Qual o ponto fraco de um psicopata

Qual o ponto fraco de um psicopata?

Posted on Posted in Psicanálise, Transtornos e Doenças

Lidar com psicopatas é um pensamento desconfortável para a maioria das pessoas porque não é algo simples de fazer. Na sua frente você tem uma pessoa totalmente manipuladora e capaz de qualquer coisa para ter o que deseja. Mas você pode descobrir qual o ponto fraco de um psicopata para se proteger quando necessário. Para isso, basta ler nosso artigo.

Então, qual o ponto fraco de um psicopata?

Uma pessoa capaz de simular as próprias emoções e postura deve possuir alguma fraqueza? Até pela intervenção virtual, hoje temos mais acesso a casos hediondos envolvendo pessoas com esse perfil. Estudando todos eles, se questionando qual o ponto fraco de um psicopata, a resposta é o ego dessas pessoas.

A autoestima é a maior falha dos psicopatas em qualquer situação em que se envolvam. Ou seja, os mesmos são vaidosos, se privando de inseguranças e se achando o ápice da evolução social. Por isso que quase todos gostam de falar facilmente de si mesmos.

Assim, experimente fazer elogios a ele como forma de fazê-lo cair no próprio veneno. Faça com que seu ego infle e que ele pense que você o admira demais. Assim, com a segurança excessiva ele vai acabar por falar mais do que deve e se entregar, perdendo o controle da situação.

A resposta está no ego e isso é evidente

Quando se pergunta qual o ponto fraco de um psicopata e a resposta acima é dada, muitos confundem com narcisistas. Acontece que foi feita uma revisão de critérios em 2013 sobre os diagnósticos psiquiátricos, resultando no DSM-V. Por meio desse manual, fica claro que o narcisismo é visto como um sintoma, e não mais como transtorno.

Assim, narcisismo se torna mais um sinal de possíveis transtornos, entre eles a psicopatia. Assim, essa perda de autonomia ajudou a revitalizar a dar uma visão mais completa sobre problemas mentais e comportamentais.

Na versão anterior do manual a concordância em afirmar que uma mesma pessoa podia ter dois transtornos simultaneamente. De forma até óbvia, neste manual, o transtorno de personalidade mais comum dos psicopatas era o narcisismo na personalidade. Ambos estão ligados de forma indissociável, embora um ajude a frutificar o outro.

A tecnologia como aliada

Entender qual o ponto fraco de um psicopata pode te livrar de situações embaraçosas e arriscadas. Afinl, muitas pessoas não sabem como lidar com uma pessoa de instinto tão egoísta e destrutivo quanto ele. Entretanto, a tecnologia pode ser uma excelente aliada nisso.

Se precisar falar com um psicopata, sempre recorra a mensagens de texto, tipo sms ou bate-papo virtuais. Isso vai impedir que eles possam ler sua postura corporal, tom de voz e comportamento. Consequentemente, isso significa que eles não poderão encontrar fraquezas com as quais tirar vantagem.

A sedução deles não pode se traduzir em uma linguagem escrita e acaba soando com hostil e até ofensiva às vítimas. Sem contar que atrás de um celular fica muito mais fácil contornar uma situação e tomar o controle em negociações. Em último caso, uma conversa feita em texto vai dar a prova que precisa caso eles mintam ou distorçam algo.

Leia Também:  Psicopatia: guia completo sobre psicopatas

Nada de intimidades

Enquanto procura qual o ponto fraco de um psicopata, evite dar muita intimidade a eles. É como se você estivesse se expondo para receber uma flechada no meio das costas. O comportamento sedutor de muitos é o que ajuda a quebrar as barreiras que precisam para terem o que querem.

Assim, sempre mantenha distância deles, de modo a alimentar uma neutralidade quando estiverem próximos. É possível ser educado com este perfil sem que você precise abrir mão de sua intimidade. Basicamente, seja o mais profissional que puder, construindo uma muralha entre você e ele.

A sua permissão para o psicopata entrar em sua vida implica na ruína do seu modo de viver. Mesmo que isso pareça muito fatalista, tenha em mente que, para ele, você é um instrumento. Assim, uma pessoa mal intencionada vai se aproveitar de você e te descartará sem pensar duas vezes.

Evite aceitar favores

Outro ponto da busca por qual o ponto fraco de um psicopata é o hábito de aceitar favores. Caso suspeite de alguém, não ceda ao ato de ser educado e aceitar qualquer tipo de favor. Isso porque:

  • Poderá se sentir em dívida – Todos nós tendemos a carregar uma sensação de dívida com alguém que nos fez um bem. Por isso que nos tornamos mais flexíveis com esse indivíduo e somos abertos até retribuirmos o favor. Em relação ao psicopata, você não vai querer ficar devendo nada, certo?
  • Ficará sob controle – Um psicopata pode se aproveitar de qualquer brecha sua para cobrar o favor de antes. É comprovado que nosso cérebro cria uma sensação de dívida quando nos fazem uma gentileza. Por causa disso, cedemos com mais facilidade às manipulações e controle desse indivíduo.

As ações contam mais do que as palavras

Uma imagem vale mais do que mil palavras, assim como a ação tem peso equivalente. Por isso, quando descobrir qual o ponto fraco de um psicopata, procure prestar atenção também na sua postura. Por meio de suas ações, terá uma linguagem mais clara a respeito da verdadeira índole dele.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Tratando-se da parte cognitiva, os psicopatas sabem muito bem que suas ações são erradas. Porém, mesmo com oposição, eles não se importam minimamente com isso. Mas para conseguir o que desejam, acabam entrando em um papel e interpretando para a sociedade.

    Por isso que você deve se atentar às ações da pessoa com o que ela fala e diz pensar. Ser crítico e fazer análises impede que você seja uma vítima de alguém desequilibrado e com comportamento destrutivo. Lembre-se que uma postura fingida não dura para sempre e o disfarce sempre cai.

    Comportamentos de um psicopata

    Antes de saber qual o ponto fraco de um psicopata, entender os comportamentos dele pode te municiar e proteger. Como já bem sabe, um psicopata gosta de falar de si mesmo como se fosse um deus perfeito e arrogante. Mas, além disso, também mostra:

    • Indiferença

    Eles se mostram insensíveis em relação aos sentimentos e não carregam empatia pelos demais. Por terem fracas conexões em seus cérebros envolvendo emoções, eles não podem se aprofundar nisso. Isso indica também uma incapacidade de identificar o medo nos outros.

    • Mentem bastante

    A mentira chega a um nível patológico quando eles querem algo e criam suas histórias. Nisso, sempre distorcem informações importantes para eles quando bem entendem sempre que buscam benefícios. Isso inclui mentir para pessoas sobre outras pessoas, incluindo pessoas mais próximas.

    • Sentimentos pouco profundos

    As emoções para os psicopatas são completamente rasas, o que impede que sintam constrangimento, vergonha e culpa. É como se pudessem simular algo parecido, mas sem conteúdo algum. Mesmo quem não sabe desse lado doentio consegue perceber um distanciamento emocional deles.

    Leia Também:  Abuso sexual: conceito e terapia em Psicanálise

    Considerações finais sobre qual o ponto fraco de um psicopata

    Compreender qual o ponto fraco de um psicopata pode preveni-lo de situações delicadas. Independente de sua força mental, eles são incrivelmente sorrateiros em conseguirem o que quiserem. Assim, se municiar com informação é o melhor caminho para a prevenção.

    Caso desconfie de alguém, procure se atentar na postura dele com outras pessoas. Você, certamente, deve ter notado alguma falha grave em sua conduta. Sabendo o que precisa saber, poderá reverter qualquer tentativa de abuso.

    Para aprimorar sua percepção, se inscreva em nosso curso de Psicanálise Clínica 100% online. É uma excelente aposta para que possa aprimorar seus conhecimentos e desenvolver o seu potencial para lidar com o mundo. Saber qual o ponto fraco de um psicopata será apenas a primeira de muitas conquistas com a Psicanálise!

    42 thoughts on “Qual o ponto fraco de um psicopata?

    1. Simples, menospreze-o. Ignore-o, não lhe-dê atenção, não reconheça nada do que ele faz. Edu Borges, personagem do Bruno Gagliasso na série Dupla identidade, demonstrou muito descontrole quando a Vera, disse que ele não era peixe grande, que ela ja tinha visto fazerem bem melhor que ele, então, enfurecido. Sabe quando a gente brinca que se quiser fazer um leonino ser tirado do sério é só não dar credito ou desvalorizar sua presença que ele instantaneamente perde seu controle e faz de tudo pra chamar a atenção.

      1. Desculpe-me,mas não concordo. O psicopata é muito inteligente. E se ele conhece você, e isso tenha certeza de que ele conhece…. você não vai tirar o lugar dele, pelo contrário, você sempre, ou quase sempre, entra em desespero. Você precisa ser muito firme para encarar esse ego. Eu depois de anos , me rendo que não queria acreditar que ele poderia ser um psicopata, que, apesar de todos os acontecimentos, eu me recusei sempre, e sempre achei que ele seria diferente. Eu não arriscaria encarar o ego de um psicopata.. Muito mais quando ele é o seu filho já maduro. É uma dor inimaginável. Enfim… vamos que vamos, gostei muito do artigo. Muito.

        1. Oi Cristina, como vc convive com um filho psicopata? Você mora com ele?, tenho uma irmã que é (ao menos eu acho) ela inferniza a minha mãe de 80 anos, é explosiva, mente muito, manipula pra tudo, finje que cuida mas a deixa sozinha em casa a noite, estoque de todas as formas para tudo, pagar contas dela, ir ao cabeleireiro, comprar roupas, faz dividas…. e com 45 anos sequer alguma vez trabalhou na vida. Não sei como proteger a minha mãe e gostaria muito de poder fazer algo, mas moro em outro estado. A minha mãe sequer sabe o que é um psicopata, tenho muita pena da minha mãe.

        2. Imagino o que você sente ainda mais quando se trata de filho, passo pela mesma situação minha filha carrega essa doença com ela .
          Mas o sofrimento é nosso mãe pai família.
          Boa sorte pra nós dois

          1. concordo!!! lido com um em casa !! ele me chantageia me manipula, faz ameaças é totalmente abusivo me critica me deixa p baixo enfim eles se acham os perfeitos sempre vencem nunca mudam eu sofro e tbm tenho dependencia emocional, eh horrivel

        3. Vdd, eles são muito inteligentes, mentem olhando nos olhos, com uma naturalidade absurda, penso até que eles acreditam na própria mentira, são sorrateiros como serpentes e estudam mesmo nosso ponto fraco e dão o bote quando menos esperamos e da maneira que lhes convém. É nesse infernoque vivo desde criança, é como uma areia movediça.

      2. Infelizmente tive a infelicidade de conviver com um lixo psicopata. Frios como serpente. Única vez que vi ódio nos olhos dele foi qdo o chamei de velho, gordo e barrigudo. Achei até anotações no celular dele com esses dizerem como forma de vingança a minha pessoa. Eles se acham lindos, charmosos, perfeitos.

    2. Estou vivendo com uma pessoa que mente muito entre outras características, meu casamento está arruinando. Será que estou louca? Alguém pode me ajudar?

        1. É muito triste mesmo ! Os psicopatas , são chantagistas , mentirosos ,de primeiro grau manipuladores, o tempo todo ! O pior quando se fazem de vítima , são atores de primeira , você é culpada de tudo, eles nada fazem, Jesus porque meu Deus essa mente diabólica , jamais , meu Deus achei que viveria isso, acreditem quando a mãe dele faleceu , ele fez questão de ficar sentado ao lado do caixão ! Todas as pessoas que chegavam próximo ao caixão ele abraçava a mãe fingindo sofrimento, quando não tinha ninguém , ele ficava rindo ! No trabalho ele pegava a Bíblia, na calçada chorando , pra chamar atenção das meninas que trabalhavam com ele pRa dar chazinho ficar abraçado ele ! Tudo mentira ele nada sentia pela mãe manipulava até os amigos do serviço, é horrível, você não tem como se livrar deste doente mental , torturador já fiz de tudo medida protetiva , separação , nas ele não me deixa em paz.

      1. A mentira só é desmascarada com a verdade, quando ele mentir, comate-o com a verdade! Assim salvará seu casamento e ainda curará seu marido.

    3. Acredito que meu marido seja um psicopata. Em toda conversa da relação que já temos ele tenta me fazer de culpada e se coloca de vítima. Se explico que queria compreensão dele, que reconhecesse meu esforço por sustentar a casa e pagar as contas – ele diz que eu sempre faço “isto” ou seja, que jogo na cara dele. Se reclamo de uma coisa que fez e não gostei, ele já diz “e você não vê o que fez”. Sempre está mesma frase.

      1. Me identifiquei com o que vc descreveu, pois creio tb que minha esposa seja psicopata. Além dos mesmos tipos de atitudes que vc descreveu, até a frase “vc não vê o que fez” é repetida todas as vezes. Atravesso “mares turbulentos” pois ela manipula a situação me jogando contra meu filho adolescente. Me destrói sempre que pode com comentários com todos e depois de muito tempo entendi pq ao chegar em algum lugar as pessoas estavam diferentes. Ela sofre de problemas com insônia, dores de cabeça constantes, alterações súbitas de humor e jamais cumpre com o que combinamos (hj já desisti de tentar qq tipo de planejamento). Comecei a achar que algo era estranho quando em situações onde havia desespero meu por problemas financeiros, desemprego e situações complicadas ela sequer demonstrava solidariedade, preocupação ou manifestava sentimentos de complicidade “por estar no mesmo barco”. A princípio achava que pudesse ser comodismo ao saber que eu daria um jeito. Depois, comecei a enxergar que as promessas feitas jamais eram cumpridas e sempre dava um jeito de encontrar uma desculpa.
        Impressionante que ela se rebela ao menor sinal de organização, quer seja um cardápio semanal, lista de supermercado, orçamento doméstico, etc.
        Infelizmente, existe uma barreira financeira que impossibilita no momento um divórcio, ao que ela se vale.

        1. O meu marido retinha o dinheiro dos aluguéis , não colocava um centavo em no gás mãos, ama fazia vergonha no caixa de supermercado, e quando eu exigia metade dos aluguéis em minhas mãos, ele fala alto , e diz que vai dar todos os aluguéis e também todas as contas pra eu me responsabilizar aí eu recusei por mais de dois anos na humilhação no caixa do mercado.
          Até que um dia tomei coragem e exigi minha metade por direto, mais com a minha metade ele devolveu o meu cartão de crédito com faturas mensais de dois mil reais , e eu com firmeza aceitei.
          Naquele momento ele disse : vou financiar um carro e vou ser uber não se intrometer nisso.
          No nome dele ficaria mais caro e teve que usar o meu .a primeira parcela não conseguiu pagar por causa da pandemia , negociei com o penico pra 60 dias , e depois de 60 dias , a primeira parcela eu tive que pagar.
          Ele vive fazendo dívidas e jogando encima de mim.
          Já falei pra ele passar o cartão pra o nome dele e ele já quer que Suassuna o carro pra se livrar da dívida.
          Tá sempre fracassado e me humilhando , me torturando mentalmente , como por ex : e se eu sair dizendo que vou trabalhar e for pra casa de alguém ?
          Eu tô pedindo a Deus a melhor maneira pra escapar dele .as vezes penso que ele quer provocar meu suicídio.

      2. Divida as tarefas, igualmente, despesas, limpeza da casa etc, e não retroceda, recomendo que a parte excencial deixe pra ele, caso ele não queira, infelizmente deverá separar desse indivíduo.

    4. ESTOU VIVENDO EM UM RELACIONAMENTO ABUSIVO,ELE MENTE MUITO ME TRAIS E JA ME AGREDIU VARIAS VEZES E SEMPRE ME COLOCANDO PRA BAIXO,PALAVRAS AGRESSIVAS E ME DANDO HOMEM O TEMPO TODO ESTOU PRA ENLOUQUEÇER PRECISO DE AJUDA.

      1. Se for um relacionamento abusivo mesmo, com essas característica que vc relatou, vc tem que dar um remédio imediato para essa doença! Por exemplo; vc relatou que está enlouquecendo, vai deixar? Chegar ao ponto da loucura? Pede um tempo, de 01 semana a princípio, volta por 2 semanas, começou novamente, pede um tempo de 2 semanas, volte por 01 semana, viu indícios, saia por 3 semanas, volte por 2 semanas, viu indícios, peça 4 semanas, volte por 2 semana, viu indícios? Se afaste de vez!

    5. Me relacionei com uma pessoa durante certo tempo ,ele mentia muito ,faltava ao trabalho ,bebia muito,sempre humilhava á mim e as pessoas ao redor ,inclusive a própria mãe.No dia 01/01/21, ele humilhou á mim e um amigo dele na nossa casa,após o amigo ir embora o próprio me enforcou ,peguei o celular pra ligar pra polícia e ele pegou o celular da minha mão .Naquele momento sabia que não dava mais pra continuar ali ,porém ,tinha medo da reação dele.Comecei a ficar tristes pelos cantos ,inclusive no trabalho e as pessoas sempre preocupadas comigo.Duas semanas depois tivemos uma briga violenta,ele quebrou meu celular novo ,dormimos em meio a uma fumaça tóxica por conta do celular queimado.Eu já não aguentava mais ,precisava ir embora ,detalhe :eu pagava aluguel,luz,água e compras pra casa sozinha porque ele já havia saído do trabalho.NO dia 13/03/21 ,peguei minha bolsa pra pagar o aluguel ,naquele momento meu chão caiu,não havia nada ,cartão,dinheiro,tinha sumido tudo .Quando ele chegou questionei onde estava tudo ,disse que não sabia de nada ,depois de 3 tentativas ,jogou um dos cartões na casa e saiu pela porta .Naquele momento dei um basta em tudo ,arrumei as coisas dele ,porém, como esperado ele não aceitou o término .Quebrou meu outro celular novo ,me agrediu ,corri para fora e o tranquei na casa enquanto me escondia na casa de uma vizinha para chamar a polícia.Quando adentramos na casa ele tinha destruído tudo,minhas roupas,cartões ,documentos.Ele foi preso apenas 1 noite ,enquanto eu me escondia na casa dos meus patrões onde passei 3 meses,nesse tempo ,fiquei sem contato com minha família que sofria ameaças constantemente,minha família,nem eu e nem meus patroes tínhamos paz e tranquilidade ,vivíamos com medo o tempo todo .Até que no dia 21/06/21 ele me encontrou ,me agrediu e quebrou novamente mais um celular novo .Tive que mudar de cidade. Estou escondida novamente ,sofrendo ameaças constantemente .Ele fez 2 perfis com meu nome nas redes sociais me difamando,espalhando fotos onde alegar ser eu. Eu já não sei mais o que fazer .Hoje,me mandou mensagem dizendo que só vai parar quando eu voltar com ele e ir morar longe de tudo e de todos que conhecemos .Alguém me ajuda?!Estou completamente destruída .Gente ,tenho 23 anos,1,44 de altura e peso 35 kg,pensa numa pessoa frágil e indefesa!Estou pensando em suicídio.

      1. Vc precisa estar perto de amigos e familiares que entendam e te confortem. Isso tudo vai passar e vc vai se acalmar.
        Existem muitas pessoas que estao passando por situações assim. Isso tudo vai passar e vc vai sair mais forte. Confie!
        Deus te abençoe

      2. Acabei de ler o seu comentário e fiquei muito surpresa, o seu ex é violento. Ele perdeu o controle e agora quer você de volta por causa do “ego” e vingança. Te aconselho à não desistir. Ele faz ameaças que sabe que não pode cumprir. Não tenha medo! Mostre que você está bem sem ele. Troque de número, mude de endereço mas não deixe ele te encontrar. Se possível faça um escândalo com o nome dele! Tente conseguir uma ordem de restrição também. Te desejo muita sorte. Força no seu caminho. Irei orar pela sua vida.

      3. Acho que só por beber já teria caído fora! Aguentar gente que bebe, é atraso de vida! A vida é muito boa para a gente jogar ela no lixo!

      4. O problema é ele, e não vc! Mantenha o foco, logo ele arrumará outra e vai te esquecer, conselho: mantenha-se o mais longe possível!

      5. Celli, nem posso imaginar a angústia que está sentindo, mas todos aqui temos algo em comum, se não não teríamos procurado e encontrado essa página. Pode acreditar, somos sobreviventes e vc é uma vencedora, muitas não teria a coragem que teve de fugir. Bloqueia o número dele e siga sua vida. Vc pode.

      6. CELLY , bloqueia ele de todos os seus contatos, mude mesmo de cidade, encontre um novo amor. e busque a Deus. vc já venceu.

      7. É nessa hora que eu pergunto, onde fica a lei “Maria da Penha” um psicopata agride uma pessoa, visivelmente com hematomas e é preso por um dia. As atitudes da lei são tomadas quando acontece o pior. Celi junte provas da sua agressões quem sabe assim a justiça o prenda. Força e coragem e saia dessa relação.

      1. eles dominam a gente , nos deixa sem saida sabe eh cm se ele soubesse oq se passa em minha cabeça sao bem inteligentes , ele me machuca e diz que não esta nem ai sao nojentos extremamente agressivos com as palavras dominadores controladores, tudo oq eu faço onde eu vou com quem eu vou quer saber e sempre fala q estou com amantes sendo q ele ja me traiu diversas vezes

    6. ele me maltrata e me xinga na frente do meu filho de 4 anos ele não se importa e quando esta bem eh um mar de flores qundo esta bipolar me maltrata muito muda o humor constante durante o dia !!! nao sei oq fz me sinto perdida e abandonada!! e ele sabe meu ponto fraco, ele sempre cita que eu tenho medo de ficar sozinha sao inteligentes percebem nossa fraqueza

    7. Lamentavelmente eu vivo há quase 50 anos com uma destas criaturas desnorteadas. Sofro, sofro e sofro, mas também trago dentro de mim uma fé que se renova a cada dia e me fortalece para que eu resista. A minha segurança e determinação de não me curvar o irrita. Em meio
      um ciclone permanente consegui educar meus filhos e os preparei para serem pessoas do bem e que fazem o bem.Todos os dias ao me acordar agradeço a Deus pela oportunidade e peço que segure na minha mão na travessia das próximas 24 horas. Eu vivo da fé e da esperança de que lá no fim do túnel tem uma luz que a qualquer momento virá acabar com as trevas que este casamento me trouxe.

    8. Para conhecer de verdade um psicopata, só sendo um, vejo muitas falácias sobre “nós”, na verdade acredito que todos nós temos um traço, eu sou diagnosticada e eu sofro simmmmmmmm…, Muitas coisas são ditas por doutores irracionais, acredito em Deus(uma força superior) sinto dor, porém, alguns momentos eu misturo as estações, hora eu amo demais e hora o amor acaba com uma facilidade incrível, choro, sofro e daqui a pouco me respondo que é melhor estar sorrindo… No meu diagnóstico a 27 anos atrás estava Sociopatia grau III até achei alguns pareceres, nunca levei para o psiquiatra essa carta com o diagnóstico da psicóloga, fiquei com raiva e nojo da arrogância em achar que sou algo tão medonho, logo uma jovem que sofre desde novinha, sim eu comi alguns pães que o diabo amassou e talvez esse meu jeito fez a médica, que eu muito gostava dra Denise Santos a me declarar monstro… Enfim, desde então, hoje com 41 anos de idade comecei a perceber algumas coisas, pode ser verdade, não sei… Mas se for, eu não sou má, eu apenas respondo diferente em algumas coisas, eu sou um pouco narcisista sim, amo cuidar do meu belo rosto, sinto prazer em me ver, mas quem não se ama, não tem direito a vida, brincadeira… Também não sou serial killer kkkkkk.. minha mãe era muito religiosa, eu a amava muito e meu pai ateu ou louco kkkkk, o amava demais.. agora tenho 2 filhos, que eu amo muito, mato por eles, acho que toda mãe mataria, vou dia 4 de outubro a psiquiatra para saber sobre mim, eu só vou porque meu filho é esquizóide, as vezes se mostra estranho demais e notoriamente tem distúrbio psiquiátrico, como o histórico é grande, melhor levar… Eu controlei meus demônios, mas meus filhos são meus anjos, quero o bem deles de todo coração, amo mesmo… Mato por eles, marido, estou no sexto… Esse eu gosto, é útil pra mim e o traço de psicopatia nele é impressionante, as vezes eu o controlo, outra ele acha que me controla kkkkkk, é fácil fazer o ego dele ficar inflado e kkkkk fazer ele agir de acordo com o que eu quero, quando a vontade dele é indiferente pra mim, eu faço pra ganhar pontos… É chato dormir sozinha, por isso gosto de ter um marido e esse é de acordo com o que buscava, não na aparência, bem no sexo… Mas uma coisa não caminha com a outra…. Hoje mesmo, vou fazer um rito de passagem da primavera, sim psicopatas acreditam no além vida… Acho que o mal existe em todos os lugares, então pare de criar achismos…

    9. Eu convivi com um. Tive uma filha prematura extrema. Ele nunca se importou se ela estava bem nos 84 dias de uitneonatal. Mentem muitooooooooo. Sobre tudo e qualquer coisa. Se acham os melhores. Esse nem casa tem. Mora cada dia num lugar. Ou parente ou outra mulher. Nunca nos deixa em paz. Sempre volta. Fala que vai embora mas sempre volta. Em 2 anos sofri o que não sofri em 40 anos. Resolvi dar um basta. Não quis registrar a filha mesmo eu agendando 2 vezes. E joga na cara que eu que não quero. Digo que são o pior tipo de pessoa. Não existe nada pior que eles. O meu era grau leve. Só quer dinheiro e vantagens. O moderado é o que faz alguém cometer delitos por ele. E o severo é o serial killer.
      Afastem-se. Dra. Ana Beatriz escreveu um livro para nos ajudar a identificar um psicopata e manter distância. É só o que ela diz. Não tem tratamento. Ela diz que é um jeito de ser. Não tem como mudar pois não tem nada de emoção, remorso, empatia, culpa.
      Eu sou a favor que fossem retirados do convívio social. Fazem muito mal a humanidade. A maioria dos políticos são. Por isso tão corruptos. A própria Doutora fala isso
      Se afaste.
      Hoje dou graças Deus que ele não registrou. Ia acabar com a saúde mental da minha filha. Só me incomodou na gestação, na uti e quando ela internou 3 vezes por alergia aplv ele nem ligou mesmo a equipe de psicologia entrando em contato
      Me diz que falta vai fazer pra minha filha. Nenhuma. Ainda vai é enlouquecer ela desse criança.

    10. Olá a todos que atrás revelam as suas dificuldades! Cheguei aqui por tb eu procurar caminhos para agir.
      O artigo aqui exposto deu-me as respostas que eu procurava, isto é a estratégia.
      Sabemos que nenhum de nós tem a possibilidade de mudar ninguém, só o próprio, mas temos a possibilidade de agir de forma mais adequada e baseada num adulto saudável, em nós próprios.
      Só que há 2 coisas que não podemos esquecer:
      – todos nós possuímos todos os traços de carácter entre eles o de psicopata. Isso não faz de nós um psicopata. Cada um de nós tem A SUA CRIANÇA INTERNA FERIDA e daí desenvolvemos um ou 2 ou talvez até 3 traços de carácter mais fortes, que a protegem.
      Se temos nas nossas vidas uma pessoa com que convivemos com um comportamento que nos fere, talvez possa ser pq uma parte de nós relativa a esse traço de carácter, precisa ser Olhada e Entendida.
      – necessitamos Compreender e Identificar e qual a ferida da nossa própria Criança. Todos temos uma ferida. E necessitamos identificar qual foi o/s traço/s de carácter predominantes que desenvolvemos para a proteger, para a partir daí criarmos/desenvolvermos, o nosso Adulto Saudável.
      Só por acção desse adulto saudável temos condições para lidar com o nosso traço de carácter predominante e …o do psicopata quando existem na nossa vida pessoas com esse traço!
      Identificar a Ferida da nossa pp Criança e construir o adulto saudável, requer um caminho longo(dependendo de cada um) e de entrega nas mãos de um profissional competente – psicoterapeuta, eneacoche, etc. Sózinhos dificilmente o conseguimos! pelo menos é a minha experiência e é com base nela que escrevo estas palavras que quero que sejam de esperança de que Há Caminho.
      Deixo aqui a síntese que fiz do artigo acima e que para mim fizeram todo o sentido, das estratégias para lidar com um psicopata:
      – recorrer á mensagem de texto (impede que nos leia a postura corporal, tom de voz, comportamento- não está a ver as nossas fraquezas;
      – evitar intimidade (física, emocional, psicológica, mental) – evita expor-se e receber a flecha nas costas.
      – distância e neutralidade – construir uma muralha- não permitir que entre na minha vida pessoal íntima – arruina o meu modo de viver(a minha alma);
      – não esquecer que para ele eu sou um Instrumento (para conseguir saciar egoísta e destrutivamente a dor da sua criança ferida;
      – evitar aceitar favores (e acrescento, mostrar fragilidades – dores, necessidades etc).
      São por norma pessoas Indiferentes (insensibilidade em relação aos sentimentos e falta de empatia), Destorcem/mentem (quando lhe convém ou qd fogem do enfrentamento),
      Sentimentos Pouco Profundos (emoções rasas – não sente constragimento, vergonha, culpa)
      Vivo com uma pessoa – marido – com o traço de carácter predominante na sua relação comigo, de psicopata. Foi a dor vivida por muitos anos que me pôs a caminho da procura de ajuda. É o único caminho, considero eu.
      Bom trabalho convosco mesmos!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *