neanderthal

Neandertal: características físicas, psíquicas e sociais

Posted on Posted in Psicanálise e Cultura

Se você imaginava que nós, seres humanos, viemos do macaco, saiba que nossa história vai, além disso. Já ouviu falar do homem neandertal? Pois bem, nós, seres humanos, temos ancestralidade com os neandertais, a primeira espécie hominídea.

Em muitos filmes se retrata a história desse nosso antecessor, como uma espécie animalesca e selvagem. Entretanto, ao contrário do que se imagina, o homem neandertal já realizava atividades usando da inteligência, semelhantemente à espécie humana.

O que é neanderthal?

Em suma, o homem neandertal surgiu há cerca de 430 mil anos, na Eufrásia, que seria a união da Europa com a Ásia. Ao passo que o homo sapiens, por volta de 300 mil anos atrás, tem sua origem na África.

Os neandertais foram os primeiros da espécie hominídea a andar com duas patas. Embora parecidos com a espécie humana, ele possuía algumas características próprias. Até mesmo em razão do desenvolvimento de seu corpo para sobreviver no frio extremo de onde vivia.

Significado de neandertal

O significado de neandertal, em suma, é “Humano do Vale de Neander”, espécie Homo neanderthalensisEste nome foi criado a partir dos primeiros vestígios encontrados da espécie, em uma caverna no Vale Neander, ao oeste da Alemanha. Assim deu-se a origem da palavra neandertal, Neander + thal, que significa vale.

Diferenças entre homo neanderthal e o homo sapiens

Diferentemente do homo neandertal, o homo sapiens é uma espécie adaptável às situações, característica principal para a preservação da sua espécie. Assim como os seres humanos, os neandertais também mostraram habilidades para fabricação de itens, como, por exemplo:

  • lanças;
  • machados;
  • abrigos;
  • manipular fogo.

Porém, a distinção estava na maneira dessa construção. Enquanto o neandertal utiliza de técnicas mais rústicas e matéria-prima. Ao passo que o ser humano era mais habilidoso em manipular a natureza ao seu favor. Até mesmo como se vê ao longo de todos esses anos, com toda tecnologia e ciência criadas.

Nesse ínterim, como o neandertal, mais parecido com animal selvagem, precisava de uma quantidade maior de comida e energia para se reproduzir, o ser humano se sobressaiu. Pois, desde a época que o homo sapiens encontraram esta espécie, já construía abrigos naturais e vivia em melhores condições que seu parente.

Características físicas do neandertal

Os neandertais tinham características físicas distintivas dos humanos. Eles possuíam um crânio maior que dos humanos, com uma saliência acima dos olhos. Ainda, o formato do seu rosto era totalmente distinto, onde a parte central do rosto era projetada para a frente.

Além disso, em seu rosto dominava um nariz grande e largo. Nesse sentido, os cientistas acreditam que recurso foi uma adaptação do corpo para vida no ambiente gelado e seco. Ou seja, o volume do nariz agia para umedecer e aquecer o ar para chegar aos pulmões.

Ainda, possuíam dentes grandes, que eram utilizados também para preparação de alimentos e outros materiais. Cientistas chegaram a este entendimento devido às marcas de arranhões, que sugeriam que utilizam os dentes como uma “terceira mão”.

Por fim, o homem neandertal tinha corpos mais forte se musculosos que os humanos e, também, tinha quadris e ombros largos. Quanto à estatura, em um homem adulto, girava em torno de 1,50m e 1,75m, pesando cerca de 64 e 82kg.

Características psíquicas e sociais e sociais do neandertal

Embora muitos veja os neandertais como selvagens, “homens das cavernas” primitivos, era o oposto disso. Eram homens inteligentes e talentosos, o que se vê através dos detalhes dos objetos fabricados por eles. Assim, mostravam-se como fabricantes habilidosos, ao fabricarem ferramentas como machados e lanças.

Registros arqueológicos mostram que cerca de 300 mil anos atrás, esta espécie desenvolveu tecnologias inovadoras de pedra, que ficou conhecida como técnica Levallois. Além disso, diante dos ferimentos encontrados em suas prestas – como mamutes e renas – se pôde verificar serem:

  • exímios caçadores;
  • preparados para grandes presas;
  • inteligentes;
  • capazes de se comunicar;
  • habilidosos;
  • e de grande bravura.

Ainda, as evidências arqueológicas mostram que alguns deles cuidavam dos dentes e enterravam seus mortos. Sendo assim, sugere-se que eles era seres sociáveis e, até mesmo, compassivos.

Leia Também:  Livros de Carl Jung: lista de todos os seus livros

Neanderthais faziam arte

Conforme estudo recente, publicado pelo site Science em 2018, foram encontrados sinais que algumas obras de arte foram feitas pelo neandertais, inclusive, muito antes dos humanos. As pinturas, utilizando-se de pigmento vermelho, incluíam formas e símbolos.

Em suma, esta espécie hominídea, fazia artes como:

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    • joias com garras de águias;
    • dentes de animais perfurados;
    • marfins trabalhados;
    • pinturas;
    • pigmentos para decorar e camuflar seus corpos.

    Como aconteceu a extinção do homem neanderthal?

    De antemão, a espécie neandertal foi extinta há cerca de 40 mil anos, por diversos fatores. Dentre eles, cientistas chegaram a conclusão de que o principal motivo da extinção foi quando o ser humano passou a migrar para outros continentes. E, então, encontraram os neandertais, cerca de 60 mil anos atrás.

    Logo após, os neandertais e os humanos passaram a procriar, o que se pôde verificar através dos genes encontrados. Ou seja, foram localizados vestígios desses encontros amorosos entre as espécies.

    Propagação de doenças

    Então, a partir desse contato entre as espécies, desenvolveram doenças, as quais o homem neandertal foi, gradativamente, se dizimando. Conforme a história mostra em diversos tempos, é comum que doenças são levadas de um lugar para o outro.

    Nesse sentido, quando os humanos migraram da África para Eurásia, trouxeram vírus que o corpo do homem neandertal não conseguiu suportar. Além disso, cientistas sugerem que o homo sapiens, nesse período, passou a disputar por comida e território com os neandertais, contribuindo para sua extinção.

    Mudanças climáticas

    Dentre os fatores possíveis, cientistas também acreditam que ocorrem fortes alterações climáticas, tornando o ambiente inóspito. Ou seja, mudanças drásticas na temperatura foram fragmentando a população neandertais.

    Pois, quando existem severas diminuições na temperatura do ambiente, plantas e animas dos quais dependiam também eram afetados. Dessa maneira, somente seres mais engenhosos, como os humanos, conseguiram sobreviver.

    Se você não conhecia ou quer saber mais sobres esses nossos ancestrais, deixe seu comentário logo abaixo. Teremos o maior prazer em lhe responder.

    Além disso, se gostou do conteúdo, curta e compartilhe em suas redes sociais, isso nos incentiva a continuar produzindo sempre temas construtivos e de qualidade para nossos leitores.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.