fazer análise

Fazer Análise: onde, como, quanto custa?

Posted on Posted in Psicanálise, Terapias

Todos nós temos problemas. Somos seres humanos e isso é muito normal. Porém, algumas pessoas têm mais dificuldade para resolver seus dilemas. Por isso, é importante fazer análise, seja ela psicológica ou psicanalítica. Então, confira o nosso post para saber mais.

Por que fazer análise?

Como já falamos no início do post, todos nós sofremos com um ou vários tipos de problemas. Contudo, em algum momento, a gente pode se encontrar diante de um grande dilema que nos deixa sem reação. Porque não conseguimos compreendê-lo a fim de poder resolvê-lo.

Então, fazer análise psicanalítica ou psicológica pode ser muito útil. A pergunta que fazemos aqui: o que é exatamente realizar este processo? É uma experiência que só pode ser compreendida quando vivemos, não é? Falaremos sobre como o processo funciona ao longo do post.

Quando a pessoa decide fazer análise psicológica ou psicanalítica, ela tira um período para cuidar de si mesma. Contudo, não se trata apenas de uma conversa com o terapeuta. Afinal, conversar é algo que podemos fazer com os nossos amigos mais próximos.

Saiba mais…

Para que essa conversa surta efeitos positivos, o profissional não irá te julgar, pois ele já tem o preparo e formação para lidar com qualquer informação que você traga. Ademais, ele não opinará sobre o seu problema a partir das experiências pessoais dele. Essas opiniões paralelas acontecem muito quando conversamos com os nossos amigos.

A experiência que você terá nos encontros com o analista irá te ajudar a construir autoconhecimento. Aliás, você irá começar a entender o seu problema com uma outra perspectiva e poder solucioná-lo da melhor forma possível.

“Não há, talvez, dano maior à vida humana (exceto a morte) que o seu desperdício”. (Autora: Silvia Bleichmar)

Essa frase da psicanalista Silvia Bleichmar nos faz refletir como é importante poder tirar um tempo para fazer uma análise. Porque é por meio do tratamento psicanalítico podemos ter mais autonomia na nossa vida.

Ou seja, descobrimos o que sofremos e o que desejamos, e com isso podemos fazer escolhas mais certeiras na vida. Isso ocorre porque decidimos com propriedade e não por necessidade.

Vale lembrar que uma análise psicanalítica não tem a intenção de acabar com os nossos conflitos. Ela nos ajuda para possamos rearranjar a nossa história. Assim, com isso, teremos mais liberdade e ficaremos menos constrangidos pelos nossos problemas.

Fazer análise: onde, como e valores

Se você achou interessantes no assunto, vamos falar sobre como fazer análise psicanalítica. Primeiro, você precisa encontrar um terapeuta especializado no assunto, por exemplo, um psicólogo ou um psicanalista. Aliás, nós indicamos os psicanalistas formados pelo nosso curso de psicanálise clínica.

É bom destacar que você precisa se sentir à vontade com este profissional. Só assim compartilhará com ele os seus anseios. O local para essas análise geralmente é uma clínica especializada ou o consultório do psicanalista/ psicólogo.

Quanto custa?

Uma sessão de análise pode ter uma variação nos valores, pois dependerá da região que você está localizado. Mas os valores podem ser de R$70,00 a R$400,00. Essa variação irá depender do tipo de formação que o profissional possui sobre o tema.

Leia Também:  O que é neurastenia segundo a Psicanálise?

Além disso, se a sessão de análise for realizada de forma online, o valor pode ser menor. Então, vale a pena pesquisar qual é a melhor forma para você e ver qual preço cabe no seu bolso.

Diferença entre terapia e análise

Como estamos falando sobre análise, muitas pessoas a confundem com a terapia. Por isso, vamos conferir algumas diferenças entre uma e outra.

Terapia

O termo é muito genérico, pois vários profissionais de diversas áreas podem ser considerados terapeutas, por exemplo:

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    • psiquiatras;
    • psicólogos;
    • coachings;
    • terapeutas alternativos;
    • assistentes sociais;
    • esotéricos.

    Além disso, a terapia tem mais de um campo do saber. Logo, a acupuntura, a aromaterapia e a cromoterapia, por exemplo, também são denominadas terapias.

    Objetivo da terapia

    A terapia possui o objetivo de fortalecer o ego, adotando diferentes métodos que visam a uma modificação de comportamento cujo princípio é a razão. Os profissionais ensinam técnicas e estratégias para que a pessoa consiga enfrentar os seus problemas.

    Aliás, o profissional ajudará a pessoa a mudar a forma que ela se vê e os demais. Com isso, o paciente aplicará hábitos saudáveis e limitará comportamentos destrutivos.

    Quem são os profissionais?

    Como já mencionamos, vários profissionais podem ser terapeutas. Porém, psiquiatras e psicólogos possuem uma formação específica no comportamento humano. Aliás, é a sua especialização que vai determinar quais as linhas de pensamentos ele irá seguir. Por fim, isso ajusta as estratégias que ele irá utilizar nas sessões de terapia.

    Análise

    A análise é baseada na ideia de que somos frutos de causas que não estão acessíveis à nossa consciência. A Psicanálise tem como base a ideia de que nós não somos conduzidos pela razão, mas, sim, por algo que está presente em outro plano.

    Sigmund Freud desenvolveu essa área e Jacques Lacan realizou avanços como conhecemos atualmente. A Psicanálise tem o objetivo de reorganizar a maneira como uma pessoa se relaciona consigo mesma. Com isso, ela conseguirá fazer mudanças decorrentes desse conhecimento.

    Método

    Nas sessões de análise, a pessoa precisa falar livremente o que está na mente, denominado como a “cura pela fala”. Aliás, o profissional intervém pouquíssimo neste processo, ele ajuda o paciente a chegar à sua própria verdade sozinho.

    Quem são os profissionais

    Não é necessário ser formado em psicologia ou medicina para atuar como psicanalista. O profissional pode ter diploma em qualquer área. Contudo, é necessário fazer uma especialização em Psicanálise.

    Por fim, precisamos destacar que tanto a terapia quanto a análise possuem o objetivo de melhorar a vida das pessoas. Além disso, elas visam ajudar nas relações dos indivíduos com o mundo.

    Benefícios de fazer análise

    Para finalizarmos o nosso post, vamos apontar os principais benefícios de fazer uma análise psicanalítica:

    • melhora relacionamentos da pessoa com os que estão ao seu redor;
    • gera efeitos contínuos, pois cada aprendizado surte efeito mesmo com fim das sessões;
    • equilibra a autoestima do paciente porque ele se sente capaz de resolver seus problemas;
    • renova os comportamentos que a pessoa aprende durante a análise.

    Considerações finais sobre fazer análise

    Esperamos que com o nosso post você tenha tirado as suas dúvidas sobre análise, desde sobre o que é, preços e quais profissionais procurar. Para entender mais sobre esse tema, te convidamos a conhecer o nosso curso de Formação em Psicanálise Clínica.

    Com ele, você terá acesso a uma base teórica que te ajudará a realizar atendimento clínico. O curso tem duração de 18 meses em que abrange: teoria, supervisão, análise e monografia. Tudo com um valor muito acessível a todos.

    Leia Também:  Síndrome do Pânico: 18 sintomas e tratamentos

    Como o curso é totalmente online, sem sair de casa, você compreenderá mais sobre essa área de conhecimento. Ademais, ficará por dentro das propostas sobre relações humanas e fenômenos comportamentais. Então, vale a pena conferir e inscrever-se! Comece essa nova jornada e, se for de seu interesse clinicar, ajude outras pessoas a fazer análise de forma ética e eficiente. Isso tudo você aprenderá no nosso curso.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *