aperto no coração

Aperto no peito: por que ficamos com o coração apertado

Posted on Posted in Conceitos e Significados

O aperto no peito é, para área de psicopatologia, conhecido como angústia. Embora esteja relacionado, muitas vezes, a transtornos de ansiedade, são sintomas distintos. Além disso, também deve der dada atenção a relação a quadros orgânicos, ou seja, ao ter este sintoma, não pode descartar, imediatamente, quadros de infarto.

Primeiramente, saiba que o aperto no peito é o que também se conhece por angústia. Mas, como dito, não se pode deixar de lado eventual patologia do organismo. Entretanto, é comum que após os procedimentos para descartar estas hipóteses, o paciente seja encaminhado psiquiatra para uma análise clínica sob outro enfoque.

Aperto no coração por ansiedade ou angústia?

Ansiedade não é sinônimo de angústia, embora sejam sintomas que muitas vezes se coadunam nas doenças da mente, diferem entre si. Inclusive, esses sintomas possuem áreas de ativação cerebrais distintas.

Para o aperto do peito é importante ter atenção a abordagem diagnóstica diferente da relacionada aos transtornos de ansiedade, embora, claro, possam existir concomitantemente. Nesse sentido, para não serem confundidos, ansiedade e angústia são assim diferenciados:

  • aperto no peito significa angústia;
  • angústia e ansiedade são sintomas diferentes;
  • com gatilhos mentais e sem gatilhos mentais

Aperto no peito significa angústia

Em suma, quem sofre de angústia passa por diversos momentos de indecisão. O indivíduo tem conflitos internos que os impedem de agir, ficam imóveis perante atitudes que devem ser tomadas na vida.

Em outras palavras, a vivência da angústia causa muito sofrimento, sem que exista um gatilho mental para tanto. Se relaciona a dilemas que o indivíduo passa, em que se sente incapaz de tomar decisões em momentos presentes.

Diferença de ansiedade e angústia

Ao contrário, a ansiedade é causada pelo medo do futuro, traz uma perspectiva de insegurança em relação ao que está por vir. Por outro lado, a angústia traz dúvida para resolução de prolemas presentes.

O aperto no peito, a angústia, esse estreitamento no peito, acontece, em sua maioria, sem a identificação um gatilho mental. Diferentemente, da ansiedade, onde recorrentemente se tem um objeto, um gatilho presente.

Muitas vezes, esse aperto no peito tem ligação à falta de propósito na vida, onde a pessoa não encontra o seu papel na sociedade, não tem um objetivo claro de vida. Então esse sintoma pode ter relação com o seu entorno de vida, porém, isso não é um gatilho, como ocorrer noa quadros ansiosos, em que os gatilhos são mais nítidos.

Aperto no peito por ansiedade e sintomas de depressão

A ansiedade está intimamente ligada ao medo, porém quando este se torna excessivo, muitas vezes paralisante. O medo, claro, é uma emoção que todos vivenciam na vida, mas o que deve ser observada a é sua proporção e razoabilidade.

Muitas vezes a ansiedade pode estar relacionada também aos transtornos depressivos. É comum que a angústia, o aperto no peito, esteja dentro de uma síndrome depressiva ou até mesmo como o início do quadro depressivo maior.

Onde a pessoa tem percepção de indecisão, de não saber como se portar, por vezes traz uma dinâmica de paralisação e aquelas pessoas começam a desenvolver sintomas clássicos de depressão, que podem conviver em conjunto com a angústia, com o aperto no peito, como, por exemplo:

  • tristeza;
  • apatia;
  • perda de prazer;
  • insônia;
  • perda de apetite.

Qual tratamento para o aperto no peito?

Quem sofre de aperto no peito, de angústia, deve procurar ajuda psiquiátrica, tendo em vista que a resposta aos medicamentos prescritos pode levar a cura efetiva. Cientificamente falando, isso acontece por a angústia ser processada por uma área cerebral, a qual os remédios atuarão diretamente.

Em conjunto ao tratamento psiquiátrico, importante a abordagem psicológica. Embora possivelmente não existem gatilhos para o aperto no peito / angústia, é perfeitamente possível que um indivíduo perceba a sua evolução ao enfrentar as situações.

Ou seja, com o tratamento psicológico poderá saber como modificar a sua ação, tomadas de decisões. Assim, permitindo experimentar resultados e recompensas diferentes, que aliviam a angústia de maneira bastante interessante, mesmo que não exista um gatinho tão claro.

Sentindo o coração apertado

Saindo da esfera científica da mente humana, o imaginário da população – sem comprovação científica, destaca que sentir o coração apertado pode indicar um presságio. Ou seja, que algo ruim vai ou está acontecendo, principalmente com um ente próximo.

Leia Também:  Afinal, o que significa ideológico?

Possivelmente você já ouviu alguém dizer que está com o coração apertado e, então, começar a contatar seus entes queridos para saber se está tudo bem. Isso comumente chamamos de mau pressentimento. Surge subitamente, acompanhado de angústia.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Nesse sentido, os especialistas na mente humana, explicam que pode ser a mente inconsciente dando sinais de que algo não está correto e merece sua atenção. Ou seja, é uma sabedoria interna que ultrapassa a mente analítica. Vem do inconsciente como um sinal de alerta para seguirmos, ou não, adiante em meio a determinada situação da vida.

    Sensação ruim de aperto no coração: o que diz a psicanálise sobre a intuição?

    Quando temos a sensação ruim de aperto no coração, possivelmente é a nossa intuição que entrou em ação. Para Psicanálise, a intuição é um fenômeno da psiquê humana. A grosso modo, entenda como uma capacidade de se antecipar, esmo sem entender efetivamente a razão deste comportamento.

    O que se nota é que a intuição dita como presságio só se verifica após o fato ter ocorrido, como uma validação daquela, então, premonição. A Psicanálise explica que, no geral, essa sensação ruim de aperto no coração advêm de uma gama de informações emergentes de situações vividas anteriormente.

    Neste ponto deve-se ser vigilante, para que essa era sensação ruim se torna um transtorno mental paranoico. Ao passo que a pessoa sente angústia a todo momento, diante de tudo que experimenta na vida, sem um gatilho mental definido.

    Qualquer pessoa, em estado grave ou não, pode ter seus comportamentos e pensamentos influenciados por questões inconscientes, caracterizando-se pela leitura equivocada das circunstâncias da vida.

    Desse modo, mantenha-se em vigília sobre seus comportamentos e emoções que podem destoar da realidade, sobretudo pelo aperto no peito que pode estar lhe causando imenso sofrimento.

    Neste ponto, fica a dica: não sinta vergonha dos seus sentimentos, procure ajuda, você não precisa sofrer sozinho e pode evitar que este aperto no peito se transforme em graves doenças mentais.

    Além disso, se você gosta de entender o funcionamento da mente humana, conheça nosso Curso de Psicanálise Clínica. Com este estudo poderá entender os mais profundos segredos da mente consciente e inconsciente. Se você tiver qualquer dúvida sobre o curso, basta deixar seu comentário logo abaixo que lhe responderemos brevemente.

    Se você gostou deste artigo, curta e compartilhe em suas redes sociais, assim, nos incentivará a continuar produzindo sempre conteúdos de qualidade para nossos leitores.

    One thought on “Aperto no peito: por que ficamos com o coração apertado

    1. Agora consegui entender o que estou sentindo!
      Angústia junto com ansiedade.
      É uma dor muito grande.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.