A palavra haters vem sendo cada vez mais utilizada. Mas, você sabe o que ela significa? Então, confira o nosso artigo e compreenda melhor!

Haters: significado, e características e comportamento

Posted on Posted in Uncategorized

A palavra haters vem sendo cada vez mais utilizada. Mas, você sabe o que ela significa? Então, confira o nosso artigo e compreenda melhor sobre este assunto!

O que significa haters?

Para começar, precisamos definir o que são haters. Por isso, saiba que essa é uma palavra de origem inglesa. Logo, vem sendo adotada aqui no Brasil, e no mundo todo, sem a tradução. Contudo, a tradução literal é “odiadores”. Entretanto, segundo o tradutor Linguee, haters são pessoas detratoras.

Nesse sentido, o significado de haters possui mais profundidade. Pois, de acordo com o Dicio, uma pessoa detratora é aquela que difama e desvaloriza a importância de algo ou de alguém. Além disso, os haters aparecem apenas na internet.

Origem

Dessa forma, esse termo se popularizou com o uso da internet. Na verdade, a partir dos anos 2000 com as redes sociais. Assim, um hater da internet é alguém que dissemina ódio nesses espaços. Ainda mais com o crescente números de influenciadores a cada dia.

Isso porque, na internet há maior liberdade para se expressar. Então, essa ideia de liberdade possui aspectos negativos também. Pois, os haters acreditam que podem falar tudo o que quiserem. E pior, “doa a quem doer”, porque estão protegidos pelas telas.

Ademais, muitas pessoas aproveitam para criar perfis falsos para difamar o outro. Contudo, outros haters não têm medo e usam suas identidades reais. Pois, em geral, não há consequências para os seus atos. Desse modo, a internet se torna um ambiente cada vez mais tóxico.

Características do comportamento dos haters

Portanto, confira as principais características dos haters:

  • espalham mentiras;
  • fazem xingamentos e humilham as pessoas;
  • julgam sem necessidade;
  • condenam ideias e atitudes das quais são contrários;
  • fazem ameaças
  • nunca têm um comentário positivo;
  • criticam as conquistas dos outros.

Fatores para o surgimento dos haters

Nesse sentido, além da proteção das telas, há outros fatores para o surgimento dos haters. Confira!

Inveja

Pensando nos influenciadores, e youtubers em geral, eles expõem suas vidas. Mas, na maioria das vezes só a parte positiva. Ou seja, roupas de marcas, viagens e produtos caros. Então, esse estilo de vida gera inveja. Logo, os haters não têm acesso aos mesmos privilégios.

Contudo, muitos ainda acreditam que essas pessoas não merecem o sucesso que fazem. Portanto, uma forma de expressar essa frustração é difamando o outro. Assim, os haters tentam se sentir melhor somente dessa forma.

Baixa autoestima

Ainda, outros acreditam que nunca poderão alcançar um status de prestígio. Pois, ainda hoje os valores culturais disseminam a ideia do “corpo perfeito”. Então, os falsos padrões de beleza são cada vez mais impostos às mulheres. Sendo assim, até as famosas sofrem também com os haters e imposições da mídia quando não atingem certo padrão.

Ademais, o mesmo ocorre no caso dos talentos. Pois, muitas pessoas consideradas especialistas em determinada atividade ganham haters, além dos fãs que são a grande maioria. Mas, basta apenas uma falha para o ódio dos haters aumentar.

Então, no caso de cantores uma desafinação vira motivo de piadas, por exemplo. Desse modo, os haters em vez de buscar seus próprios talentos, menosprezam as  pessoas que têm e fazem sucesso.

Leia Também:  Personalidade para a Psicanálise: Uma Teoria

Falta de amor próprio

Portanto, na realidade tudo se resume à falta de amor próprio. Isso porque inveja e baixa autoestima interferem na formação do eu. Dessa maneira, o sentimento de fracasso e tristeza são muito comuns. Portanto, o principal objetivo dos haters é colocar os outros para baixo.

Logo, fazem com os outros fiquem tristes assim como eles. Ou seja, invez de se afastar das redes sociais, os haters continuam a alimentar seu ódio. E assim, disseminam sentimentos negativos tanto para eles, quanto para as outras pessoas.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Consequências

    O comportamento doentio dos haters traz diversas consequências negativas. Mas, em especial para as pessoas que são atacadas. Porque, os haters esquecem que do outro lado da tela também há outro ser humano. E este, também possui sentimentos.

    Haters e o ciberbullying

    Sendo assim, não é de hoje que pais e educadores precisam ajudar os jovens nos casos de ciberbullying. Pois, a impunidade, ainda mais para menores de idade, aumente esses comportamentos. Isso porque, as vítimas ainda estão na adolescência.

    Então, nessa fase cheia de mudanças, o emocional fica ainda mais fragilizado. Como consequência, diversos jovens sofrem com depressão e ansiedade. Ademais, outros cometam suicídio por não aguentar mais a situação.

    Transtornos mentais

    Assim como os jovens, as vítimas em geral desenvolvem transtornos mentais. Pois, se sentem diminuídos e estão sempre à espera da aprovação dos outros.

    Dessa forma, ainda que os comentários positivos sejam maiores, eles ficam presos a uma minoria que não gostem deles. Sendo assim, o psicológico fica cada vez mais abalado. Então, o trabalho perde a graça e a internet vira um campo minado.

    Medo e insegurança

    No que diz respeito aos esportes, diversos jogadores de futebol são ameaçados de morte. Isso porque os torcedores fanáticos não conseguem lidar com as perdas. Ainda mais no caso de perda de campeonato ou quando a campanha de seu time não está boa.

    Racismo e homofobia

    Ademais, muitos haters disseminam comentários racistas e homofóbicos. Nesse sentido, atrizes como Taís Araújo e a jornalista Maju Coutinho já foram vítimas de racismo nas redes sociais. Assim como a cantora e funkeira Ludmila. Em relação à homofobia, um jovem cometeu suicídio após sofrer ataques de haters.

    Dessa forma, o ódio é algo ainda mais sério, visto que essas pessoas feram a diversidade humana. Contudo, precisamos ressaltar que esses atos são crimes. Porém, ainda muitos haters saem ilesos, enquanto essas pessoas continuam sofrendo.

    Como lidar com os ataques de ódio na internet?

    Portanto, para evitar esse tipo de comportamento nocivo, o mais indicado é dar um tempo das redes sociais. Ademais, vale prezar pelo respeito ao próximo. Ou seja, quando ver algo que lhe desagrade, ignore e siga a sua vida. Pois, na verdade o problema está nas suas atitudes e como você lida com as frustrações.

    Além disso, as vítimas dos ataques de ódio precisam buscar acompanhamento psicológico. Desse modo, podem cuidra do seu bem-estar. Pois, a sua saúde emocional merece cuidado constante. Ademais, ficar um tempo longe das redes ou colocar outra pessoa para gerenciá-las pode ser a melhor estratégia.

    Porém, também é necessário que o Estado, marcas e escolas façam campanhas de conscientização sobre o uso consciente da internet. Desse modo, a sociedade se informa das consequências dessas atitudes.

    Leia Também:  O que é Psicoterapia Psicanalítica

    Considerações finais sobre haters

    Neste artigo, falamos sobre um tema essencial para a nossa sociedade nos dias atuais: a disseminação de ódio na internet. Assim, esperamos ter tratado dos aspectos emocionais relacionados a tal comportamento.

    Então, após compreender o significado e características dos haters, que tal conhecer nosso curso online de Psicanálise Clínica? Desse modo, você conhecerá melhor sobre o que está por trás desse comportamento humano. Ademais, estará apto e ajudar as pessoas vítimas e agressoras. Por isso, se inscreva agora mesmo!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *