crianças mal criadas

Crianças Mal Criadas no olhar da psicanálise

Posted on Posted in Comportamento

Neste artigo entenderemos juntos o porquê de as crianças mal criadas regem de tal forma.

Quando somos criança no início de tudo constituímos uma forma de expressar e pensar primitiva, onde ela só se deixará levar pelos desejos e situação do momento como: fome, frio, dor entre outros, essa forma é muito expressada pelo choro onde em cada momento ele tem suas variações de tons às vezes mais alto outras mais baixas. Continue a leitura para entender mais sobre o assunto.

Entendendo as crianças mal criadas

Nem toda família tem os cuidados emocionais sobre a criança onde ocorrem os primeiro traumas, que mesmo na fase adulta a criança leva consigo, formando um adulto histérico, que muitas das vezes nem se dá conta, que coisas do seu passado ou do início da formação da sua consciência, podem afetar de tal forma, sempre o conflito maior começa quando a criança começa a conhecer sua sexualidade, mais como ela identificar ? Ou que tipo de sexualidade é essa pois afinal é uma criança ?

Sexualidade Infantil e crianças mal criadas

Pois bem essa sexualidade não é como nós já adultos pensamos, mas de forma mais ingênua, ela faz com que com o passar dos anos nos ajude a melhor estruturar nossa psique.

No inicio dos estudos de freud sobre a histeria ele notou que algumas pacientes sempre relatava algus tipos de ações de abuso sexual cometido na infancia, mais com o passar dos anos ele notou que havia algo de errado pois nem todos tinham um historico assim.

Notou que muitas criavam fantasias pois tinham certo desejo pelo pai, que na época de Freud era algo moralmente ilegítimo, com isso acabava sendo reprimido, Freud denominou com o termo complexo de Édipo, baseado na lenda grega édipo, onde o filho do rei mata o pai, para se casar com a mãe.

O Complexo de Édipo

Ele funciona quando o menino começa a sentir ciúmes da mãe com o pai ou com as meninas que ao contrário sentem ciúmes do pai com a mãe, de forma inconsciente sente-se atraído de uma forma afetiva maior, até chegar no entendimento que sua mãe ou seu pai nos casos não são rivais e pelo contrário do que sentia pode ter o amor dos dois por igual, mas quando essa estrutura psíquica não é bem estabelecida e onde começam as neuroses.

Efeitos na Vida Adulta

A maioria das neuroses se inicia por conta da má formação desse complexo e por alguns tipos de traumas ou fantasia mal entendidas ou criadas no nosso inconsciente em decorrência desse início da formação do aparelho psíquico, onde muitas das vezes os problemas emocionais e de socialização começam a aparecer na vida adulta.

Freud criou a teoria do trauma onde ele acreditava que todo abuso sexual sofrido no inicio da infância ficava reprimido no seu inconsciente voltando a tona na vida adulta em sintomas histéricos, ate compreender melhor descartou essa teoria e entendeu que os sintomas variavam mais pelas fantasias criadas do que pelo trauma em si.

Pois desde nossa concepção de mundo nosso inconsciente cria fantasias, muitas vezes em forma de defesa para que não sobrecarregue tanto e nem desgaste nosso centro psíquico.

Leia Também:  Como deixar de gostar de alguém?

Crianças mal criadas e a formação psíquica

Todos nós quando temos uma formação psíquica normal desenvolvemos naturalmente um mecanismo de defesa chamado recalcamento, onde ele nos ajuda a proteger nossa mente de conteúdos ao qual irá ser insuportável de manter, proveniente de experiências infantis, mas quem sofre do tipo de problema chamada de histeria, tem uma pequena falha nesse mecanismo, ao qual acaba vindo em forma de sintomas esse conteúdo que é prejudicial, pois esse conteúdo pode estar usando toda capacidade de pensamento da pessoa, fazendo com que sintomas aparentemente físicos sem causa real, se tornem reais.

Mostrando que, o que ocorreu no início da infância não foi resolvido como deveria, para estar onde deveria que é no inconsciente, pois nem tudo que está no inconsciente tem que ser mexido, a muita coisa que já foi resolvido e para não sobrecarregar sua mente está lá, mas muita coisa que lhe atrapalha na vida adulta provém de lá por coisas mal resolvida do passado, principalmente no início da sua formação como ser humano na infância quando começa a fazer as distinções entre homens(pai) e mulheres(mãe), bem e mal, certo ou errado, etc.

Conclusão

Adultos com problema de rejeição ou baixa autoestima provavelmente teve país autodestrutivos que sempre desvalorizou quando criança, adultos confusos ou sem iniciativa provavelmente tiveram país ao qual sempre deram tudo a mão, e assim por diante, mas nem todos quando chegam na vida adulta vê que algumas dores ou até mesmo sintomas pelo corpo.

Pode estar sendo causado por esses pequenos traumas que foi ocorrendo lá no início da infância e quando são colocados em situações onde inconscientemente lembre isso tudo, volta a átona fazendo desencadear algumas crises física sem qualquer tipo de explicação, pois adultos só pensam e agem conforme o que creem ou acreditam ser certo.

Quando temos que crescer de forma muito repentina deixamos de lado a criança que há dentro de nós, mas quando essa criança quer sair devemos deixar e buscar compreendê-la desde que não faça mal aos outros e somente dependa de nós mesmos.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    O presente artigo foi escrito por Rafaela Krubniki([email protected]). Mulher, mãe de 25 anos, buscando a auto cura e o poder de ajudar outra mulheres a se curar e a melhorar o sentido da vida.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *