Anakin Skywalker: análise do personagem

Posted on Posted in Psicanálise, Psicanálise e Cultura

Anakin Skywalker é um dos personagens mais importantes da cultura pop. Isso se deve ao fato de ele fazer parte de uma das maiores séries de ficção cientifica: Star Wars (ou Guerra nas Estrelas, em português). Neste artigo, nós queremos trazer mais sobre sua história. Além disso, nós queremos entender como a psicologia analisa esse personagem.

Antes de começarmos, deixamos um aviso: este texto contém spoilers dos filmes. Assim, caso não queira se decepcionar, sugerimos que você assista a saga Star Wars antes de ler!

Breve sinopse sobre Star Wars

Primeiramente, vamos falar sobre Star Wars. Afinal, o personagem Anakin Skywalker faz parte dessa série, e não necessariamente você a conhece.

Trata-se de uma franquia do tipo space opera estadunidense, criada pelo cineasta George Lucas. Ela conta conta com uma série de oito filmes de fantasia científica, além de dois spin-offs (continuações que enfatizam histórias secundárias) até o momento.

O primeiro filme foi lançado em 25 de maio de 1977 e, desde sua estreia, é um fenômeno mundial. Ele, inclusive, deu origem ao que conhecemos hoje como a “era dos blockbusters“.Assim, faz parte das super produções cinematográficas que fazem sucesso nas bilheterias e viram franquias com brinquedos, jogos, livros.

Após esse sucesso inicial, foram lançadas duas sequências em um intervalo de 3 anos: The Empire Strikes Back e Return of the Jedi. São esses três filmes que formam a trilogia original. Ela conta a história do trio Luke Skywalker, Han Solo e Princesa Leia.

Sem entrar muito em detalhes sobre o enredo, basta saber que esse trio luta na Aliança Rebelde para derrubar o tirano Império Galáctico. Em paralelo a essa história, ocorre a jornada de Luke para se tornar um cavaleiro Jedi. Além disso, ele luta contra Darth Vader, um ex-Jedi que sucumbiu ao Lado Sombrio da Força e ao Imperador.

Quem é Anakin Skywalker

O Darth Vader que falamos ali em cima, nasceu com o nome de Anakin Skywalker. Ele é o antagonista da trilogia original.

Além disso, esse personagem vai participar de seis dos 8 espisódios (ou filmes): A Ameaça Fantasma, Ataque dos Clones, A Vingança dos Sith, Uma Nova Esperança, O Império Contra-Ataca e O Retorno de Jedi. Ademais, ele também está no spin-off Rogue One.

Aspecto físico

No que diz respeito a suas principais características, destacamos a armadura preta e a ruidosa respiração mecânica. Não há quem não veja a armadura ou esse som e não pense nele imediatamente. Além disso, mesmo quando não está participando de um dos filmes, não deixa de ser citado.

História

Ele nasceu no ano 41 ABY. Depois do seu nascimento, ele se mudou para o planeta Orla Exterior Tatooine.

Desde seu nascimento, Anakin Skywalker foi um humano sensível à Força. Logo, ele se tornou um Cavaleiro Jedi da República Galáctica, já que foi considerado o Escolhido da Força. Assim, desde cedo é reconhecido como um Herói sem medo, dadas as suas façanhas nas guerras.

Contudo, após sucumbir ao lado sombrio da Força, ele se tornou aprendiz do Imperador Darth Sidious. Além disso, ele passou assumiu o nome de Darth Vader, o Lorde Sombrio dos Sith. Essa posição o levou a lutar contra seus antigos companheiros. Por essa razão, perseguiu os Jedi e quase os extinguiu.

Controvérsia

Ao longo dos Tempos Sombrios, o ex-Anakin Skywalker trouxe medo à galáxia como o executor do Imperador Darth Sidious. No entanto, apesar de estar imerso na escuridão, ele nunca conseguiu deixar de ser completamento o Anakin Skywalker.

Quando precisou confrontar seu filho, o Luke Skywalker, durante a Guerra Civil Galáctica, sua compaixão foi despertada. A partir disso, Vader renunciou a sua lealdade aos Sith.

Ele buscava salvar Luke, mas sua ação despertou a ira do imperador. Depois disso, ele até matou seu mestre e morreu por causa dos danos em sua armadura, decorrentes do conflito. Ante a morte eminente, Vader deseja ver seu filhos com seus próprios olhos.

Por isso, ele tirou sua máscara e morreu como Anakin Skywalker. Por causa de seu sacrifício, ele alcançou a redenção e pôde viver em espírito ao lado de seus falecidos mentores Jedi, como Obi-Wan Kenobi e Yoda. Além disso, o legado de Vader também permaneceu.

Isso se deu a partir de Kylo Ren, seu neto e filho da irmã gêmea do Luke. Ele acreditava ser seu destino completar o legado de seu avô. Ou seja, aniquilar da Ordem Jedi. Para isso, se tornou o mestre dos Cavaleiros de Ren e aprendiz de Snoke, Líder Supremo do grupo sucessor do Império.

Leia Também:  Teoria Junguiana: Tudo que você precisa saber

Anakin Skywalker e a Psicanálise

Os primeiros filmes têm suas histórias centradas no desenvolvimento de Anakin Skywalker. Podemos ver que sua história começa como uma criança, mas que acaba assassinando um povo e destruindo o tempo Jedi. Depois disso, já como Darth Vader, ele trouxe terror para a galáxia durante décadas. Só no fim de seu arco ele se redimiu e voltou para o lado da luz da Força.



Neste tópico, vamos pensar no que provocou essas mudanças tão bruscas na personalidade de Anakin. Para isso vamos buscar na sua história as respostas para isso.

A infância de Anakin Skywalker

Ele vivia em um planeta deserto, sem recursos e com condições de vidas brutais. Sua mãe e ele eram escravos de um comerciante. Assim, Anakin Skywalker precisava se preocupar com sua mãe desde muito novo. Além disso, ele não possuía uma figura paterna.

Segundo estudos, essa ausência pode trazer muitas complicações para a vida de uma pessoa. Ademais, pode ter reflexos na sua vida adulta. Inclusive, a pessoa pode desenvolver o apego chamado evitativo. Pessoas que sofrem desse apego tentam ser autossuficientes e evitam expressar seus sentimentos. Podemos ver isso no relacionamento entre Anakin Skywalker e Padme.

Outro traço da personalidade de Anakin Skywalker é sua alta capacidade cognitiva. Por causa dela, ele confronta todos e se sente diferente dos demais e torna-se idealista e inocente.

A Adoção pelos Jedi

Quando conhece Obi Wan e Qui Gon Jinn, Anakin acredita ter encontrado um jeito de se livrar de sua escravidão. Nesse momento, ele começa a acreditar que pode ajudar os outros.

Isso se torna um ideal para ele. Assim, ele passa a idealizar os jedi e encará-los como o melhor que há no mundo. Contudo, para fazer parte disso, precisa abandonar sua mãe porque o planeta em que ela ficou é muito simples. Assim, ele não conseguirá mais se comunicar com ela.  Isso é um problema, já que ela foi a única pessoa que demonstrou afeto incondicional por ele.

Independentemente disso, Gui Gon está convencido de que Anakin Skywalker é o escolhido para trazer o equilíbrio para a Força. Para cumprir essa missão, ele terá que destruir os Sith. No entanto, o conselho Jedi não quer treiná-lo, já que ele é mais velho do que os iniciantes. Isso provoca um forte sentimento de rejeição em Anakin Skywalker. A longo prazo, isso o influenciará a perder sua fé no Conselho.

Além disso, o Conselho tenta estabelecer regras para controlá-lo. O fato de ele ser muito independente desperta uma tensão entre ele e os Jedi. Esse conflito, junto ao sentimento de rejeição, produz muito rancor em Anakin Skywalker.

Traição dos seus ideais

Durante sua jornada como Jedi, Anakin Skywalker sofre com relações muito conturbadas. Seu modo de relacionamento é difícil, e ele se isola dos seus pares.

Quando ele ainda é um jovem Jedi, ele descobre que sua mãe foi assassinada por um morador do planeta. Ele fica cego de raiva e mata todo o povo associado a esse indivíduo, inclusive as mulheres e crianças. Essa reação vai contra todos os ideais que ele acreditava. Além disso, se deixa tomar por arrogância e ódio.

Durante os filmes, Palpatine, um Sith desfarçado entre os Jedi, o manipula para ir cada vez mais contra o Conselho Jedi. Ele o faz acreditar que seus interesses são contrários aos dos mestres. Assim, quando Anakin descobre que Padme está grávida, começa a ter sonhos premonitórios de sua morte no parto e vai buscar conselhos com o Chanceler.

Nesse momento ele revela que é, na verdade, um poderoso mestre Sith, e que o lado sombrio da Força pode salvar Padme. Ele fica atormentado pelas dúvidas, e acaba denunciando Palpatine para o Conselho. Porém, ao ver que um dos membros ameaça matá-lo, ele trai os Jedi e se torna Darth Sidious. Essa é a verdadeira identidade de Palpatine.

Darth Vader

A partir desse momento em que assume uma identidade carregada de valores contraditórios, nasce Darth Vader, que começa a seguir as ordens do Imperador.

Entre as atrocidades que ele faz, está a destruição do Templo Jedi. Ele assassina todas as crianças que estavam lá dentro, o que entre outras coisas faz com que Padme o rejeite. Apesar de obedecer o Imperador, ele nutre uma raiva profunda por ele, afinal, por sua causa é que ele perde tudo.

Leia Também:  A menina que roubava livros e a Psicanálise

Ademais, é esse ódio que abre a brecha para que ele se sacrifique por Luke lá no final. Ele assassina seu mestre e volta para o lado da luz da Força. Depois disso, se reencontra com seu mestre, Obi Wan, na forma de um fantasma da Força.

Todas as ausências durante seu crescimento interferiram de maneira definitiva em sua vida. A dúvida foi sempre sua maior companheira. Além disso, ele alimentou o ódio das situações que enfrentou e isso abriu brechas para abandonar seus ideais. Agiu de forma impulsiva em vários momentos e, no fim, foi o ódio que o ajudou a rever suas atitudes.

Atores originais

Agora, a título de curiosidade, trazemos a lista de atores que interpretaram Anakin Skywalker e Darth Vader no cinema:

  • David Prowse o interpretou em Uma Nova Esperança, O Império Contra-Ataca e O Retorno de Jedi. Ele era o homem debaixo da armadura;
  • Sebastian Shaw o interpretou o pensonagem em O Retorno de Jedi, como Anakin Skywalker redimido;
  • James Earl Jones, através de sua voz, o interpretou em A Vingança dos Sith, Uma Nova Esperança, O Império Contra-Ataca, O Retorno de Jedi e Rogue One: Uma História Star Wars;
  • Jake Lloyd interpretou Anakin Skywalker criança em A Ameaça Fantasma;
  • Hayden Christensen interpretou Anakin Skywalker na fase adulta jovem em Ataque dos Clones e também Darth Vader em A Vingança dos Sith. Também interpretou o nova forma fantasma de Anakin Skywalker em O Retorno de Jedi;
  • Spencer Wilding o interpretou no filme Rogue One: A Star Wars Story;
  • Bob Anderson – foi o dublê nas lutas de sabre de O Império Contra-Ataca. Também interpretou o fez em O Retorno de Jedi.

Conclusão

Anakin Skywalker é muito importante para cultura pop e, além disso, sua psique é de uma profundidade interessantíssima. Esperamos que essa breve análise tenha despertado em você o desejo de conhecer mais esse grande personagem, além da maneira como a Psicanálise analisa aspectos do mesmo. Se você tem interesse sobre esse tipo de análise, nosso curso de Psicanálise Clínica pode te ajudar com ótimos insights. Confira!

Foi útil para você? Curta, Comente e Compartilhe!

One thought on “Anakin Skywalker: análise do personagem

  1. Amei essa análise!
    Acho interessante compreender através da psicologia as atitudes dos personagens. Adoraria se vocês trouxessem algo assim sob o ponto de vista feminino, mas que no caso possuía apenas a figura paterna.
    Posso supor que ela seguiria uma linha mais voltada para a obediência e regras, não é?
    Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × dois =