tipos de transtornos mentais

Tipos de transtornos mentais: Conheça os 6 principais

Posted on Posted in Psicanálise, Transtornos e Doenças

Quando se fala em tipos de transtornos mentais, não pensamos em todas as formas em que podem aparecer. Claro que tudo depende diretamente da composição psíquica do indivíduo e do ambiente onde vive. Vamos conhecer os transtornos mais recorrentes e como são compostos.

Ansiedade

Dentre os tipos de transtornos mentais mais conhecidos, se encontra a famosa ansiedade. A mesma é bastante comum à população e é caracterizada por uma sensação de desconforto continuada sobre o futuro. É como se um mau pressentimento de que algo acontecerá consumisse nossa energia. Mesmo que sem confirmação, tememos o futuro.

A ansiedade pode vir em forma generalizada, em fobias ou mesmo em ataques de pânico. Por causa dos sintomas, a vida comum do indivíduo acaba por entrar em declínio, como o lado pessoal e trabalho. Os sintomas mais comuns incluem:

Falta de ar

Ainda que tudo esteja na mente, o indivíduo não consegue separar a projeção da realidade. A sensação de desespero o leva a crer que o seu corpo está falhando, incluindo os seus pulmões. Dessa forma, ele sente uma falta de ar, bem como a dificuldade em inspirar oxigênio para si.

Palpitação

Muitas pessoas têm a impressão equivocada de que estão sofrendo um ataque cardíaco. Isso porque as palpitações forçam a ideia de que o coração está começando a falhar. Quem costuma sofrer com ataques de pânico acredita vorazmente que está mais próximo da morte a cada episódio. Um acompanhamento mais sensível ajuda a se acalmar.

Sensação de sufocamento

A crise de ansiedade influencia a vítima a pensar que o mundo está se fechando ao redor dela. Com isso, independente do quanto se movimente, sempre terá a impressão de que tudo pode consumi-lo e sufocá-lo. Sem o tratamento psicoterapêutico, os sintomas tendem a piorar gradativamente.

Esquizofrenia

A esquizofrenia é um dos tipos de transtornos mentais mais comuns que existem. É bastante marcada pelos distúrbios de linguagem, percepção, pensamento, vontade e afeto que afetam o relacionamento do indivíduo. Curiosamente, os jovens são as vítimas mais comuns, embora aconteça em qualquer momento da vida.

Dentre os sintomas, podemos notar as alucinações, delírios, mudanças comportamentais, desorganização mental e física e até afetiva. Até o momento, ainda não sabemos a causa exata, mas a genética acaba interferindo nas transmissões cerebrais. Ademais, a esquizofrenia pode ser um transtorno hereditário.

Cabe ressaltar que o paciente merece ter acompanhamento contínuo de um psiquiatra, este que receitará seus medicamentos para aliviar os sintomas. A psicoterapia aqui também serve à família, ajudando a orientá-la para apoiarem a construir um tratamento mais eficaz.

Depressão

Dentre os tipos de transtornos mentais mais famosos, se encontra a depressão, causa de milhares de idas aos consultórios. A doença é influenciada por diversos fatores e tem o poder de incapacitar suas vítimas física e mentalmente. Isso porque a apatia pela vida impede que o paciente se mobilize às coisas mais simples, incluindo seu prazer pessoal.

Ainda que pareça uma tristeza prolongada, é necessário ficar atento a outros sinais que indicam a evolução do problema. Isso inclui insônia, irritabilidade, alterações no peso, concentração e a falta de energia. Como não possui cura, a ida regular ao psicoterapeuta ajuda a minimizar os efeitos dos sintomas com terapia e medicamentos.

Transtornos na alimentação

Um dos tipos de transtornos mentais pode acabar por levar alguém à morte se não tratado. A anorexia nervosa, por exemplo, estimula o indivíduo a recusar a alimentação voluntariamente. Por causa da distorção de imagem que este encontra no espelho, o mesmo fará de tudo para que perca peso rapidamente. Isso inclui:

Leia Também:  Síndrome de Heller: Saiba tudo sobre esta Condição

Vômitos

É bastante comum que o anoréxico se ausente da mesa para vomitar logo após comer. Ainda que tenha fome, o mesmo manterá um foco para que não engorde, mesmo que precise manter suas funções vitais. Os vômitos serão acionados com tudo o que estiver próximo, incluindo os próprios dedos.

Laxantes

O abuso de remédios para lavar o intestino é bastante comum aos anoréxicos. Caso comam algo de difícil digestão, recorrerão aos laxantes para se livrarem do peso. Com o passar do tempo, aumentarão a dose e a frequência de uso, provocando a desidratação corporal.

Jejum e exercícios

Além de passar fome literalmente, o investimento em exercícios “ajuda” a manter o peso que deseja. Ir à academia em jejum não é recomendável pelos nutricionistas, já que o corpo necessita de subsídios para funcionar. Como este não se alimenta, pode facilmente desmaiar enquanto se exercita.


NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.


Transtorno bipolar

Transtorno bipolar é caracterizado por mudanças bruscas no humor de um indivíduo. É como se ele tivesse de conviver com várias personas em si e cada uma fosse responsável por uma faceta distinta. Assim, ele manifesta tristeza, mania, desânimo, impulsividade de forma espontânea e imprevisível.

Somatização

Mesmo que o nome não seja tão familiar, certamente vai lembrá-lo entre os tipos de transtornos mentais. A somatização é um conjunto de queixas físicas em várias partes do corpo sem explicação na medicina convencional. Isso porque as causas se encontram na mente e nas emoções das pessoas, sendo traduzidas em mal-estar físico.

Em geral, nesse grupo é facilmente identificada a ansiedade e a alteração de humor, bem como impulsividade. Em alguns casos, o próprio indivíduo, isto é, o próprio paciente provoca os sintomas, passando a se chamar transtorno factício. Um psiquiatra pode dar auxílio com terapia e medicamentos para aliviar os sintomas.

Comentários finais: tipos de transtornos mentais

A lista dos tipos de transtornos mentais pode ser construída de forma infinita. Isso porque diferentes patologias podem se apresentar de forma variada e com grau diferente. As causas deles derivam diretamente dos estímulos aos quais o indivíduo é exposto. Assim, problemas educacionais, sociais, econômicos e profissionais podem abalar.

Independente de como este se apresente, a ida até um consultório médico é obrigatória e irrevogável. O paciente necessita ser avaliado, diagnosticado corretamente e ter uma receita prescrita. Mesmo que o seu transtorno mental não tenha cura, ele pode sentir os sintomas em menos intensidade. Isso proporcionará mais qualidade de vida.

Você pode ofertar apoio a um indivíduo portador de qualquer um dos tipos de transtornos mentais por meio de nosso curso de Psicanálise 100% online. A psicoterapia age de modo a revelar quais os catalisadores que movimentam as ações humanas. Ao mesmo tempo em que nutre seu autoconhecimento, ajuda os outros a fazerem o mesmo. Assim sendo, não perca a oportunidade de estudar. Faça a sua matrícula!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 + 14 =