viés inconsciente

O que é viés inconsciente e como ele nos afeta

Posted on Posted in Comportamento, Conceitos e Significados, Psicanálise, Teoria Psicanalítica

Viés inconsciente são suposições, crenças ou atitudes aprendidas que temos, mas das quais nós não estamos necessariamente cientes. Embora a formação de “preconceitos” seja uma consequência esperada, considerando as funções cerebrais humanas, muitas vezes eles podem reforçar estereótipos sociais extremamente problemáticos, tais quais o racismo e a misoginia.

Para combatê-los, é necessário aprender sobre os diferentes tipos de preconceito, como eles podem ser revelados e como evitá-los. A vista disso, a seguir, confira com mais detalhes o que é Viés Inconsciente e como nos afeta.

O que é Viés Inconsciente

O viés inconsciente, também conhecido como viés implícito, é uma suposição, crença ou atitude adquirida que existe no subconsciente. De modo geral, todo mundo adquire preconceitos ao longo da vida e faz uso deles como atalhos mentais para processar informações mais rapidamente.

Contudo, os preconceitos implícitos se desenvolvem ao longo do tempo, à medida que acumulamos experiências de vida. Ademais, somos expostos a diferentes estereótipos. Quer percebamos ou não, nossos preconceitos inconscientes influenciam nossa vida profissional e pessoal.

Assim sendo, estamos sujeitos à influência externa desde a maneira como pensamos até a maneira como interagimos com nossos colegas. Afinal, os preconceitos inconscientes são atalhos mentais que condicionam nossas decisões enquanto o cérebro processa milhões de dados por segundo.

Viés Inconsciente: como nos afeta?

O viés inconsciente pode influenciar as pessoas de tal maneira que chega a afetar nossas crenças e comportamentos. Logo, quando o viés se espalha em nossas vidas profissionais, pode afetar a maneira como contratamos, interagimos com colegas e tomamos decisões de negócios.

Por isso, se não os abordamos adequadamente, esses preconceitos podem afetar negativamente a cultura do local de trabalho de uma empresa e a dinâmica de suas equipes.

Embora esses vieses tenham ampla aceitação, você pode reduzir seu impacto com cuidado e esforço pensando considerando cada um deles deliberadamente. Por essa razão, estar ciente de como funciona o nascimento de um preconceito e entender os diferentes tipos de preconceitos inconscientes que existem pode ajudá-lo a encontrar maneiras de combatê-los.

7 Tipos e exemplos de viés inconsciente no trabalho

No geral, os preconceitos inconscientes se manifestam de maneiras diferentes e têm consequências distintas. Alguns preconceitos surgem da cultura de julgar a aparência das pessoas, enquanto alguns decorrem de noções preconcebidas e outros decorrem de falácias lógicas.

Para entender melhor cada tipo de viés inconsciente no mundo corporativo, abaixo, discutimos os tipos mais comuns de viés inconsciente em detalhes.

O preconceito de gênero

O preconceito de gênero, favorecendo um gênero em detrimento de outro, também é conhecido como sexismo. Logo, esse viés ocorre quando alguém associa inconscientemente certos estereótipos a gêneros diferentes.

Além disso, esse tipo de viés inconsciente pode afetar principalmente as práticas de contratação e a dinâmica dos relacionamentos dentro da empresa. Um exemplo desse viés durante a contratação é se o painel o cargo favorece candidatos do sexo masculino em detrimento do feminino.

Viés de percepção

Os vieses de percepção são baseados em estereótipos e suposições. Simplistas e errôneos, são preconceitos que vão impactar a forma como percebemos uma pessoa de acordo com nossas crenças e opiniões.

Na maioria dos casos, esses preconceitos geralmente se referem à idade, nome ou sexo de um indivíduo. Profundamente arraigados, são uma percepção subjetiva que pode levar à exclusão social.

Um nome que soa estrangeiro? Uma pessoa com a aparência fora do padrão? Um candidato obeso? Basta uma resposta positiva para essas perguntas e um preconceito pode tomar conta e direcionar nossas decisões. Os vieses de percepção muitas vezes causam a impressão errada.

O viés da beleza

O viés de beleza refere-se ao tratamento favorável e aos estereótipos positivos de pessoas consideradas mais atraentes. Isso também deu origem ao termo ” lookism “, que é a discriminação baseada na aparência física.

Um exemplo de viés de beleza seria o de um gerente de contratação tendendo a contratar candidatos que ele acha que são bonitos. No entanto, as decisões de contratação devem ser baseadas em habilidades, experiência e compatibilidade cultural, e não na aparência física.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Efeito halo

    O efeito halo é um termo cunhado pelo psicólogo Edward Thorndike na década de 1920. Ele se dá quando desenvolvemos uma impressão geral positiva de alguém por causa de uma de suas qualidades ou atributos.

    Leia Também:  Psicanálise Winnicottiana: 10 ideias para entender Winnicott

    De modo geral, esse efeito pode nos levar a colocar as pessoas em um pedestal sem perceber. Isso porque estamos construindo uma imagem de uma pessoa com base em informações limitadas.

    Um exemplo desse efeito no recrutamento é quando um gerente de contratação vê que um candidato se formou em uma escola de prestígio. Por essa razão, esse gerente assume que se trata de um profissional competente e tira conclusões que podem não corresponder à realidade.

    Viés de confirmação

    O viés de confirmação é a tendência de buscar e usar informações que confirmem os próprios pontos de vista de um indivíduo e as expectativas que essa pessoa tem. Em outras palavras, trata-se da tendência de selecionar informações para validar hipóteses.

    No entanto, esse viés afeta nossa capacidade de pensar de forma crítica e objetiva. Por consequência, pode levar a termos interpretações tendenciosas de informações e ignorar pontos de vista opostos.

    Tome como exemplo um desenvolvedor de produto que apresenta uma ideia de produto para o mercado esportivo. Embora a pesquisa de mercado mostre que há pouco interesse no produto, ele tenta validar a ideia entrando em contato com seus amigos atletas que ele sabe que apoiaram a ideia. Por mais que seja gratificante validar uma ideia atual, é importante considerar a recepção do produto no mercado, que não parece promissora.

    Viés de conformidade

    O viés de conformidade, também conhecido como “pressão dos pares”, faz com que um indivíduo se conforme com a opinião dominante. Decorre desse medo de sermos mal percebidos se pensamos diferente dos outros e, portanto, nos torna suscetíveis à influência.

    Durante um processo de recrutamento, os vieses de conformidade aparecem regularmente, especialmente ao escolher um candidato. Se a maioria escolher X, mas nós preferirmos Y, seguiremos a tendência e concordamos com a opinião geral.

    O efeito de contraste

    Muitas vezes fazemos julgamentos fazendo comparações. Como resultado, nossas opiniões podem mudar dependendo do padrão com o qual comparamos o que pensamos. Isso é conhecido como efeito de contraste.

    Por exemplo, um membro da equipe fica feliz em receber a classificação “atende às expectativas” em sua avaliação de desempenho. No entanto, você começa a se sentir desconfortável quando descobre que a maioria de seus colegas recebeu uma classificação “excede as expectativas”. A comparação faz o que parecia bom não ser tão bom assim.

    Mesmo tendo uma nota razoável, o integrante da equipe se julga de forma mais crítica, já que seu padrão de comparação é o resultado de seus colegas. Também pode haver efeitos de contraste positivos, que ocorrem quando algo é percebido como melhor do que o normal porque é comparado a algo pior.

    Considerações finais sobre viés inconsciente

    Como vimos, o viés inconsciente pode dificultar a tomada de decisões do indivíduo, afetar a dinâmica da equipe e os estilos de liderança de uma empresa. Isso, por sua vez, pode reduzir a igualdade de oportunidades para membros da equipe e candidatos.

    No entanto, lidar com vieses ou preconceitos inconscientes pode ajudar a resolver esses problemas, além de melhorar o nível de diversidade. Por fim, vale destacar que a maioria de nossas decisões, emoções e comportamentos são controlados por mecanismos inconscientes.

    Se você deseja aprofundar seus conhecimentos e saber como funciona o viés inconsciente da psique humana, se inscreva em nosso curso online de psicanálise clínica. Através do nosso curso, você poderá compreender melhor as relações humanas e se desenvolver individualmente e profissionalmente.

    One thought on “O que é viés inconsciente e como ele nos afeta

    1. Muito bom texto, parabéns! O importante é a capacidade profissional, o restante vai se adequando !

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.