressões externas, possam afetar a sua saúde mental.

    Leia Também:  O que é Saúde Mental, características e como obter

    Afinal, quando se está emocionalmente envolvido, podemos ter nossas decisões práticas afetadas. Neste ponto está a importância do atendimento focado no aconselhamento, onde o psicólogo ajudará o paciente a ter equilíbrio entre emoção e razão.

    Por isso, não necessariamente se precisa estar sofrendo de alguma doença psicológica para se buscar ajuda. Até mesmo porque, você pode precisar de aconselhamento psicológico como forma de prevenção, como forma de cuidado à saúde mental.

    Nesse sentido, para exemplificar a necessidade de aconselhamento psicológico, seguem algumas situações práticas:

    Emoções intensas e desproporcionais

    Obviamente todos temos emoções, são elas que nos movem nos mais variados contextos da vida. Porém, se elas vão além da racionalidade, passando a afetar nossas decisões, até as mais simples, possivelmente você está precisando de ajuda de um profissional especializado na mente. Que, assim, lhe ajudará a entender como lidar melhor com seu autocontrole e objetividade.

    Lidar com situações traumáticas

    Existem situações pontuais que, inevitavelmente, afetam nosso estado emocional, nos impedindo de agir com segurança, trazendo um certo distanciamento da realidade. Como, por exemplo, perda de um ente querido, desemprego, divórcio, doenças.

    Nesse sentido, um psicólogo poderá lhe ajudar a enxergar com clareza determinadas situações, as quais você não consegue entender diante do seu estado emocional frágil. Ou seja, existem situações que podem causar certo distanciamento da realidade. Então, com o aconselhamento psicológico é possível entender e racionalizar quais atitudes deve ser tomadas.

    Sintomas sem diagnóstico

    Muitas pessoas sofrem com sintomas físicos relacionados a problemas emocionais, que não são diagnosticados por um médico clínico geral. Como, por exemplo, dores de cabeça, tremores, náuseas, falta de ar, dentre outros. São situações em que seu “corpo fala”, como uma resposta para suas dores emocionais, que podem estar relacionadas a transtornos psicológicos.

    Nesse sentido, o aconselhamento psicológico será um grande aliado para lhe auxiliar em meio a um problema emocional. Ou, até mesmo, se você está sofrendo de algum transtorno psicológico ou mental, dando-lhe, assim, o direcionamento correto para o seu tratamento.

    Portanto, o aconselhamento psicológico visa lhe auxiliar em meio a situações específicas de conflito. Para, assim, lhe ajudar a enxergar com maior clareza, quando se está com a racionalidade afetada em meio a emoções intensas. O psicólogo auxiliará na gestão do estresse e ansiedade, sobretudo como uma forma preventiva.

    Aconselhamento Psicológico Carl Rogers

    Contudo, se você chegou até o final deste artigo, possivelmente tem interesse no estudo da mente e comportamento humano. Sendo assim, convidamos você a conhecer nosso Curso de Formação em Psicanálise Clínica, dentre os benefícios deste estudo, estão: (a) Aprimorar o Autoconhecimento: A experiência da psicanálise é capaz de proporcionar ao aluno e ao paciente/cliente visões sobre si mesmo que seria praticamente impossível obter sozinho; (b) Melhora o relacionamento interpessoal: Entender como funciona a mente, poderá proporcionar um melhor relacionamento com os membros da família e do trabalho. O curso é uma ferramenta que ajuda o estudante a entender os pensamentos, sentimentos, emoções, dores, desejos e motivações de outras pessoas.

    Por fim, se você gostou deste artigo, curta e compartilhe em suas redes sociais. Assim, nos incentivará a continuar produzindo conteúdos de qualidade.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.