o que é assertividade em psicologia

O que é Assertividade em psicologia

Posted on Posted in Comportamento

A assertividade em psicologia relaciona-se àquela pessoa que sabe se posicionar, mostrar suas opiniões sobre os assuntos de uma maneira positiva, sempre otimistas quanto às questões do dia a dia. No entanto, ser assertivo não é igual a estar certo sempre.

Ou seja, a assertividade é um comportamento otimista e sincero sobre as circunstâncias que a vida traz. Não se refere, necessariamente, a uma ciência exata. É sobre saber expressar suas opiniões, além de também sempre estar aberto a discussões sobre todos assuntos.

Neste ínterim, a assertividade é inerente à pessoa que consegue enxergar os aspectos positivos da vida nas situações corriqueiras, ainda que pequenas. Assim, diante dos problemas consegue ter controle emocional e verificar pontos e soluções de uma forma positiva e prática.

O que é ser assertivo?

Em síntese, ser assertivo, no conceito da palavra, refere-se aquele que faz uma asserção, uma afirmação. Deste modo, ser assertivo é saber ter decisões e posicionamentos confiantes, sem titubear, como falamos popularmente, não “ficar em cima do muro”.

Porém, ser assertivo não se confunde com ser prepotente, arrogante e se sentir superior sobre opiniões alheias. Ser assertivo é saber se posicionar, pelo sim e pelo não. É aquela pessoa que não sofre depois com reflexões sobre o que poderia ter sido dito, quais ações deveriam ser tomadas.

Afinal, muitas pessoas acabam aceitando situações que discordam, simplesmente por não saberem se expressar. Ainda, também pelo fato de não terem coragem para enfrentar as consequências de sua eventual negativa.

Quais são as características da pessoa assertiva?

Nesse sentido, a assertividade em psicologia, não pode se confundir com comportamentos de pessoas com atitudes grosseiras e ásperas, como, por exemplo, as que acabam “desabafando” suas ideias pessoais e ao final soltam aquela famosa frase “falo tudo na cara”.

Desta maneira, a pessoa para ser assertiva, deve ter uma combinação de características e valores, quais sejam:

  • Boa comunicação: são pró-diálogo, agindo sempre de forma transparente com todos. Desenvolve sempre conversas com sabedoria e consegue sair de situações desagradáveis, mostrando firmeza e clareza em suas ideias.
  • Positividade: a pessoa assertiva é otimista, conseguindo tirar aprendizados e coisas boas até de situações ruins. Ou seja, conseguem ver o mundo de maneira mais leve, controlando suas emoções e agindo com racionalidade diante de qualquer situação da vida.
  • Autoconfiança: é a capacidade de se posicionar e expor suas ideias para as pessoas ao seu redor. Geralmente a pessoa assertiva inspira confiança e são ótimas em planejar e executar projetos, tanto na vida pessoal quanto profissional.

O que é assertividade em psicologia?

A assertividade em psicologia é vista sobre o aspecto do comportamento humano. Porém, vale ressaltar que existem 4 categorias de comportamentos para psicologia, ao que tange a assertividade.

Então, reflita sobre suas atitudes em cada situação da sua vida, e entenda como agir de maneira assertiva, na maioria das vezes, será o melhor a se fazer. Ser assertivo requer mudanças de hábitos, ou seja, não ocorrer do dia pra noite.

Neste sentido, analise as categorias de comportamentos relacionados a forma de comunicação em seu meio social:

1. Comportamento Passivo:

  • Não conseguir tomar boas decisões, geralmente deixando que outros ajam em seu lugar.
  • Coloca os desejos do outro em detrimento dos seus.
  • Dificuldade em ter contato visual ao conversar.
  • Evita discussões, ainda que esteja correto.
  • Dificuldade em dizer não para os outros, como, por exemplo, mesmo sabendo que vai se arrepender, acaba aceitando fazer favores.

Basicamente, comportamentos ditos como passivos são frequentes, em geral, em pessoas tímidas, com dificuldades de se expressar. Em suma, são aquelas pessoas que “engolem desaforo”, muitas vezes deixando que outros se aproveitem da sua omissão.

Em resultado, se os hábitos comportamentais não forem corrigidos, poderá desencadear diversos transtornos psicológicos. Pois, causam angústia e ansiedade, por estar sempre no modo passivo, nunca ativo, guardando sempre seus sentimentos e desejos.

2. Comportamento Agressivo

  • o popular “saiu da linha”, “pavio curto”. Ou seja, perde a razão facilmente, pois não consegue controlar suas emoções.
  • Se intromete em assuntos alheios e acaba tomando decisões que não seriam suas.
  • Sempre expressa suas opiniões com gritos e xingamentos, como uma forma de mostrar sua “autoridade”.
  • Age conforme suas necessidades pessoais, ainda que em detrimento de outras pessoas.
Leia Também:  Trabalho remoto: dicas para quem trabalha e quem gerencia

Portanto, a pessoa com comportamentos agressivos sempre se considera mais importante que todos a sua volta, sempre com atitudes de superioridade sobre os demais.

Sobretudo, o ponto-chave deste comportamento está no equilíbrio das emoções, que entre atitudes aceitáveis ou intoleráveis para os relacionamentos interpessoais. A partir de então, a mudança de hábitos trará a tão esperada assertividade em psicologia que tanto falamos.

3. Passivo/Agressivo

  • Gera conflitos, porém, sem manifestar agressividade. Ou seja, em tons de “brincadeira”
  • Sarcástico;
  • Irônico;
  • Falso;
  • Faz chantagens emocionais e, em geral, distorce as palavras alheias

Desse modo, aqui falamos de comportamentos que embora pareçam amistosos, são, sobremaneira, são falsos e maliciosos. Ou seja, de uma maneira sútil e traiçoeira, a pessoa age pelas costas dos outros para tirar vantagens pessoais.

4. Assertivo

Finalmente, vamos falar da assertividade em psicologia. Dentre os três acima citados, sem dúvidas o melhor é o comportamento assertivo. É marcante na pessoa assertiva a postura diante de situações rotineiras, com sabedoria e firmeza em suas posições.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Assim, as principais características da assertividade em psicologia são:

    • Respeita opiniões e saber expressar suas ideias;
    • Preocupa-se com o próximo, com respeito e empatia às ideias que lhes são contrárias
    • Toma decisões rápidas e no momento correto;
    • Não tem dificuldade em pedir ajuda;
    • Expressa seus posicionamentos facilmente.

    Ser assertivo para psicologia

    Sobretudo, a assertividade em psicologia é um processo que demanda tempo e dedicação. Ainda mais quando a arrogância e prepotência é inata ao indivíduo.

    Contudo, quanto mais treinarmos os comportamentos para a assertividade na psicologia, mais melhorará seu autoconhecimento e suas relações sociais e profissionais.

    Portanto, ser assertivo em suas posições durante sua vida, nos mais variados aspectos, lhe trará mais leveza, conseguirá viver plenamente, sem restrições sobres seus conceitos e opiniões. Em resultado, conseguirá ter relações pacíficas e harmoniosas em sociedade.

    Se gostou de saber sobre como funciona a assertividade em psicologia, vale a pena entender mais sobre os comportamentos da mente humana. Conheça nosso curso de Psicanálise Clínica, assim, será possível aprimorar seu autoconhecimento. E ainda, ainda mais, melhorará seus relacionamentos interpessoais, pois o curso é uma ferramenta que ajuda o estudante a entender os pensamentos, sentimentos, emoções, dores, desejos e motivações de outras pessoas.

    One thought on “O que é Assertividade em psicologia

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.