sociopata e relacionamento tóxico

Sociopata e relacionamento tóxico

Posted on Posted in Conceitos e Significados

O sociopata e relacionamento tóxico é quando o indivíduo que possui um transtorno de personalidade que gera comportamento impulsivo, hostil e antissocial.

Entendendo o sociopata e relacionamento tóxico

O sociopata possui ego exacerbado, não considera os sentimentos e direitos dos outros. Não possui apego aos valores morais, são manipuladores, conseguem simular sentimentos para obter o controle, desenvolvem muitas vezes comportamentos agressivos, não sente empatia ou remorso com suas ações.

Relacionamento tóxico

Relacionamento tóxico é o relacionamento abusivo conflitante entre duas pessoas, não se restringe entre casal de namorados ou cônjuges, podendo ocorrer entre pais e filhos, amigos de trabalho, irmãos, etc. Acontece em qualquer relação humana.

Infelizmente uma delas acaba por atormentar a outra, não existe apoio ou respeito, a pressão psicológica exercida negativamente é intensa, pautada pela mentira, insegurança, angústia, falta de empatia e muito sofrimento.

Essas pessoas criam drama em suas vidas, seus pensamentos estão sempre focados em como manipular ou controlar as pessoas, são ciumentas, invejosas, carentes, egocêntricas, individualistas, críticos tanto consigo mesmo quanto com os outros, suas necessidades são atendidas através da influência exercida.

Sociopata e relacionamento tóxico: sinais de relacionamento abusivo ou tóxico.

Irresponsabilidade: o parceiro nunca assume responsabilidades, qualquer cobrança gera uma discussão, toda sugestão é uma ofensa. Pessoas saudáveis sabem receber críticas ou alterações nos planos que acontecem no dia a dia, corrigem o que não está certo e seguem, ao contrário do parceiro tóxico, que irá culpar o outro pela situação.

O relacionamento é tão sufocante que o parceiro se anula, não existe mais espaço para seu bem-estar. Todo o tempo agora é dedicado ao suprimento das carências do outro. O físico pode não aguentar e alguns sintomas podem aparecer: irritação, gastrite, psoríase, ansiedade, depressão e outros.

Tratamento de silêncio: casais saudáveis conversam, estão abertos ao diálogo quando surgem as brigas. Quando o parceiro, ao invés de ouvir, ignora, e mal responde ou mesmo se ausenta das discussões. É preciso estar alerta, pois sentimentos de solidão, tristeza, abandono podem surgir.

Manipulação e desvalorização: sociopata e relacionamento tóxico

O parceiro (a) está sempre fazendo “críticas construtivas” mesmo quando você não pede. Chama sua atenção com perguntas simples no intuito de “ajudar”, mas, no fundo é uma crítica, deseja somente controlar, subjugar.

Nos momentos especiais, a vida do parceiro não é valorizada, pelo contrário, faz questão de boicotar de alguma forma, sutilmente, não dará o devido valor nas datas importantes, ou irá marcar outros compromissos nesses dias. Cuidado, se isso ocorre constantemente é sinal de que algo errado está acontecendo. Sua agenda é importante.

A competição saudável no casamento faz bem e gera frutos, os casais maduros ajudam, apoiam um ao outro tanto nas conquistas individuais como nas comuns. Competitividade se torna tóxica quando o parceiro fica constrangido em dar a notícia ao outro, ele já sabe qual será a reação, não irá festejar junto, será motivo de tristeza, este faz questão de mostrar o quanto está se sentindo mal.

Casais de convivência tóxica

Nos relacionamentos saudáveis cada um tem seus afazeres, um ajuda o outro para que não ocorra sobrecarga, isso se chama parceria. Nos casais de convivência tóxica isso não acontece, existe a sensação de que somente um trabalha, falta equilíbrio.

A balança vai pesar mais de um lado e os desgastes físico e emocional vão surgir. O pior de tudo nesse relacionamento é que o fardo já é difícil de carregar em casa, e ainda é necessário lidar com os outros, a pessoa envolvida sempre tem uma desculpa para o comportamento do outro.

É uma prisão psicológica, então tem início um rio de desculpas para justificar o comportamento; “ele é tímido”, “ele tem dificuldade em entender o que falo e faço” “a semana dele foi difícil.”.

Conclusão

Para psicanálise, trata-se de uma ligação complexa, um círculo vicioso que gera um relacionamento destrutivo, a pessoa ameaçada perde o seu “eu”, não vê mais o seu potencial e espera que o parceiro, reconheça seus valores e um dia as coisas mudem. A doença de um necessita ou completa a doença do outro. Ambos precisam de tratamento. De um lado temos uma pessoa que não sente emoções, insensível, não tem remorso e não sente culpa por suas ações.

Leia Também:  Divórcio dos pais na infância: efeitos na vida adulta

Em contrapartida, temos um parceiro que não mede esforços para se doar nesse relacionamento doentio, não reage, é como uma esponja, absorve tudo e transforma em culpa, mesmo de forma inconsciente carrega seus fardos e dos outros. É como uma droga: a dependência só aumenta. Romper esse relacionamento é complicado, uma relação tóxica envolve outros fatores, por exemplo, o fator econômico: geralmente a esposa fica em casa cuida dos filhos e se vê presa. Surge também o medo, desamparo, solidão, acredita que sem o parceiro sua vida amorosa nunca mais será refeita.

A fragilidade é grande, a vítima nesse relacionamento abusivo esquece ou desconhece seus direitos. Existe também a ilusão que nos intervalos das crises algo novo venha acontecer e a situação seja revertida. A situação agrava, pois, a tendência é o isolamento, sem amigos, sem apoio, não tem saída. Nesse caso, as pessoas precisam de ajuda familiar, social e profissional. Através das terapias, elas têm a oportunidade de se autodescobrir, reconhecer suas fragilidades, fortalecer o ego para superar a pressão e tomar as decisões necessárias para começar uma nova etapa em sua vida.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    O presente artigo foi escrito por Denise Fernandes([email protected]). Professora de História.

    One thought on “Sociopata e relacionamento tóxico

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.