Sentimento de Tristeza: 7 dicas para identificar e combater

Posted on Posted in Comportamento, Psicanálise

Como seres sencientes que somos, vamos de um extremo ao outro quando se trata de emoções e sentimentos. Em geral, dado o mundo em que vivemos, é comum encontrarmos pessoas com o semblante triste e aparentemente agoniadas. Veja como identificar adequadamente o sentimento de tristeza e sete dicas para trabalhá-lo.

Por que estamos tão tristes?

A realidade social à qual vivemos atualmente é um veneno constante contra qualquer manifestação de alegria que temos. A cada dia temos mais cobranças no trabalho, na rua e em casa, pressionando cada vez mais nossa consciência. Com isso, não sobra espaço para descarregar essa tensão. Aos poucos, qualquer perspectiva positiva em relação à vida diminui gradativamente.

Por conta disso, um sentimento de tristeza acaba se instalando em nossas vidas. O nosso fluxo emocional continua fluindo, porém é a tristeza quem acaba conduzindo ele. Isso porque é alimentada diariamente com cada experiência que temos, inclusive até dormindo. Nossa vida se torna um mar cinza de infelicidade constante.

Entregues a essa realidade, fica praticamente impossível em trabalhar algum tratamento se o caminho não mudar. É preciso enxergar além do momento e lugar em que vivemos. Se a rotina e o ambiente nos entristecem, por que não trabalhar para mudá-los? A intervenção precisa ser feita o quanto antes a fim de evitar complicações ainda maiores.

Crescente e decadente

Caso não seja vigiado, o sentimento de tristeza pode evoluir a algo mais profundo e perigoso. Trabalhamos aqui a introdução na depressão, grave doença mental que atinge 350 milhões de pessoas ao redor do mundo. A mesma costuma ser bem silenciosa e discreta, sem indício de sua existência. Às vezes, a própria pessoa não identifica o problema por generalizar seus sintomas.

Note que a tristeza, influenciada por diversos fatores, entra em uma espiral de decadência emotiva. Alimentada constantemente por fatores externos, acaba crescendo de forma oculta e silenciosa. Infelizmente, em casos mais graves, alguns recorrem ao suicídio para acabar com o tormento. É preciso um diagnóstico frequente de nosso comportamento e emoções.

Consequências

O sentimento de tristeza pode atrapalhar ativamente a forma como lidamos com o dia a dia. Atividades mais simples se tornam um empecilho porque estamos parcialmente presentes ali. Alem do mais, há um sofrimento interno que suga vorazmente nossa energia vital. Por conta disso:

Nossas relações não dão certo

Ainda que seja normal ter alguém triste do lado, o que pode acontecer quando isso perdura? O contato físico e emocional acaba prejudicado porque, sem querer, um indivíduo acaba arrastando o parceiro em sua tristeza. Embora seja ruim, há um certo conforto em permanecer ali.

O trabalho fica aquém

A sua energia, ou falta dela, acaba afetando a forma como você trabalha. O seu ritmo muda negativamente e a sua qualidade final também fica comprometida. De início, pode até passar despercebido, mas isso chama a atenção com o tempo. Pode acabar afetando sua posição na empresa.

Saúde piora

Ainda que não pareça, sentimentos negativos contribuem para a ruína de nossa saúde. É comprovada a ligação entre nosso estado de tristeza com uma diminuição de nossa imunidade. Com isso, passamos a ficar doentes com mais frequência.

Fatos que chamam a atenção

Curiosamente, pessoas que carregam o sentimento de tristeza possuem uma reação mais controlada a desastres. Em geral, isso costuma vir de quem tem depressão em suas mais variadas formas. Por enxergar a vida sob uma perspectiva tão negativa constantemente, qualquer evento ruim é recebido com certa normalidade.

Leia Também:  Obra e trajetória do Psicanalista Contardo Calligaris

Isso porque um indivíduo excessivamente triste já espera por isso como forma de trabalhar sua expectativa. Se algo de positivo acontecer, ora, que bom, não? Contudo, se nada de bom vier, já estava dentro do esperado e não causa surpresa alguma. Não há manifestação de revolta às adversidades e qualquer reação enérgica.

Como exemplo, podemos citar a premissa do filme Melancolia, que trabalha a depressão em sua entrelinha. Duas irmãs distantes retomam contato no dia do casamento delas, mas tomam reações opostas quando um planeta ameaça nos atingir. Enquanto uma se desespera, a outra, com depressão, está tranquila e age normalmente.

Como combater isso

Ainda que seja difícil, é possível combater os efeitos do sentimento de tristeza. A ideia é que a reconstrução seja feita diariamente, com o intuito de preservar e perdurar os ligamentos positivos. Comece por:

Assuma-os

Evite se fazer de durão/durona e se entregue à sua natureza emotiva. Qualquer pessoa passa por problemas e tem o direito de mostrar a reação diante deles. Assuma-os, os entenda e reconheça que isso ajudará na sua recuperação.


NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.


Responsabilize-se

Ainda que seja agradável, jamais espere que alguém tome a iniciativa de curar você. É responsabilidade sua buscar a cura para sua tristeza.

Reflita

Procure fazer uma análise pessoal de como e quando isso começou. Com isso, veja o motivo concreto que causa a sua tristeza e te atrapalha.

Admita: isso é culpa sua

Mesmo que alguém tenha te magoado, você permitiu que isso acontecesse. Não que deva se recriminar pelo resto da vida, mas imponha limites aos estímulos negativos que os outros podem causar.

Veja isso como oportunidade

Procure tirar alguma lição sobre esse estado em que se encontra. A partir daí, veja um impulso para aprender e evoluir pessoalmente.

Destranque sua prisão

Livre-se de qualquer sensação de frustração e culpa que nutra sobre si mesmo. Com isso, desapegue de sentimentos e sensações que te farão sentir ainda pior.

Mude sua perspectiva

Ao invés de gastar sua energia com algo negativo, tente focar em algo construtivo. A energia é a mesma e o que muda e apenas o direcionamento. Mire naquilo que precisa e quer para si.

Comentários finais: sentimento de tristeza

O sentimento de tristeza carrega uma mensagem mais profunda do que aparenta. Por meio dele exalamos qualquer sofrimento que carregamos, externando de forma depressiva a nossa luta diária. A partir daí, tente enxergar tudo o que está perdendo por conta disso. Visualize o mundo que há para além de si, isto é, perceba o quanto você cavou fundo e está coberto por suas frustrações.

Você, assim como qualquer outra pessoa, tem o direito de manter uma vida mais plena e harmônica. Isso pode ser obtido por meio de exercícios comportamentais simples se empregá-los em seu dia a dia. Mesmo que o sentimento de tristeza tenha se fixado em sua vida, da mesma forma que chegou, também pode ir embora. Cuide do seu corpo, sua mente e seu espírito.

Como forma de auxiliar no tratamento, experimente fazer nosso curso de Psicanálise Clínica 100% online. A psicoterapia consegue reestruturar pilares importantes na sua vida, fazendo com que entenda os motivos de seu comportamento. Por meio dela, você consegue ter uma vida mais equilibrada consigo e com o mundo externo.

Leia Também:  Sonhar com Sorvete: 11 significados possíveis

Já que nosso curso é via internet, você estuda quando e onde achar melhor. A flexibilidade vem para se adequar na sua rotina e trabalhar pontos chaves que merecem mais atenção. Independente do momento, professores especializados no tema te ajudarão a trabalhar as ricas apostilas do nosso material didático.

Ao fim, cada aluno recebe em casa um certificado emitido por nossa instituição. É com ele que mostrará a excelente formação que carrega em todo o território brasileiro. Sendo assim, não perca mais tempo. Faça nosso curso de Psicanálise.  Ademais, se gostou deste post sobre o sentimento de tristeza, não esqueça de compartilhá-lo com mais pessoas. Saber como lidar com esse tipo de problema é muito importante e algo para exercitar diariamente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 + 7 =