novembro-azul

Novembro Azul: 1 reflexão sobre a prevenção do câncer de próstata

Posted on Posted in Psicanálise, Transtornos e Doenças

Por conta de um preconceito, infelizmente muitos homens acabam por contribuir para o declínio da própria saúde. Isso porque é bastante comum que a maioria do grupo não se consulte com um médico regularmente. Entenda melhor o papel do Novembro azul na prevenção do câncer de próstata.

Sobre o Novembro azul

O Novembro azul é uma maneira relativamente nova de trabalhar um problema bastante antigo. Criado em 2011 com base em um movimento de 2003 com o mesmo objetivo, a proposta é conscientizar cada homem no que tange sua própria saúde. A partir desse movimento, a vida de cada homem deve ser tratada com suma relevância, a fim de evitar males maiores e irremediáveis.

A campanha visa trazer clareza sobre a incidência do câncer de próstata no Brasil. Nesse contexto, cabe ressaltar que ele só fica atrás do câncer de pele quando observamos problemas na saúde masculina após os 50 anos. Por causa da falta de acompanhamento médico regular, mais de 60 mil casos surgem por ano. Infelizmente, 13 mil desses indivíduos que contraem a doença acabam morrendo.

Propósito

Tendo essas mortes em vista, o Novembro azul incita positivamente a procura dos homens aos consultórios para verificarem como anda sua saúde. Como se sabe, o câncer de próstata evolui devagar e, nos primeiros estágios, o indivíduo doente nem percebe os sintomas. Mesmo que acredite que está muito saudável, atentar a alguns sinais pode acabar salvando a sua vida.

Vale lembrar que homens negros e com casos de câncer na família estão mais suscetíveis a contrair a doença.

Sintomas do câncer de próstata

Um dos temas mais abordados no Novembro azul é a quase que ausência de sintomas do câncer nos homens. Por causa disso, muitos nem cogitam se consultar com um médico, até pelo preconceito que nutrem. Apenas quando sentem alterações graves em seus sistema urinários e que descobrem o quanto a situação se agravou.

Dentre os sinais encontrados, os mais comuns são:

Alterações na hora de urinar

Nós nutrimos uma certa memória até em relação à urina. Sabemos quando a vontade vem e também quando a mesma vai embora. Contudo, muitos acabam ignorando um certo incômodo quando o jato urinário vem. Para alguns, se limita a um ardor; a outros, uma dor real e incômoda.

Bexiga sem vazão completa

Como dito linhas acima, há uma espécie de memória em relação ao que acontece em nosso corpo. Homens com idade mais avançada podem diminuir a quantidade de urina produzida, ainda que bebam muita água. Há casos em que uma grande vontade de ir ao banheiro locomovem os homens, porém pouca urina é expelida.

Idas constantes ao banheiro

Levantar-se apenas uma vez de madrugada para fazer xixi pode ser incômodo, mas imagine fazer isso repetidamente? Muitos homens se incomodam com as idas seguidas ao banheiro, mas não se mobilizam para procurar as causas disso. Quanto mais cedo você procurar ajuda, mais seguro estará consigo mesmo e com a sua saúde.

O Novembro Azul e a barreira do preconceito

Por causa de nossa cultura machista, muitos homens se encontram avessos à ideia do exame de próstata. Por mais que o Novembro azul os conscientize sobre a importância do exame de toque, os homens continuam a nutrir um preconceito. Ainda que não verbalizem, fica claro a ideia de masculinidade frágil.

Leia Também:  O que é megalomania? Significado de megalômano

O exame do toque, assim como qualquer outro procedimento médico, visa avaliar as condições de saúde de um homem. Trata-se de um procedimento particular, sigiloso e sem qualquer exposição do paciente ao público, muito ao contrário do que dizem relatos de campanhas sem autorização. Ou seja, o exame protege a sua imagem enquanto tenta proteger o seu corpo.

Seguindo uma agenda médica, é preciso que você não interrompa o acompanhamento  médico todos os anos. Por meio das consultas médicas que duram poucos instantes, você tem a certeza prolongada de que pode nutrir uma vida mais plena. Em relação a qualquer comentário alheio que receber sobre o exame, não negligencie sua saúde em prol da ignorância dos outros.

O diagnóstico precoce

Seguindo o tópico anterior, a concessão em fazer o exame possibilita mais ações a qualquer homem nessa faixa etária. O Novembro azul sempre defende a ideia de fazer um diagnóstico precoce da saúde masculina, justamente para evitar problemas maiores. O homem tem excelentes chances de passar pelo problema, se:

Avaliação precoce

Assim que chegar a idade indicada ao exame, 40 anos, é preciso fazer visitas anuais ao urologista. A consulta não dura muito tempo e você fica sabendo o quanto antes sobre seu estado de saúde. Sem contar que, em caso de algum problema, já pode executar um plano de ação e tratamento.

NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

Soluções mais efetivas

Quando se detecta uma doença logo em seu início, o leque de opções de tratamentos fica bem maior. Cada tratamento funciona de modo diferente e isso acaba impactando na saúde do paciente. Assim sendo, em casos mais graves, ao mesmo tempo em que se cura, um paciente pode ficar enfraquecido pelo tratamento.

Maiores chance de cura

Qualquer doença em sua “juventude” pode não apresentar sinais de que está ali. Entretanto, quando uma avaliação a encontra ainda na sua formação, de modo que se torna possível trabalhar imediatamente sobre ela. O câncer, quando dá sinais, é porque já comprometeu uma parte significativa do corpo. O tratamento, nesse caso, terá de focar também nas partes atingidas.

Tratamento

A fim de evitar uma insegurança massiva, o Novembro azul afirma que a cura depende de vários fatores. Dada à forma como o câncer de próstata se manifesta em cada indivíduo, as ações de tratamento dependerão do estado. Por exemplo, o câncer pode ser de nível baixo, médio ou agressivo, sendo este espalhado por vários locais.

Assim, o tratamento pode ser valer de uma cirurgia, hormonioterapia, radioterapia e quimioterapia. Além desses, é recomendável a vigilância constante do urologista, a fim de acompanhar o quadro de saúde. Ainda que não intervenha diretamente, ele pode ajustar o tratamento de acordo com a necessidade de cada paciente.

Comentários finais sobre o  Novembro Azul

A finalidade principal do Novembro azul é convidar todos os homens a agirem em prol de suas próprias saúdes. A saúde masculina é objeto bastante discutido, visto que a falta de dados se dá pela ausência deles em consultórios. Ainda que o preconceito machuque, dói mais ainda ficar doente sabendo que poderia ter feito muitas coisas de maneira diferente.

Caso seja homem e esteja em época de fazer o exame de próstata, não hesite em procurar um médico. Por meio dele, saberá o que fazer se estiver doente, além de descobrir como manter a sua saúde em dia. A avaliação contínua e constante permite que você se alinhe com as necessidades do seu corpo. Ainda que este faça silêncio, tente escutá-lo sempre que possível.

Leia Também:  O que é Anedonia? Definição da palavra

Para entender melhor a relação entre mente e corpo, se inscreva em nosso curso 100% online de Psicanálise. Por meio dele, entenderá as reais fontes de seus receios em relação a si mesmo e aquilo que movimenta os demais. O autoconhecimento obtido será suficiente para lhe mostrar tudo aquilo que necessita ver. Matricule-se e, mais importante que isso, não deixe de fazer o exame de próstata e divulgar o Novembro Azul.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 − 5 =