o que é complexo de superioridade

Complexo de Superioridade: significado, sintomas e teste

Posted on Posted in Comportamento

O complexo de superioridade afeta muitas pessoas, porém, quem o possui, dificilmente fala sobre o assunto. Então, para saber se você possui ou alguém de seu convívio, veja este artigo até o final. De antemão, saiba que neste complexo as pessoas tendem a se sentir superiores aos demais, quando que, na verdade, está mascarando problemas de baixa autoestima. 

Em outras palavras, o complexo de superioridade se relaciona a uma forma da mente inconsciente se proteger por questões internas, como baixa autoestima e insegurança. Que são geralmente manifestos por situações de rejeição social. A expressão “complexo de superioridade” foi criada pelo psicólogo fundador da psicologia de desenvolvimento individual, Alfred Adler (1870-1937) e até hoje é difundida nos estudos psicológicos. 

O que é complexo de superioridade? 

Como o próprio nome sugere, o complexo de superioridade se refere ao comportamento da pessoa que em seus relacionamentos sociais tende a, de alguma forma, se sentir superior aos demais. Sempre possuem atitudes que supervalorizam suas ações, demonstrando sempre que suas habilidades e conquistas são melhores que as dos outros. 

Entretanto, as pessoas que se colocam nesta posição de superioridade geralmente se escondem em seus conflitos internos, relacionados a sentimentos de fracasso ou falha pessoal. Nesse sentido, para “maquiar” seus sentimentos utilizam de comportamentos inadequados com as pessoas ao seu redor, com arrogância e desprezo.  

As relações interpessoais fazem parte da natureza humana, que nos fazem desenvolver habilidades durante a vida, tanto pessoal quanto profissional. Dentre as dificuldades enfrentadas nos relacionamentos está lidar com pessoas com complexo de superioridade.  

Que, sobremaneira, são aquelas que acreditam que tudo em sua vida é melhor do outro, nos mais variados aspectos. Como, por exemplo, seu patrimônio, pensamentos e opiniões, modo de agir. E, para isso, se comporta de forma de maneira egocêntrica, diminuindo o outro para se colocar em uma posição de superioridade, ao seu ponto de vista. E, assim, sem levar em considerar quais são os sentimentos e necessidades do outro. 

Defina complexo de superioridade, de Alfred Adler 

Complexo de superioridade alfred adler

O termo complexo de superioridade foi criado pelo psicólogo Alfred Adler, que em meados dos séculos XX foi o fundamento da psicologia do desenvolvimento individual. Para Adler, a causa do complexo está na necessidade que a pessoa tem de esconder que ela quem se sente inferior perante todos, com baixa autoestima e insegurança. 

Para Alfred Adler o indivíduo que possui este sentimento passa a agir como se as outras pessoas lhes fossem subordinadas. Mas suas atitudes são traços de conflitos internos relacionados a baixa autoestima, ou seja, na verdade, de refere a um jogo de projeções. Onde a pessoa passa a marginalizar o outro, quando que quem se sente excluído é ele próprio. 

Em outras palavras, quem possui complexo de superioridade atribui suas próprias características ao outro. Comumente essas pessoas são arrogantes, egoístas e pretensiosas, desse modo, não conseguem equilibrar seu íntimo, sem saber os limites de seus comportamentos. Possuindo perspectivas irreais sobre seu eu, com sentimentos de aptidão superestimados. 

Na Psicologia Individual, criada pro Adler, existe a ideia de que as pessoas sempre estão se esforçando para superar sentimentos relacionados à inadequação social. Nesse sentido, acabam por desenvolver habilidades em sua vida para ter o então sucesso e merecimento. E se isso transcorrer na vida de forma saudável, a pessoa pode chegar ao ponto de desenvolver o complexo de superioridade. 

Complexo de superioridade é uma doença? 

Complexo de superioridade não é classificado como uma doença. Como dito, se refere a um comportamento caracterizado por sentimentos de superioridade e poder, bem como uma necessidade de ser reconhecido como melhor do que os outros. Entretanto, em níveis elevados, pode desencadear em transtornos psicológicos, como, por exemplo, transtorno de personalidade narcisista. 

Nesse sentido, o complexo de superioridade é caracterizado por uma percepção distorcida de superioridade em relação aos outros, além de sentimentos de arrogância e orgulho excessivos. Em resultado, os indivíduos afetados geralmente têm dificuldades em estabelecer relacionamentos significativos com outras pessoas e podem enfrentar problemas de autoestima e depressão. 

Portanto, o complexo de superioridade não é uma patologia, mas um sintoma de que a pessoa não sabe equilibrar suas habilidades com suas limitações, de forma a se sentir sempre inseguro. Então, para compensar essa situação de conflito interior, ainda que inconscientemente, utiliza-se do complexo de superioridade para tentar convencer os outros sobre seus potenciais elevados.  

Porém, na verdade, a pessoa não consegue nem sequer convencer a si próprio daquilo que tanto enaltece em si. Ou seja, ele mesmo não acredita nas qualidades ditas, embora muitas vezes não tenham consciência disso. Em suma, isso nada mais é que um mecanismo de autodefesa para viver em sociedade, com uma visão distorcida de sua realidade. 

Sintomas do complexo de superioridade 

Primeiro, saiba que não existe um padrão comportamental para quem possui complexo de superioridade. Diferentemente do que se imagina, quem possui não é somente aquele com características de arrogância e prepotência, onde se é visível atitudes que depreciam o outro. Assim, essa condição pode ser de difícil identificação. 

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Complexo de superioridade sintomas

    Como, por exemplo, podem existir pessoas que demonstrem ser solidárias, participantes de atividades voluntárias, quando que, na verdade, possuem dentro de si sentimentos de superioridade sob suas ações. Ou seja, agem dessa forma pois possuem uma crença intrínseca de serem melhores que os demais, mais altruístas ou benevolentes, o que faz perder o sentido ação em si. 

    Portanto, no geral, somente em meio a situações extremas de conflitos interpessoais, como em momentos de ansiedade e estresse, que se verificará se uma pessoa tem complexo de superioridade. Dentre as principais características apresentadas, estão: 

    • Irritação extrema quando confrontado em suas opiniões e atitudes; 
    • Constante necessidade de se vangloriar com situações de sua vida; 
    • Minimiza situações da vida do outro, não reconhecendo suas conquistas; 
    • Necessidade de ser reconhecido; 
    • Não consegue lidar com críticas; 
    • Perfeccionista ao extremo; 
    • Vaidade extrema, se importando de forma exagerada com sua aparência. 
    • Não aceita seus erros; 
    • Autoimagem de soberania; 
    • Alterações de humor repentinas quando contrariadas; 
    • Age com arrogância e insolência; 
    • Afastamento social; 
    • Necessidade de diminuir os outros; 
    • Preocupação excessiva com o que os outros podem pensar, buscando sempre a aprovação sobre suas ações; 
    • Distorção de valores e princípios. 

    Tratamento para complexo de superioridade 

    A maioria desses sintomas podem estar atrelados a transtornos mentais, conforme falamos anteriormente, como transtorno de personalidade narcisista ou, até mesmo, transtorno bipolar ou transtorno de estresse pós-traumático. Por isso, se você apresenta alguns desses sintomas, lembre-se da importância do tratamento com um profissional da saúde mental.  

    Através de uma avaliação profissional será possível ter uma avaliação ampla sobre as características pessoais, relacionando com diversos outros aspectos da vida. Para que, assim, possa tratar a condição como de natureza patológica ou não-patológica, aplicando as técnicas adequadas para que a pessoa tenha novas percepções sobre sua vida e sua condição. 

    Teste de complexo de superioridade 

    Geralmente quem tem complexo de superioridade possui dificuldade de assumir, pois, de certo modo, agem de forma inconsciente. Não entendem que, de fato, seus comportamentos são mecanismos de autodefesa acerca de questões mentais prejudiciais, que precisam de tratamento psicológico adequado.  

    Dentre as principais questões que poderão ser abordadas para identificação do complexo de superioridade, podemos citar: 

    • Frequentemente você se acha mais inteligente ou competente que outras pessoas? 
    • Julga as pessoas como inferiores a você? 
    • Acredita que suas habilidades pessoais e profissionais são sempre superiores dos demais? 
    • Se sente inseguro perante pessoas de sucesso? 
    • Você costuma se comparar aos outros para determinar se é melhor que eles? 
    • Você tem dificuldade em aceitar seus erros? 
    • Se sente bem quando os outros falham? 
    • Em seu meio social, você acha que precisa de um tratamento especial? 

    Quer aprender mais sobre autoconhecimento? 

    Se você chegou até o final deste artigo, possivelmente gosta de aprender sobre como funciona a mente humana. Sendo assim, convidamos você a conhecer nosso Curso de Formação em Psicanálise. Dentre os principais benefícios deste estudo estão: a) Aprimorar o Autoconhecimento: A experiência da psicanálise é capaz de proporcionar ao aluno e ao paciente/cliente visões sobre si mesmo que seria praticamente impossível obter sozinho. b) Melhora o relacionamento interpessoal: Entender como funciona a mente poderá proporcionar um melhor relacionamento com os membros da família e do trabalho. O curso é uma ferramenta que ajuda o estudante a entender os pensamentos, sentimentos, emoções, dores, desejos e motivações de outras pessoas.  

    Por fim, se gostou deste conteúdo, curta e compartilhe em suas redes sociais. Isso nos incentivará a continuar criando artigos de qualidade para nossos leitores. 

    One thought on “Complexo de Superioridade: significado, sintomas e teste

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.