Gestalt terapia

Gestalt terapia: origens, fundamentos, aplicações

Posted on Posted in Psicanálise, Teoria Psicanalítica

A gestalt terapia centraliza todo o seu esforço unicamente o paciente em questão. Por meio disso, ele pode enxergar os bloqueios que vem enfrentando ao longo do seu caminho. Vamos entender melhor o que ela é, sua origem, seus fundamentos e as suas aplicações.

O que é Gestalt terapia?

A gestalt terapia se mostra como uma abordagem da psicoterapia centralizada no trabalho com o cliente. Através dela, os pacientes trabalhados podem focar a sua atenção no presente momento. Dessa forma, eles podem compreender quais rumos suas vidas estão tomando e por quais direções caminhar.

Nesse caminho, ao invés de falar sobre o passado, as pessoas recebem encorajamento para viver o presente. As experiências pertencentes ao agora serão sentidas por meio de um reencenamento.

Consequentemente, cada paciente trabalhado tem mais conhecimento sobre seus padrões de pensamento. Isso vai permitir que tenham um olhar mais consciente sobre seus pensamentos negativos que impedem sua autoconsciência. A infelicidade começa a ser dissolvida aqui.

Origens

A gestalt terapia se desenvolveu com Fritz Perls juntamente coma ajuda de sua mulher, Laura. Ambos foram treinados em terapia gestalt e Psicanálise e junto a Paul Goodman se inclinaram a desenvolver uma terapia mais humanista. Nisso, a abordagem passava a focalizar cada pessoa e a singularidade de suas experiências.

É facilmente perceptível em outras abordagens que a figura do terapeuta é vista como especialista em sintomas e sofrimento. O cliente, por sua vez, tem um posto de aprendizagem, já que o terapeuta partilha do seu saber ativamente. Isso inclui as experiências que estão tomando e como alcançar a cura.

O trabalho de foco da gestalt terapia explicada é a colaboração do paciente com o terapeuta. Essa escolha tem o propósito de viabilizar a sua conscientização pessoal e ampliar sua visão a respeito de si mesmo. Desse modo, ele vai passar a desafiar mais ativamente cada bloqueio que carrega.

Fundamentos

Na gestalt terapia, conceitos fundamentais ajudam a estabilizar e propagar o trabalho terapêutico. As ideias-chave se concentram nas seguintes premissas:

A experiência afeta a percepção

O terapeuta tem plena consciência de que ninguém em qualquer circunstância pode ser totalmente objetivo. Isso porque o ambiente nos influencia, bem como nossas experiências. Nisso, o profissional deixa um espaço para os clientes entregarem a verdade deles, sem colocar qualquer julgamento sobre elas e apenas as aceitando.

Foco no presente do paciente

Como já deve saber, um dos pilares da gestalt é o foco no presente do paciente. O cliente vai compartilhar os seus relatos para que consiga estabelecer um relacionamento de confiança entre ele e o terapeuta. O profissional, por sua vez, sempre ajudará a trazer o indivíduo ao presente quando for necessário, evitando o passado e a ansiedade do futuro.

O contexto é relevante

Durante a sessão, os terapeutas se mostrarão interessados nas experiências dos clientes e ajudarão eles a se conscientizarem delas. Sem forçar, manterão o espaço para que esse momento se mantenha e quebre as barreiras existentes. O aqui e agora receberão respostas adequadas ao bem-estar do indivíduo.

Aplicações

O trabalho da gestalt terapia pode muito bem aproveitado, por exemplo, na área de design. Já que a sua proposta é construir uma forma, isso ajudará a compreender como o público receberá o trabalho. Na ilustração, divulgação e campanhas publicitárias, o design se valerá dessa proposta para montar imagens mais efetivas no público.

Além disso, a Psicologia clínica também se beneficia bastante da introdução dessa nova perspectiva de olhar o ser humano. Neste caso, fica mais fácil olhar os transtornos mentais e formas de doenças psíquicas não mentais em cada indivíduo.

Leia Também:  Psicoterapia e seus 10 principais tipos

Gestalt terapia com crianças

As crianças podem se valer da gestalt terapia como forma de alinharem o seu desenvolvimento. Infelizmente, nem todas saboreiam de uma infância mais livre, elaborada e divertida como deve ser. Nisso, bloqueiam aspectos interessantes e vitais ao seu crescimento como indivíduos e futuros adultos.

Entretanto, tal postura pode ser revitalizada a fim de que o jovem alcance o seu potencial interno. O melhor é que a gestalt utiliza recursos lúdicos que chamam a atenção naturalmente das crianças. Nisso, elas aprendem e se educam brincando.


NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.


Cabe ressaltar que o despertar ao presente da criança deve acontecer no tempo dela e sem forçar. O erro de muitos adultos é apressarem os pequenos, sendo que eles próprios sentem curiosidade de crescerem. Apresente opções, deixando que se sintam confortáveis como crianças e que possam aprender da forma como são.

A singularidade da ação

O termo “gestalt” é bastante difundido em variados idiomas ao redor do mundo em sua forma original. Isso porque a palavra não possui tradução que seja equivalente em outro país. Caso procure em dicionários comuns, “gestalt” terá o significado de “feição, figura, forma”.

A sua forma plural “gestalten” indica “construir uma estrutura significante, uma forma, arrumar, moldar”. Nisso, a gestalt terapia trabalha no sentido de conformação, de criar algo novo e organização. Assim como o seu nome, é algo único, intransferível e edificante.

Benefícios

Por fim, é cabível deixar claro alguns benefícios da gestalt terapia de um modo geral. Cada paciente experimenta sua particularidade, porém é possível encontrar similaridades entre os casos. Os pontos mais vistos são:

Autoconhecimento

Compreender a si mesmo não é uma tarefa tão fácil se não houver ensinamento para isso. A gestalt encaminha o paciente por dentro da própria natureza a fim de que compreenda melhor os seus movimentos. Isso acaba por torná-lo mais:

  • consciente,
  • maduro,
  • e responsável por si mesmo.

Identificação de emoções e sentimentos

A identificação das próprias emoções é um exercício importante a ser praticado. Esse entendimento é importante para que consigamos entender tudo o que envolve os nossos momentos mais negativos e destrutivos. Com isso, conseguimos ter mais escolhas e decidir por movimentos mais produtivos.

Tratar desequilíbrios

O trabalho com a gestalt possibilita a diminuição de sintomas provocados por doenças emocionais, bem como somáticas. Nisso, quem possui sequelas emocionais decorrentes de doenças desse tipo pode realizar um tratamento progressivo e alcançar a cura.

Considerações finais sobre Gestalt terapia

A gestalt terapia possibilita um mergulho e centralização em nossa imagem real e interna. Por meio dela conseguimos fazer a ressignificação de peças internas e alcançar a nossa capacidade. Trata-se de um salto à superação, transformação e entrada ao novo.

O melhor é que o processo terapêutico é bastante recomendado em qualquer época de nossas vidas. Independente do caso, é altamente aplicável para a remodelação de postura e recepção do paciente. A partir de agora, o controle das emoções e sentimentos passa a ser dele.

Para ajudar nessa mudança, se inscreva em nosso curso de Psicanálise 100% online, o mais completo do mercado. Por meio dele, você entenderá a si mesmo de forma mais plena e sadia, compreendendo suas capacidades e projetando, assim, um futuro bacana. Com a ajuda da Psicanálise, a gestalt terapia poderá tirar o melhor de você. Assim, não deixe de fazer a sua matrícula!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 + dezoito =