psicanalista é doutor

Psicanalista pode ser chamado de doutor?

Posted on Posted in Profissões e Psicanálise

Culturalmente, a diversas profissões a que são atribuídos o título de “doutor”, ou seja, o “Dr.” é incluído como um se fosse um pronome de tratamento. Nesse sentido, acabamos por não saber, exatamente, a qual profissional usar o título. Dentre eles, os profissionais da saúde mental, como da psicanálise. Então, saiba aqui se o psicanalista pode ser chamado de doutor.

Ao psicanalista, como diversas outras carreiras, não é necessário o uso do tratamento como doutor. Nesse ínterim, pode chamar somente por psicanalista ou analista. Mas, claro, não estamos falando de uma proibição, então, se você gosta, seu psicanalista pode ser chamado de doutor sim. Por oportuno, se quer saber mais sobre a profissão de psicanalista, lhe mostraremos aqui os detalhes.

Profissionais da saúde mental: diferenças entre psiquiatra, psicólogo e psicanalista

Para aqueles que buscam ajudam de um profissional de saúde mental, é comum surtirem dúvidas sobre as atribuições de psicólogo, psiquiatra e psicanalista. De antemão, saiba que essas profissões possuem grandes diferenças, embora possam ser utilizadas em conjunto para ajuda e, até mesmo, cura de doenças mentais.

Assim, antes de procurar por seu “doutor” da saúde mental, entenda quais as diferenças entre os profissionais mais procurados no meio:

Psiquiatra

Com graduação em Medicina e especialização em Psiquiatria, este é o único profissional médico, dentre os três, isso quer dizer ser o único que pode prescrever medicamentos, como, por exemplo, ansiolíticos. Ele é o profissional médico que trará o diagnóstico para doença e, além das prescrições médicas, poderá encaminhar o paciente para sessões de terapia, com psicanalistas ou psicólogos.

Psicólogo

A este profissional também é exigida graduação, formação em Psicologia. O psicólogo, embora não possa prescrever medicamentos, utiliza de psicoterapia para a cura de seus pacientes.

O psicólogo é o profissional capacitado para aplicação de três linhas de abordagens em seus pacientes, as seguintes teorias:

  • humanistas;
  • comportamentais;
  • psicanalíticas.

Psicanalista

Formado em um curso livre, ou seja, não é uma graduação, geralmente estudado como uma especialização para os profissionais anteriores, que pretendem agotar a psicanálise como método de abordagem ao clinicar. Por meio de terapia psicanalítica, o profissional desenvolve técnicas para auxiliar os pacientes com doenças mentais a entendê-las.

Mas esse não é um fator condicionante. Isso quer dizer que se você, ainda que não tenha nenhuma formação na área, pretenda estudar psicanálise, poderá assim fazer. O tempo de formação de um psicanalista é de, em média, 18 meses, como nosso Curso de Formação em Psicanálise, realizado de forma totalmente online, pela modalidade Educação à Distância (EAD).

A profissão psicanalista é reconhecida?

Os psicanalistas têm profissão reconhecida, conforme classificação na CBO (Classificação Brasileira de Ocupações), conforme Portaria n°. 397, do Ministério do Trabalho e Emprego. Assim, é um profissional reconhecido que pode exercer suas atividades profissionais em todo território nacional.

Em suma, psicanalista é um profissional analítico, que exerce a Psicanálise em consultórios ou clínicas. Utilizando-se, para tanto, da metodologia para o bom exercício da profissão, para acolhimento de pessoas que sofrem psiquicamente.

Como montar um consultório ou uma clínica de psicanálise?

Logo após a formação, o psicanalista precisará, naturalmente, ter um local para seus atendimentos. Diante da natureza da profissão de psicanalista, importante que seja um ambiente acolhedor para seus pacientes. Então, entenda como montar uma clínica de psicanálise para exercer a profissão de psicanalista.

Como toda e qualquer profissão, existe uma certa burocracia para iniciar. Nesse sentido, seguem algumas dicas para montar uma clínica de psicanálise:

  • localização;
  • estabeleça seus horários de atendimento;
  • tenha um ambiente acolhedor e confortável para seus atendimentos, fará toda diferença aos seus pacientes;
  • abertura de empresa, com a devida inscrição de CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica);
  • emissão de notas fiscais e/ou recibos dos atendimentos;
  • cumprir os requisitos para o exercício da profissão.

Se você quer saber mais sobre as técnicas de como montar seu consultório ou clínica, podemos lhe ajudar. Todo semestre, ministramos uma live com 3 horas de duração, onde respondemos a todos questionamentos de Como Montar um Consultório. E todas as lives são gravadas e ficam disponíveis para alunos na área de membros do nosso curso de psicanálise.

Leia Também:  Sobre Ser Psicanalista: formação e atuação do profissional

Qual profissional deve ser chamado de doutor?

Agora que você sabe as principais informações sobre a profissão de psicanalista, voltemos ao questionamento deste artigo: psicanalista pode ser chamado de doutor. Primeiramente, oportuno explicar como se originou essa cultura de chamar alguns profissionais de Doutor. Nada melhor do que com exemplo: os médicos.

Tradicionalmente, os médicos são chamados de doutor, tendo em vista que, no Império, uma lei do ano de 1827, determinou que aos bacharéis deviam ser atribuídos o título de doutor. Atualmente, não existe mais esta obrigação, mas, ainda assim, culturalmente o “título” é aplicado aos profissionais.

Embora para o psicanalista nunca tenha sido publicada nenhuma lei sobre ser chamado de doutor, alguns utilizam-se deste “título” para se referir ao profissional. Entretanto, saiba que não existe nenhuma regra, ou seja, refere-se somente a um tratamento entre você e seu psicanalista, sob critérios pessoais, não legais.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Afinal, quem deve ser chamado de doutor?

    Em suma, somente devem ser chamados de doutor quem possui, no meio acadêmico, doutorado. Então, independentemente da profissão, este é o requisito para ser chamado, ou não, de doutor.

    Portanto, aos profissionais, por exemplo, psiquiatras, psicólogos, advogados, psicanalista pode ser chamado de doutor, mas essa não é uma obrigação. Então, se você chamar os profissionais apenas pelo nome, não estará desrespeitando o profissional, nem tampouco descumprindo alguma regra.

    Contudo, o psicanalista pode ser chamado de doutor, embora não seja descrita essa exigência em nenhuma legislação, conforme é tratado no meio acadêmico para quem possui doutorado.

    Em outras palavras, psicanalista pode ser chamado de doutor por mera afinidade, entre profissional e paciente.

    Se você se interessou sobre a profissão de psicanalista e quer saber maiores detalhes, tire todas as suas dúvidas na caixa de comentários logo abaixo. Teremos o prazer de responder todos os seus questionamentos, inclusive sobre nosso Curso de Formação em Psicanálise.

    Por fim, se gostou deste conteúdo, curta e compartilhe em suas redes sociais. Isso nos ajudará com a divulgação de nossos artigos e, claro, nos incentivará a sempre continuar produzindo conteúdos de qualidade para todos nossos leitores.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.