As pessoas com perspectivas positivas são mais produtivas no cotidiano. Por isso, confira os sete melhores livros de Psicologia positiva do mercado.

Os 7 melhores livros de Psicologia Positiva

Posted on Posted in Profissões e Psicanálise, Psicanálise e Cultura

As pessoas com perspectivas positivas são mais produtivas no cotidiano. Assim, se você mudar a maneira como como percebe o mundo, poderá ser mais feliz que antes. Então, para te ajudar nessa tarefa, a nossa equipe reuniu os sete melhores livros de Psicologia positiva do mercado.

Conheça os melhores livros de Psicologia positiva

1.”Seu balde está cheio? O poder transformador das emoções positivas”, Donald Clifton

Donald Clifton usa analogias simples para explicar o propósito de um dos seus livros de Psicologia positiva. Segundo o autor, todas as pessoas tem um balde invisível que fica cheio e vazio com frequência. Para Clifton, o que as pessoas falam umas das outras enche e esvazia o balde.

Logo, quando uma pessoa fala bem de você, o seu balde enche e você se sente bem. Assim como alguém que fala mal de você, esvazia o seu balde e te deixa péssimo. Ou seja, Donald explica que reforçar emoções positivas nas pessoas torna elas mais produtivas.

O autor afirma que, por meio da comunicação assertiva, nós estimulamos o melhor das pessoas. Inclusive nós mesmos, visto que precisamos de suporte emocional e conhecer nossas conquistas. Portanto, com esse livro você refletirá melhor a respeito do poder das emoções em sua vida.

2.”Foco: a atenção e seu papel fundamental para o sucesso”, Daniel Goleman

Em seu livro de Psicologia positiva, Goleman explica o poder do foco em nossas vidas. De acordo com ele, teremos realização pessoal e profissional assim que melhorarmos nosso foco. Para tanto, devemos eliminar algumas distrações das nossas vidas.

Daniel Goleman afirma que algumas distrações prejudicam a nossa concentração com frequência. Por exemplo:

  1. Uso constante da internet;
  2. redes sociais;
  3. festas e saídas constantes aos fins de semana.

Esse autor escreve livros de Psicologia positiva afim de causar mudanças na vida do leitor. Nesse caso, ele tem como objetivo ensinar técnicas efetivas para a concentração. Dessa forma, mudaremos a maneira como pensamos para focar mais em nossos sonhos.

3. ”Felicidade autêntica”, Martin Seligman

Martin Seligman escreveu alguns dos livros de Psicologia positiva mais vendidos do mercado. Nessa obra, Seligman tem o intuito de definir como nós podemos ser felizes de verdade. Para tanto, ele definiu três bases para nós alcançarmos a felicidade autêntica:

  1. Emoções positivas;
  2. instituições positivas;
  3. traços de personalidade, como virtudes e forças positivas

Dessa forma, o autor tenta melhorar um erro do desenvolvimento humano que foca apenas nos problemas. Ou seja, Seligman nos ensina a focar também em coisas positivas que nos deixam felizes. Para tanto, o autor adiciona conteúdos a respeito de forças pessoais e otimismo.

4. Livros de Psicologia positiva: “O jeito Harvard de ser”, Shawn Achor

Segundo pesquisadores, precisamos de felicidade para ter sucesso na vida. Tanto que professores de Harvard adotaram essas palavras como tema das aulas. Afinal, como nós teremos um sucesso genuíno na vida sem estarmos felizes?

Leia Também:  A Vida é Bela: uma leitura psicanalítica do filme

Assim sendo, psicólogos e neurocientistas pesquisam por muito tempo a relação entre sucesso e felicidade. Desse modo, obtiveram a certeza de que nossa qualidade de vida depende da felicidade. Logo, à medida que ficamos felizes, temos mais chances de prosperar na vida.

Shawn Achor escreveu um dos melhores livros de Psicologia positiva que existem. Em “O jeito Havard de ser”, o autor explica como nós teremos uma qualidade de vida melhor. Ademais, ele ensina aos leitores como aproveitar as recompensas ao ter uma atitude mental positiva.

Livros de Psicologia positiva que você precisa ler

5. ”O viés otimista”, Tali Sharot

Tali Sharot usa o seu trabalho como neurocientista e psicóloga para melhorar a vida das pessoas. Segundo ela, a motivação otimista é um gatilho natural para influenciar as nossas mentes. Assim, Sharot afirma que a motivação otimista impede que as pessoas desistam quando problemas surgem no cotidiano.

Além disso, a neurocientista explica como as falhas em nossos processos cerebrais nos afetam. Sharot afirma que falhas grandes podem reverter o nosso otimismo, por exemplo a depressão. Como resultado, nos tornamos mais pessimistas em relação ao nosso futuro.

Por meio do trabalho de Tali Sharot nós percebemos que a felicidade também é uma questão fisiológica. Ou seja, se nós perdemos nosso equilíbrio químico e cerebral podemos ficar mais tristes e doentes. Logo, é importante que nós recebamos estímulos positivos para sermos proativos na vida.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    6. ”Inteligência emocional”, Daniel Goleman: um dos melhores livros de Psicologia positiva

    Daniel Goleman afirma que nós precisamos caminhar no labirinto das nossas mentes e emoções. Dessa forma, podemos nos conhecer melhor e entender qual o nosso potencial verdadeiro. Assim sendo, desenvolveremos a nossa inteligência emocional em nosso cotidiano.

    Nesse sentido, à medida que uma pessoa controla as suas emoções, ela amadurece. Ainda, ela prospera na vida. Assim, ela ficará mais inteligente, já que consegue compreender melhor o que sente. Logo, ela sentirá mais preparo para lidar com os desafios que exigirão mais das suas emoções.

    Em seus livros de Psicologia positiva Daniel Goleman sempre traz exemplos de pessoas com dificuldades para lidar com emoções. Como consequência, elas não conseguem gerenciar as próprias vidas e prosperar na carreira. A fim de compreender como evitar essa situação, leia também “Inteligência emocional”.

    7. ”Fluir (Flow): a Psicologia da felicidade”, Mihaly Csikszentmihalyi

    Com um dos livros de Psicologia positiva mais famosos da história, Mihaly popularizou o termo “flow”. Segundo psicólogos, esse é um estado de concentração plena que algumas pessoas alcançam. Para tanto, elas focam em uma tarefa especifica e prazerosa enquanto eliminam as preocupações.

    Mihaly sempre nos influencia a concentrar a nossa força psíquica em um propósito construtivo. Dessa forma, nós prestaremos mais atenção aos objetivos concretos das nossas vidas. Assim, encontraremos prazer na vida. Mesmo que por meio de atividades cotidianas simples.

    A partir das lições do livro, nós:

    1. Expandiremos a nossa perspectiva de crescimento;
    2. criaremos planos que favoreçam o nosso desenvolvimento;
    3. investiremos em nossa realização pessoal, fazendo escolhas conscientes para o futuro.

    Assim, ao deixarmos as preocupações fluírem, nos concentraremos melhor em nosso bem-estar. Dessa forma, sentiremos prazer sendo nós mesmos. E ainda, fazendo o que sempre desejamos. Por isso, Mihaly indica que nós devemos ser autênticos em relação aos nossos sonhos e futuro.

    Leia Também:  Antevasin: Significado da palavra para a Psicologia

    Considerações finais sobre livros de Psicologia positiva

    Milhares de pessoas transformaram as suas vidas por meio dos livros de Psicologia positiva. Assim com elas, você também pode transformar o mundo em que você está. Contudo, você deve construir as bases da sua maneira de pensar e agir.

    Já que pensamentos viram ações, devemos manter a mente e as emoções positivas. Dessa forma, entenderemos melhor o nosso destino e como alcançá-lo de forma prazerosa. Sendo assim, você acreditará no seu poder para ser otimista, a fim de construir o seu futuro.

    Além dos livros de Psicologia positiva, que tal você conhecer o nosso curso online de Psicanálise? Assim, nosso curso é uma ferramenta completa desenvolvida para aprimorar o seu autoconhecimento e libertar seu potencial. Portanto, garanta a sua vaga e descubra hoje mesmo como transformar a sua vida.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *