desenhos infantis interpretação psicanálise

10 Desenhos Infantis Baseados na Psicanálise

Posted on Posted in Comportamento, Psicanálise e Cultura

Você sabia que há muitos desenhos com base na psicanálise? Muitas vezes, nós pensamos que os desenhos infantis são apenas para diversão e passatempo dos pequenos. Ou seja, para prender a atenção deles por alguns momentos, ou no máximo para estimular a criatividade e passar alguma lição educativa, como ensinar as crianças a contar por exemplo.

Mas, na verdade, os desenhos infantis possuem um papel muito mais amplo que isso. Eles são verdadeiras lições de vida e refletem situações do dia a dia. Isso, de forma muito mais verdadeira do que imaginamos a princípio.

Eles escondem mensagens muito importantes e relevantes, inclusive para os adultos e, muitas dessas mensagens são baseadas em estudos de psicanálise e de psicologia.

Isso porque, na hora de desenvolver um personagem, seus criadores pensam em diversos aspectos da sua personalidade, mesmo em um desenho animado. Dessa forma, o personagem se torna mais profundo e tem a capacidade de tocar as pessoas.

É por isso que muitas vezes sentimos uma conexão inexplicável com um personagem de animação, ou ficamos profundamente tocados depois de assistir a desenhos infantis. Podemos aprender muito com eles, e chegar a conclusões psicológicas profundas.

Vamos desvendar juntos essas mensagens existentes por trás dos desenhos infantis? Trouxemos aqui 10 desenhos infantis que foram baseados na psicanálise, veja a lista completa abaixo:

· Procurando Dori
· Divertidamente
· Valente
· UP – Altas Aventuras
· Wall-E
· Mogli – o menino lobo
· Kung Fu Panda
· Frozen: uma aventura congelante
· O rei Leão
· Os incríveis

10 desenhos Infantis que Foram Baseados na Psicanálise

1. Procurando Dori

Procurando Dori é um filme que ensina sobre as diferenças e sobre o respeito ao próximo, independentemente das suas características, qualidades e defeitos.

O filme coloca como personagem principal uma “peixinha” muito simpática. A peixinha Dory possui um problema muito grave de memória. Isso causa muitos transtornos em sua vida, mas ela consegue encontrar amigos ao longo do caminho que a ajudam a conquistar o seu objetivo, que era o de encontrar sua família verdadeira.

Além de lidar com a perda de memória e problemas como o abandono infantil, o filme ensina as crianças a aceitarem as diferenças e a ajudarem o próximo, apesar de tudo.

2. Divertidamente

Esse filme foi de fato produzido com a ajuda de psicólogos e psicanalistas, como o psicólogo Paul Ekman. Assim, ele trata de um assunto muito delicado e presente na nossa vida: as emoções.

Ele vai ainda mais fundo e retrata algumas das emoções que os estudiosos acreditam ser o cerne das emoções humanas: raiva, medo, nojo, alegria e tristeza. Não foi possível retratar todas as emoções humanas por uma questão de roteiro. Mesmo assim, as situações expostas no longa são bem trabalhadas e mostram como nós agimos e por qual motivo, com base nas emoções primárias.

A mensagem principal do filme é que não devemos ter medo das nossas emoções e sim abraçá-las como parte de nós. Além disso, o filme também transmite que devemos controlar essas emoções, para que elas não nos dominem.

Ademais, a jornada da protagonista durante a descoberta de suas emoções é um retrato fiel do que todos nós passamos diversas vezes na vida. Além disso,  ajuda crianças e adultos a aprenderem a lidar com as próprias emoções e com as emoções dos que estão à sua volta.

3. Valente

Todos que assistiram Valente se encantaram com a menina corajosa de cabelos cacheados cor de fogo. Mas, mais do que isso, os espectadores puderam ver na tela uma garota que simplesmente não se conformava com os papéis que a sociedade, seus pais e seus amigos impunham a ela. Por exemplo, que ela deveria se comportar de forma apática, como uma moça criada apenas para casar e para servir seu esposo.

Além de lidar com conceitos como o de gênero na nossa sociedade, ele toca no assunto de uma mãe que projeta sua vida na filha e planeja todos os seus desejos nas realizações de sua prole.

São muitos assuntos abordados de forma sutil, mas que nos fazem pensar na forma como os papéis são criados na nossa sociedade e sobre a angústia gerada em quem não consegue se conformar com esses papéis.

4. Up: Altas Aventuras

Este é um dos desenhos infantis com maior carga emotiva. Isso pois o filme vai muito além de uma história bonitinha que emociona adultos e crianças.

Up é um filme que trata do envelhecimento como nenhum outro. Ele toca em assuntos como a solidão, o abandono e as influências da idade sobre a vida de alguém.


NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ


Muito além disso, com as reviravoltas da história, há ensinamentos. O filme mostra que todos precisam de um pouco de imaginação e aventura na vida. Isso independentemente da nossa idade.

5. Wall-E

Wall-E é um filme peculiar dentre os desenhos animados, pois praticamente não possui nenhuma fala, uma vez que os protagonistas são “robozinhos” que apenas emitem sons indistintos.

Por um lado, em um olhar superficial, poderíamos pensar que o filme é mais uma animação sobre sentimentos. Mas não é só isso. Ele aborda a responsabilidade que todos nós possuímos como seres humanos, em cuidar do nosso planeta. Além disso, também aborda a questão da obesidade e da necessidade de cuidarmos da nossa vida alimentar e de nossa saúde.

O filme aborda temas de grandes responsabilidades. Especialmente o compromisso que todos nós devemos ter em cuidar do planeta Terra. Isso não só para que nós possamos aproveitar, mas também as futuras gerações.

6. Mogli: o Menino Lobo

Não é só uma trilha sonora bem executada que faz de Mogli um desenho infantil sensacional. Ele aborda temas muito interessantes e que muito intriga os psicólogos e psicanalistas há anos.

Muitos estudiosos se perguntam o que aconteceria com filhotes de certa espécie se fossem criados com outras espécies, o que envolve conceitos como a influência da criação e da genética no desenvolvimento do indivíduo e como a cultura e as convenções sociais são aprendidas.

7. Kung Fu Panda

Mais do que um desenho absurdo sobre animais que sabem lutar Kung Fu como ninguém, Kung Fu Panda é uma animação que aborda a determinação e a persistência.

Estudiosos acreditam que para que consigamos adquirir uma habilidade específica, tudo o que precisamos fazer é treinar. Isso implica que, com esforço e trabalho duro, nós conseguimos chegar onde queremos, o que é uma lição de fato muito valiosa. Ou seja, para ser um psicanalista de sucesso, é preciso estudar e se esforçar todos os dias para alcançar os objetivos.

8. Frozen: Uma Aventura Congelante

Ficamos com “Let it go” na cabeça não foi a toa. Frozen é uma animação muito bem construída, onde suas personagens possuem personalidades fortes e os eventos ocorridos no filme possuem base em muitos estudos da psicanálise.

Podemos citar, por exemplo, o fato de que a Ana simplesmente suprimiu toda e qualquer memória de sua irmã a machucando quando as duas eram pequenas. Esse conceito é bem controverso na psicologia, mas é um conceito interessante e muito abordado em sessões de psicanálise.

Além disso, temos a personalidade de Elza e o fato de que ela teve de reprimir por muito tempo o que ela era e o que ela sentia e se obrigou a viver sozinha em isolamento. Esse comportamento possui alguns traços de depressão, o que é pouco explorado em filmes infantis.

9. O Rei Leão

Um dos filmes mais famosos e mais aclamados da Disney é na verdade repleto de lições e de conceitos da psicanálise. Todos eles escondidos em seus frames.

O desenho traz assuntos considerados pesados para uma criança lidar. Por exemplo, a morte e familiares narcisitas, e transforma essas experiências em lições de vida.

Em meio às cenas de aventura e às suas canções, o desenho aborda o processo de luto, a determinação e muitos outros temas.

10. Os Incríveis

Por fim, um filme de super heróis que reflete uma prática muito comum na sociedade atual: a necessidade de esconder quem realmente somos, por insegurança ou medo de repressão.

Esse desenho infantil aborda o tema de maneira sutil. Deixando a mensagem de que nós não somos completamente verdadeiros se não aceitarmos quem somos de verdade. Além disso, também aborda a necessidade de utilizarmos nossos talentos e habilidade da melhor maneira possível.

Assim, é um filme que trata de forma interessante os papéis sociais, e a força que o julgamento externo possui na nossa vida.

Conclusão

Viu como os desenhos infantis possuem muito mais significado e mensagem do que nós imaginamos? O que você achou dessa lista? Conhece mais algum desenho animado que foi baseado na psicanálise? Então conte para nós nos comentários!

Você gosta de Psicanálise? Que tal fazer um Curso de Formação Completo em Psicanálise, totalmente EAD e com preço muito acessível? Será importante para seu autoconhecimento, para ajudar outras pessoas e até mesmo se você quiser trabalhar na área.

 

 

 

 

 

 

Foi útil para você? Curta, Comente e Compartilhe!
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove + oito =