problemas mentais

Doenças mentais: as 15 mais comuns

Posted on Posted in Transtornos e Doenças

Quase 300 milhões de pessoas sofrem de depressão em todo o mundo, sendo uma das doenças mentais com maior incidência. E, no entanto, como acontece com todos os outros distúrbios relacionados à mente, é difícil falar sobre isso.

O que entendemos por doença mental?

Uma doença mental é qualquer transtorno que afeta a saúde mental. Ou seja, condições que alteram o humor, o comportamento e o pensamento.

Todos nós sofremos uma alteração em nossa saúde mental de vez em quando. Seja em um evento traumático ou passando por um momento difícil. No entanto, só falamos em “doença mental” quando isso afeta em nosso cérebro. E além disso, se torna permanente e tem consequências na capacidade da pessoa de levar uma vida normal.

Quais são os transtornos mentais mais comuns?

Depressão

A depressão é uma doença mental séria e comum. Na verdade, mais de 300 milhões de pessoas sofrem com isso com maior ou menor gravidade. Não tem nada a ver com “ficar triste” por alguns dias. Uma vez que os sentimentos que uma pessoa com depressão vivencia são muito mais profundos. Além disso, interferem no desempenho das atividades diárias.

As causas que levam ao sofrimento desse distúrbio cerebral são muito complexas, incluindo a genética da pessoa. E não só isso, mas também de fatores biológicos, sociais, econômicos, ambientais e psicológicos. Além disso, pode surgir em qualquer idade, sendo as mulheres as principais afetadas.

Ansiedade

A ansiedade é uma doença mental em que as pessoas vivenciam preocupações e medos muito intensos nas situações do dia a dia. Além disso, pode levar a ataques de pânico e acaba afetando o cotidiano da pessoa.

As causas não são muito claras, embora se acredite que existam pessoas com maior tendência genética a sofrer com esse transtorno. Ou seja, pode despertar para a vivência de eventos traumáticos ou para vivências dolorosas.

Fobias

A fobia é uma doença mental relacionada à ansiedade em que um medo muito forte e irracional. Além disso, a pessoa sente medo de algo que não tem, de fato, perigo real para ela.

Ou seja, as pessoas com fobia evitam se expor ao que gera medo. Mas quando precisam enfrentá-lo experimentam os seguintes sintomas:

  • pânico;
  • medo;
  • aumento da frequência cardíaca;
  • desejo irreprimível de fugir;
  • falta de ar;
  • tremores;
  • suores e entre outros sintomas.

Transtornos alimentares

Os transtornos alimentares são doenças mentais graves e devem ser tratados como tal. As pessoas afetadas têm sérios problemas para desenvolver hábitos alimentares. Além disso, podem até se recusar a comer.

As causas são complexas, já que entram em jogo fatores genéticos, comportamentais, sociais (querer ter um corpo específico para agradar), biológicos, psicológicos. Por fim, apesar de poderem aparecer a qualquer momento, são comuns em mulheres na adolescência.

Bulimia

Bulimia é um distúrbio alimentar no qual uma pessoa se empanturra com comida, mas depois vomita. A longo prazo, isso tem os seguintes sintomas:

  • dor de garganta crônica;
  • inflamação das glândulas salivares;
  • doença do refluxo gastroesofágico;
  • desidratação grave;
  • desgaste do esmalte dentário;
  • desenvolvimento de cáries;
  • por fim, desequilíbrio eletrolítico.
Leia Também:  Medo crônico de velocidade: causas e tratamentos

Anorexia

A anorexia, por outro lado, é o distúrbio alimentar em que a pessoa evita comer. Pois ela acha que tem uma aparência de obeso, apesar de ser muito magra. Logo, a anorexia provoca os seguintes sintomas:

  • perda de peso severa;
  • anemia;
  • baixa densidade óssea;
  • fraqueza;
  • fadiga;
  • cansaço;
  • infertilidade;
  • pressão arterial baixa;
  • pele seca;
  • cabelos muito finos;
  • por fim, lesões cardíacas.

TOC

O Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC) é uma doença mental em que as pessoas apresentam uma série de obsessões irracionais. E isso as leva a realizar comportamentos compulsivos e repetitivos. Embora sua gravidade seja variável, esse distúrbio pode afetar o dia a dia, pois gera muita angústia à pessoa.

Além disso, existem muitas formas diferentes de TOC, entre elas:

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    • estresse quando os objetos não estão alinhados ou simétricos;
    • medo de contaminação por objetos que outras pessoas tenham tocado;
    • verificar toda a hora se a porta está fechada;
    • pensamentos indesejados.

    O principal sintoma, além de ter que realizar essas ações em excesso, é a ansiedade e o estresse gerados por não conseguir evitar a obsessão. Porém, os tratamentos com medicamentos e a psicoterapia ajudam a reduzir o impacto que essa doença tem na vida.

    Transtorno bipolar

    O transtorno bipolar é uma doença mental em que a pessoa afetada sofre mudanças repentinas de humor. Ela vai de alturas emocionais a baixas, típicas da depressão em diferentes fases, que podem durar semanas e até meses.

    É causada por fatores genéticos e biológicos. Passar de eufórico a invadido pela tristeza acaba afetando a pessoa. E ela desenvolve os seguintes sintomas:

    • fraqueza;
    • cansaço;
    • insônia
    • perda da capacidade de pensar com clareza;
    • por fim, problemas nos relacionamentos pessoais.

    Embora os episódios bipolares continuem a aparecer com mais ou menos frequência, o tratamento medicamentoso é muito útil. Pois, ele pode reduzir o impacto dessa doença no dia a dia.

    Esquizofrenia

    A esquizofrenia é uma doença mental grave em que a pessoa afetada chega a ouvir vozes em sua cabeça. E também, ver coisas que não existem, a pensar que outras pessoas querem magoá-la , a dizer bobagens, entre outros sintomas. E isso acaba afetando tanto sua vida pessoal e profissional.

    As causas não são muito claras, mas sabe-se que costuma aparecer entre os 16 e os 30 anos. Os sintomas são os seguintes:

    • alucinações;
    • delírios;
    • movimentos estranhos;
    • falar sozinho e dizer besteiras;
    • isolamento;
    • problemas para prestar atenção;
    • dificuldade de socialização.

    Alzheimer

    Alzheimer é uma doença mental e a principal causa de demência no mundo. É caracterizada por uma degeneração progressiva dos neurônios do cérebro. Eles se deterioram devagar até morrer.

    As causas não são muito claras. Muitas vezes, afeta pessoas com mais de 65 anos de idade e provoca uma diminuição lenta mas contínua da capacidade mental. O que faze com que a pessoa perca habilidades sociais e aptidões a ponto de não conseguir viver de forma independente.

    Com o tempo, surge um sério comprometimento da memória. E, já em estágios avançados da doença, acaba causando a morte da pessoa por lesão cerebral.

    TDAH

    O Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) é uma doença mental sofrida por milhões de crianças em todo o mundo. E, embora, não seja comum, pode perdurar na idade adulta.

    Crianças com TDAH têm problemas para manter a atenção e costumam exibir comportamentos impulsivos típicos de hiperatividade. Além disso, isso muitas vezes leva a relacionamentos problemáticos com outras crianças, baixa autoestima e baixo desempenho escolar.

    Leia Também:  Humanização hospitalar: 10 dicas da Psicanálise

    Transtorno de personalidade limítrofe

    Por fim, para finalizar a nossa lista de doenças mentais, vamos falar sobre o transtorno de personalidade limítrofe. Ou seja, é uma doença mental em que a pessoa afetada experimenta emoções turbulentas e instáveis. Além disso, resulta em comportamentos impulsivos e dificuldade em manter relacionamentos sociais.

    As pessoas mudam de interesse rápido, tendem a ver as situações de forma extrema, suas opiniões sobre as pessoas mudam sem prévio aviso. Além disso, passam da euforia à tristeza muito rápido, têm manifestações de raiva e podem se machucar. E por fim, não toleram a solidão, pode ter tendência a consumir substâncias viciantes.

    Considerações finais

    Em síntese, a saúde mental continua sendo um assunto tabu na sociedade, pois ainda nos é difícil saber e aceitar que o cérebro é ainda outro órgão do corpo. E que portanto, pode adoecer.
    Nossa mente está sujeita a diversos distúrbios, da mesma forma que podemos ter problemas intestinais, dermatológicos ou musculares, por exemplo.

    Enfim, confira outras doenças mentais acessando o nosso curso online de psicanálise. Que tal mergulhar nesse mundo incrível de informações valiosas que serão uteis para a sua vida profissional e pessoal?

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    17 − catorze =