Você sabe o que é úlcera nervosa? Pois, essa é uma doença grave, podendo afetar a qualidade de vida do paciente. Então, venha saber mais!

Úlcera Nervosa: como surge, sintomas e como tratar

Posted on Posted in Transtornos e Doenças

Você sabe o que é úlcera nervosa? Pois, ela faz parte da lista das doenças psicossomáticas. Sendo assim, essa é uma doença grave, podendo afetar a qualidade de vida do paciente. Contudo, na maioria dos casos, a ulcera nervosa se dá  devido ao estresse ou ansiedade. Ademais, é resultado de uma série de problemas emocionais.

Mesmo que o estresse não seja uma causa direta de úlceras, ainda é importante controlá-lo. Isso porque, muito estresse pode ter muitos impactos negativos na saúde e no bem-estar em geral. Além disso, controlar o estresse pode ajudar a reduzir alguns dos sintomas de úlceras, como azia ou refluxo. Por isso, veja mais detalhes a seguir.

O que são úlceras de estresse?

A terminologia em torno das úlceras pode ser um pouco confusa. Pois, estar sob estresse psicológico ou fisiológico crônico por longos períodos pode contribuir para a formação de algumas úlceras.

Sendo assim, o termo “úlcera nervosa” se refere a um tipo específico de irritação no revestimento do trato gastrointestinal. Isto é, que aparece, de forma rápida, como resultado de estresses fisiológicos agudos. Ainda, com doenças graves, infecções ou ferimentos na cabeça.

Ao contrário das úlceras pépticas, as úlceras de estresse são uma forma de úlcera gástrica que aparece em pessoas que têm outras condições médicas subjacentes. Ou seja, como infecções sistêmicas, falência de órgãos e ferimentos na cabeça.

Quais são os sintomas de úlcera nervosa?

Desse modo, os sintomas das úlceras de estresse não são muito diferentes daqueles das úlceras pépticas e de muitas outras condições gástricas. Assim, isso às vezes pode ser um desafio, pois uma ampla gama de doenças e condições podem produzir muitos sintomas comuns, incluindo:

  • dor na parte superior do estômago;
  • sentimento incomum de estar cheio ou inchado;
  • dor abdominal, com ou sem inchaço;
  • sintomas de anemia, como pele pálida e falta de ar;
  • dor que varia de acordo com a ingestão de determinados alimentos;
  • náuseas ou vômito.

Embora estes sejam sintomas preocupantes por si só, algumas úlceras podem sangrar muito. Logo, podem causar níveis perigosos de perda de sangue em pacientes que já sofrem de outras doenças graves. Dessa maneira, os sintomas de uma úlcera com sangramento intenso podem incluir:

  • vômito que se assemelha a borra de café ou contém grandes quantidades de sangue;
  • fezes sangrentas;
  • alcatrão, ou seja, evacuações escuras;
  • desmaio ou sensação de tontura.

Como surge a úlcera nervosa?

As úlceras estomacais podem ser causadas por uma ampla variedade de fatores. Embora seu estômago seja um ambiente ácido, o uso contínuo de AINE, como ibuprofeno ou naproxeno são um dos fatores. Ademais, estresses psicológicos crônicos podem perturbar o equilíbrio químico em seu estômago.

Em outras palavras, tais fatores podem causar um aumento na quantidade de ácido estomacal que seu corpo produz.
Logo, esse aumento na acidez pode causar a formação de buracos na mucosa do estômago. E ainda na parte superior do intestino delgado, o duodeno.

Leia Também:  O que é dislexia? Significado e tratamentos

Então, uma das causas mais comuns de úlceras é uma infecção da bactéria H. pylori. Pois, ela pode fazer com que o seu estômago secrete muito ácido, causando orifícios no revestimento do estômago.

Estresse e ansiedade podem causar úlceras estomacais?

Ainda há algum debate sobre esse assunto na comunidade médica. Porém, há evidências que sugerem que o estresse crônico e a ansiedade podem resultar em desequilíbrios nos níveis hormonais. Assim, esses podem aumentar a acidez do estômago.

Desse modo, esse aumento de ácido estomacal pode levar a ulcerações no revestimento do estômago e duodeno. Além disso, esses dois fatores também têm sido associados a distúrbios do sono. Pois, podem desgastar ainda mais o corpo e dificultar a recuperação dos tecidos. Logo, mais fragilizado fica o revestimento do estômago.

Como o diagnóstico é feito?

Então, para o diagnóstico são realizados exames de sangue e até mesmo testes de respiração para infecções por H. pylori. Pois, tais investigações podem dar ao seu médico uma pista sobre o que está acontecendo dentro de você. Ademais, uma inspeção visual é essencial para maior precisão do diagnóstico.

Portanto, uma endoscopia é realizada. Porque nesse procedimento é inserido pela boca um tubo longo, fino e flexível com uma câmera na extremidade. Então, a câmera desce pelo esôfago e permite que o médico inspecione o revestimento do estômago e a parte superior do intestino delgado.

Em alguns casos, o endoscópio pode ser equipado com ferramentas para recuperar amostras de tecido para verificar se há câncer de estômago. Todavia, sempre que tiver sangramento gastrointestinal prolongado, você deve procurar atendimento médico de forma imediata.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Qual o tratamento de úlcera nervosa?

    Sendo assim, o tratamento para úlcera é semelhante ao de outras úlceras comuns. Ou seja, com uso de antiácidos de venda livre para ajudar a tratar azia ocasional. Semdo assim, o primeiro objetivo do tratamento é diminuir a acidez do estômago. Então, os tecidos inflamados começam a cicatrizar.

    Aliás, uma das primeiras linhas de tratamento para úlceras de estresse são os inibidores da bomba de prótons ou bloqueadores de histamina. Isso porque, eles reduzem a secreção de ácido estomacal.

    Portanto, esses medicamentos atuam de maneiras diferentes. Porém, ambos podem ajudar a reduzir a quantidade de ácido. Como consequência, combatem o desenvolvimento de úlceras. Contudo, essa é apenas uma etapa do tratamento.

    Pois, como já mencionamos, as úlceras estão presentes em pacientes que sofrem de outras doenças graves. Desse modo, o tratamento da condição subjacente que causou o aparecimento delas será necessário para que seu corpo se cure de maneira completa.

    Aprenda a gerenciar o estresse para a toda a sua saúde

    Dessa forma, gerenciar o estresse é um elemento importante da vida moderna. Por isso, vale a pena tentar diferentes técnicas de relaxamento e meditação. Isso porque a vida normal é estressante o suficiente, mas em especial agora, durante a pandemia do coronavírus.

    Sendo assim, as técnicas de meditação e outras práticas são muito importantes. Ademais, elas não precisam ser complicadas ou demoradas. Pois, apenas cinco minutos por dia de meditação podem te ajudar a reduzir o nível de estresse. Além de reduzir também a pressão arterial.

    Considerações finais sobre úlcera nervosa

    Agora que você já sabe o que é úlcera nervosa, procure tratamento médico especializado. Nesse sentido, a Psicanálise é uma forma de lidar com essa e outras doenças. Pois, essa área ajuda a lidar com os sentimentos negativos, como o estresse e a ansiedade.

    Leia Também:  O que é uma pessoa esquizofrênica?

    Logo, ela ajuda a prevenir seus efeitos em nível somático. Afinal, ter a saúde mental em dia reflete em como o corpo age. Nesse sentido, corpo e mente atuam juntos. Logo, é necessário cuidar de ambos, não é mesmo? Sendo assim, não deixe de investir na sua saúde física e mental.

    Então, se você quer aprender mais sobre a úlcera nervosa, faça nosso curso online de Psicanálise. Assim, você aprenderá também sobre a mente humana. Desse modo, você estará apto para atuar na área e ajudar outras pessoas. Por isso, não perca tempo e inscreva-se já.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *