o que é tropofobia

Tropofobia: medo de mudar ou fazer mudanças

Posted on Posted in Fobias

Tropofobia é uma fobia específica, caracterizada pelo medo de mudanças, de uma forma intensa e irracional, ao ponto de ser paralisante. O pavor de qualquer mudança na vida traz sentimentos de pavor extremo e a pessoa não consegue agir acerca de qualquer mudança em sua situação de vida atual.

Existe  uma diferença entre o medo comum, aquele que temos instintivamente, para nossa autodefesa, diante de uma situação fundamentada. Porém, se transforma em uma fobia quando a pessoa não consegue nem se imaginar em meio aquela coisa ou situação.

Como na tropofobia, o simples pensamento de mudar faz com que seus pensamentos, totalmente desproporcionais, impeçam trazer coisas novas à sua vida, por mais simples que sejam, e que não podem lhe trazer perigo algum. Como, por exemplo, mudar de casa ou de emprego. Assim, acabam por paralisadas em algo que, ainda que esteja infeliz, permanece pelo medo de mudança

O que é tropofobia?

Como falamos, tropofobia é o termo utilizado para a fobia de mudar ou fazer mudanças. Assim, é uma patologia, que faz com que o medo de mudar, de forma desarrazoada, passa a travar a vida do indivíduo. Quando esta fobia passa a prejudicar a vida, onde a pessoa vive em função de evitar gatilhos mentais que, somente em sua mente, possam trazer mudanças, chegou a hora de procurar tratamento com um especialista na mente humana.

Não podemos negar mudar pode nos trazer certos medos, isso é normal. Porém, devemos entender que as mudanças são inatas ao ser, faz parte da vida, e ter medo da vida, na verdade, afasta o indivíduo de sua própria natureza.

Sintomas de tropofobia

Quando o medo de mudanças se torna patológico, se transformando em um quadro fóbico, a pessoal age de forma involuntária. Ainda que o indivíduo entenda que não há motivos para o medo, não consegue controlá-lo, estagnando a sua vida. Pois, afinal, para todo progresso mudanças devem ser feitas, principalmente comportamentais.

A mente inconsciente desse fóbico está sob o controle, pois o programou para entender que as mudanças lhe prejudicarão. Assim, apresenta resistência a qualquer situação que o faça sair da sua zona de conforto, ainda que esteja infeliz. Há um certo conformismo, pois ele acredita não ter outra opção, em meio ao seu medo paralisante.

Então, por não aceitar, de forma alguma, que o estado das coisas mudem, ao qualquer sinal que isso possa acontecer, comumente alguns sintomas são apresentados, como, por exemplo:

  • extrema ansiedade;
  • sudorese;
  • ataque de pânico;
  • sem autocontrole;
  • tende a se isolar;
  • sudorese;
  • comportamento de fuga da realidade;
  • aumento da frequência cardíaca.

Tropofobia Resumo

Fobia de mudança de casa | Exemplo de tropofobia

Neste tipo de fobia, a mais comum é a fobia de mudança de casa. Isso envolve diversos fatores, mas principalmente o medo do desconhecido, do ambiente e talvez das pessoas que possa ter que conviver. Isso muito ocorre quando, na fase adulta, a pessoa sente medo de sair do conforto da casa dos pais, pois acabam acreditando que estarão desprotegidos.

Daí surgem sentimentos de incapacidade, impotência, sentindo-se um adulto totalmente frustrado, sem coragem para os desafios da vida. Então, pode desencadear em diversos outros transtornos psicológicos, como transtorno de ansiedade e depressão. Então, se esta fobia está prejudicando sua vida, deve urgentemente procurar ajuda de um profissional especializada na mente humana, como psicanalistas, psicólogos e, se necessário, até mesmo um psiquiatra.

Já que estamos falando de fobia de mudança de casa, entenda que chegará um determinado momento em sua vida que você deverá refletir sobre este medo, com perguntas como: “O que acontecerá de mal de eu mudar de casa?”, “Eu sou capaz de ter responsabilidades?”; “Isso faz parte da vida de todos, por que comido daria errado?.

Afinal, chegará um momento que você estará sofrendo de tal forma, que sentirá o peso de sua irresponsabilidade. Não se esqueça, a vida irá lhe cobrar de uma forma pesada, onde será extremamente difícil reverter. Como dito, não está conseguindo lidar com esta fobia sozinho, busque ajuda, isso não é constrangimento, mas sim um ato de coragem.

Leia Também:  Medo de Palhaço: significado, causas e como tratar

Por que tenho medo de mudanças?

No geral, quem evita situações novas, que não estavam no planejamento de sua mente, sobre do medo de mudanças, e quando isso passa a lhe trazer sofrimento, estamos diante de Tropofobia.

O medo de mudança é incoerente a própria natureza humana, que não é estática. Tudo está em constante movimento e evolução. Vejamos um exemplo do nosso cotidiano, a tecnologia, no geral, muda de uma forma tão rápida e passa a ser parte de nossas vidas, de maneira inevitável. Então, ter medo dessa mudança é totalmente incoerente e torna-se impossível de conviver em sociedade.

Lembre-se que ter medo do novo é semelhante a ter medo de viver. Então, se você tem medo de mudanças, tenha em mente que é de sua natureza, como humano, aspirar por coisas diferentes, todos os dias, isso o levará a outro estado de vida, evoluindo pessoalmente.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Para você que sofre com tropofobia, possivelmente entende que o estado de sua vida atual não lhe é satisfatório e deve urgentemente mudar. Entretanto, o seu medo está lhe controlando, trazendo resistência à mudança. Você pensa que o contexto atual até pode não ser bom, mas lhe é conhecido e habitual e lhe traz segurança. Mas você já pensou em passar o resto de sua vida desta maneira? Pergunte a si mesmo: “Eu sou feliz? Eu quero ser feliz?”

    Quais são as causas das fobias, no geral?

    No geral, nosso cérebro detecta situações que demonstre perigo, então, nosso corpo age instintivamente. Ou seja, temos comportamentos de autodefesa, para nosso proteger do perigo iminente. Porém, as fobias se desenvolvem quando o medo é sobre determinadas coisas ou situações irracionais, que não representam perigo a integridade física da pessoa. Neste ponto que se desenvolvem as fobias, através de comportamentos e pensamentos infundados sobre o perigo.

    Justamente neste ponto em que o medo e a fobia diferem. O medo é uma reação normal, que acabamos tendo atitudes de prevenção ou reação aquela situação que pode lhe prejudicar. Ao passo que no caso de fobia, o medo é intenso e desproporcional, pois o perigo está somente na mente do fóbico, quando, na verdade, ele nem sequer existe.

    Tratamento de tropofobia

    É normal que mudanças sejam amedrontadoras, mas elas fazem parte da natureza humana, cabendo somente à quais atitudes terá em face delas. Lembre-se sempre que você não conseguirá se livrar das mudanças, mas a você cabem as escolhas, tudo é ação e reação, causa e efeito.

    Dentre as explicações para a tropofobia é que uma pessoa pode formar em sua mente inconsciente, decretos para sua sobrevivência. Então, se um dia a pessoa tentar mudar esse comportamento que o seu inconsciente programou, passa a ter problemas. O fóbico não consegue reagir ao novo, ficando totalmente paralisado, desenvolvendo diversos sintomas, como os exemplos que citamos acima.

    Então, reveja seus conceitos internos, trabalhe o seu autoconhecimento. Ajuda profissional e livros de autoajuda são ótimas alternativas para lhe ajudar. Será necessário alterar sua mente para tirar ideias de que sempre terá de acertar, assim, passar a perceber que tudo é um querer. Todos devem fazer suas próprias escolhas, pois as mudanças são inevitáveis, são de sua natureza. Dê o melhor de si, dando certo ou errado, entenda que tudo são experiências, é o caminho natural para todo crescimento.

    Tropofobia Citação Freud

    Quer aprender mais sobre como se desenvolve as fobias?

    Contudo, se você leu este artigo sobre tropofobia provavelmente tem interesse em entender a relação da mente com o comportamento humano. Portanto, convidamos você a conhecer nosso Curso de Formação em Psicanálise Clínica. Estudará afundo como funciona a psiquê humana, inclusive sobre a teoria para entender melhor sobre as fobias. 

    Por fim, se você gostou deste artigo, curta e compartilhe em suas redes sociais. Desse modo, nos estimulará a continuar produzindo conteúdos que lhe agregarão conhecimento.

    One thought on “Tropofobia: medo de mudar ou fazer mudanças

    1. Show de bola o enfoque, gostei do artigo. Parabéns pelo tema que é bem atual. Muitos temem mudanças de fato e as transições são complicadas e o ensaio vem trazer luzes a essa questão.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.