Dificuldade em se Relacionar nos Tempos atuais: O que Fazer?

Posted on Posted in Comportamento

A dificuldade em se relacionar está cada vez maior. Seja entre casais, famílias, amigos ou colegas de profissão.

Vêm sendo cada vez mais conturbado e difícil a comunicação. Até porque estamos na era da tecnologia, onde tudo é praticamente resolvido através das redes sociais.

Falar na dificuldade em se relacionar num primeiro momento parece ser algo superficial. Até porque estamos todos os dias nos relacionando com pessoas a nossa volta.

Porém o relacionamento significa a capacidade de manter um convívio. Ou seja, uma ligação entre as pessoas. Por isso, não há como manter um relacionamento se não houver cumplicidade, comunicação e objetivos e interesses em comum.

No texto de hoje, você irá entender o porquê está tão comum a dificuldade em se relacionar com o próximo e o que pode ser Feito à respeito, Continue lendo e descubra!

Tecnologia como Influenciadora da Dificuldade em se Relacionar

O homem não foi criado para viver solitariamente, isso é impossível, entrementes, ao viver em sociedade. Ou seja, relacionando-se, criam-se constantemente atritos, e toda a pessoa possui uma peculiar forma de resolvê-los.

Com o avanço tão veloz da tecnologia mundial e o acesso à informação. Muitas vezes informações que não condizem com a realidade, tem sido cada vez mais fácil.

A praticidade com que nossas necessidades são supridas é muitas vezes apavorante. Como por exemplo, comprar, vender, opinar. Além de ter informação sobre o tempo, a política, a filosofia fica a poucos cliques de distância.

Mas a tecnologia que tanto ajuda, também tem seu lado oposto, Isso porque tem interferido (e muito), no relacionamento entre pessoas. Ao mesmo tempo em que aproxima as pessoas distantes, também afasta as que estão pertos.

Exemplo do Afetamento da Tecnologia causando Dificuldade em se Relacionar

O uso cada vez maior dos celulares tem afetado a comunicação interpessoal. É muito comum ver, por exemplo, nas filas de bancos, nos postos de saúde ou nos restaurantes, varias pessoa conectadas ao seu celular. Sem sequer cumprimentar o colega da frente, do lado ou atrás dela.

Quem por exemplo já não se sentiu ignorado ou rejeitado quando simplesmente alguém prefere ficar ao telefone ou as redes sociais ao invés de conversar e dar atenção ao outro.

Parece ser mais fácil enviar uma mensagem, conversar sobre qualquer assunto com quem se está conectado apenas por um aparelho. Do que falar olhando nos olhos ou talvez ter que ouvir algo que nem sempre esteja disposto a receber.

Diferença entre os Relacionamentos Familiares antes e após a Tecnologia

Se compararmos, por exemplo, as famílias de hoje e as de 20, 30 anos atrás, veremos uma diferença enorme em muitas coisas. Mas uma delas chama mais atenção que é o fato de como se dava o relacionamento entre membros dessa família.

Enquanto que no mundo atual cada filho tem em seu quarto, seu computador, seu smartfone, seu celular, seu televisor. Para desta forma manter sua privacidade, acabou-se o dialogo entre filhos, irmãos e pais.

Vemos há alguns anos atrás que ao final do dia toda a família se reunia em volta da mesa para o jantar e longas conversas. Que por sua vez duravam horas e até era parte da rotina de todos, ali.

Os filhos falavam do seu dia na escola, no trabalho. Já os pais por sua vez trocavam ideias, faziam planos. Ou seja, dialogavam sem nenhuma interrupção. Coisa que hoje já não acontece, devido a grande necessidade que parece ter surgido ao ser humano de ficar a sós consigo mesmo.

A falta de Diálogo Causa Dificuldade em se relacionar nos dias Atuais

A falta de diálogo é um problema comum nas famílias atuais, gerando assim, dificuldade em se relacionar. Por isso. é possível notar que atualmente há provocações de muitos conflitos, desentendimentos entre os casais, pais, filhos, entre outros.

A mídia nos oferece muitos atrativos. Por isso, parece ter esfriado o desejo de conversar com a família, amigos, visitar as pessoas, conhecer e fazer novas amizades. Parece que o ser humano prefere se acomodar a um aparelho que lhe proporciona um isolamento cada vez maior, preenchido apenas com algo que é na verdade irreal.  

Em vez de se relacionar com quem está perto, as pessoas passam a buscar nas redes sociais o contato com pessoas de longe. Tudo isso na tentativa de preencher esse vazio causado pelo isolamento que ela mesma provocou através da dificuldade em se relacionar.



O “esconderijo Virtual”

Não raras vezes, observamos pessoas tendo uma conversa direta com a outra. Gesticulando, conversando e o outro interlocutor vidrado na tela do celular.

Não obstante a isso, tem-se outro gravíssimo problema, que de forma sorrateira tem se instalado em nossa sociedade conectada. É o chamado esconderijo virtual.

Acha-se que por conta de que existe um computador ou celular separando os interlocutores. Tem-se então uma autorização especial para falar mal, proferir desabafos, brigar, criar conflitos numa falsa impressão de que se estaria “escodido/protegido” atrás de uma tela.

Infelizmente não teremos jamais o controle dessas situações. Por outro lado, podemos ter o controle das emoções, podemos sarar feridas abertas. E desta forma, claramente se resolve o problema dos relacionamentos não saudáveis nas redes sociais e a dificuldade em se relacionar “ao vivo”.

Dificuldade em se Relacionar e as Terapias

A área mais misteriosa das ciências é a que estuda a psique humana. Dentre elas: as emoções, as relações interpessoais. Ou seja, os meios e motivos interiores que levam as pessoas a exteriorizar atos de ódio, de amor, de cumplicidade, de compaixão.

Problemas interiores, traumas vividos, influenciam diretamente na personalidade de cada um. Deste modo, influenciam de forma muito intensa nos relacionamentos.

Uns dizem que isso não existe, é bobagem, é besteira. Porém, no final das contas, são esses que mais precisam de cura interior.

Todos nós seres humanos, temos falhas e estamos em constante desafio de melhora. Por isso, para melhorarmos nossas relações interpessoais e acabarmos com a dificuldade em se relacionar, é imprescindível que melhoremos nosso “eu”.

O que pode ser feito através de terapias como a Psicologia, Psicanálise e muitos outros.

Conclusão

A dificuldade em se relacionar “cara a cara”, com certeza tem aumentado por conta da tecnologia. Que por sua vez, afasta diversas pessoas da realidade.

Por isso, é importante que você tenha um bom convívio familiar e, apesar de ter acesso à internet, tenha em mente que o mundo não gira apenas ao redor dela!

O artigo presente foi produzido pela aluna do nosso Curso de Psicanálise Clínica Dirlei Fontana Fossá.

Foi útil para você? Curta, Comente e Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez − 10 =