filme o poço

Filme O Poço (2019): sinopse e análise psicanalítica

Posted on Posted in Filmes

O filme O Poço é da Espanha, foi lançado no dia 8 de novembro de 2019, de gênero de terror que pode ser encontrado até o momento desta publicação na plataforma NetFlix.

Apresentação do filme O Poço

O filme se passa em uma espécie de prisão em que os detentos são alimentados por uma plataforma que vai descendo como um elevador, no início como uma linda mesa com um banquete com muitos tipos de alimentos e bebidas com doces e salgados e consiste em que as pessoas que estão nos níveis mais altos comem o que precisam e o que não precisam.

Já os dos níveis abaixo vão enfrentando a escassez de alimentos, o protagonista do filme Goreng, interpretado pelo ator Ivan Massagué, vem a tentar quebrar com este sistema.

Um filme com críticas sociais e também uma boa pedida para quem é amante de filmes de terror, com cenas brutais de violência explícita, corpos decapitados, suicídios, defecção, urina e cuspi nos alimentos, tentativas de assassinatos, xingamentos e palavrões. Afinal a perversão também faz parte de todos os humanos, ali fica explícito comportamentos maldosos beirando a escuridão da humanidade onde comportamentos perversos são externalizados.

A crítica social do filme O Poço: o individualismo anulando o coletivo

A uma crítica social em relação a sociedade contemporânea que se faz cada vez mais individualista ao longo da história, os seres humanos cada vez mais imersos em suas próprias questões e se importando menos com o mundo ao seu redor, o coletivo fica cada vez mais de lado.

Tendo ali a opção de repartir a comida com os seres humanos do andar abaixo, pois como pode ser visualizado no filme a comida era feita sobre medida para que todos fossem alimentados e sobrevivessem.

Mas todos escolhem não repartir fazendo com que os seres humanos dos degraus abaixo, passassem fome, chegando a falecer ou viessem a matar os seus companheiros e aderissem ao canibalismo para a sobrevivência e muitos jogam-se cometendo suicídio.

As relações de poder

Tendo em vista o ser humano e as relações de poder, faz sentido esta parte, porque por exemplo, no Brasil cabe muito bem a palavra muitos têm muito pouco e poucos têm muito, no que tange a divisão de riquezas, isto escancara uma enorme desigualdade social, que parece permear de geração em geração a sociedade.

Os bens materiais definem o ser humano e o que ele é na sociedade, isso deve ser pontuado aqui como uma crítica social, porque o ser humano não deve ser compreendido pelos bens que ele tem e sim pelo que ele é e o que ele acrescenta ao coletivo.

Na psicanálise esta questão de assumir a responsabilidade dos próprios atos e comportamentos é algo primordial para que a análise possa acontecer.

Idealização simbólica da criança e da juventude em “O Poço” (2019)

A ideia de salvação personificada em uma criança, analisando psicanaliticamente este simbolismo a criança representa simbolicamente, pois é nas crianças que se pressupõem uma ideia de futuro e de continuação do ser humano, a uma idealização da sociedade no jovem, por vezes até se demonstra excessiva, por outras impulsionadora para a evolução da humanidade.

Quando é citada excessiva porque por vezes se olha excessivamente para os jovens e se vende muitos produtos e “fórmulas mágicas” para se atingir tal objetivo de ser mais jovens, tudo o que é excesso ao ser humano acaba gerando um mal estar e de certa forma anulando o restante.

Neste sentido se vê uma crescente desvalorização dos idosos por exemplo e também um mal estar visível quando na maioria das vezes o ser humano não consegue ficar mais jovem.

O cuidado integral no Filme O Poço

No que tange ao positivo é notável o olhar do cuidado integral às crianças com leis criadas para elas e até um Estatuto inteiro, como ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente). Este olhar protetor é necessário a toda a sociedade e vem com a ideia de continuidade que foi citada anteriormente.

A um olhar positivo em relação à educação, como ela é necessária e significativa para as crianças, pois ali aprendem, compartilham, socializam, constroem no que tange ao ambiente escolar então todo o investimento para educação é e será sempre bem vindo na sociedade.

Leia Também:  Série F is for Family no Netflix: resumo e personagens

Considerações finais sobre o filme

Foram colocados estes dois pontos específicos sobre a crítica social do excessivo individualismo da sociedade contemporânea e a excessiva idealização da juventude, a partir de um resumo e interpretação do filme O Poço.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    O ser humano pode mudar muitas coisas em seu cotidiano, pois é transformador e pode ser transformado na maioria das vezes, tem a escolha e responsabilidade dos seus atos, como um ser ativo e que deve ser comprometido socialmente e com o coletivo, pode diminuir a desigualdade agindo, e não apenas esperando por outro ou pelos outros, como Poder Público, governantes, empresários, vizinhos, etc.

    Pode agir por si mesmo, o mundo é transformado não só de grandes ações, mas de pequenas também, se desconectar do mundo digital e olhar o ambiente que está inserido, o que o outro precisa é sim importante e tarefa de todos.

    O social

    Aproveitando a fala sobre o social, é necessário proteger as nossas crianças e adolescentes que por vezes são negligenciadas, principalmente as mais carentes, que muitas vezes estão circulando entre todos, pedindo dinheiro no semáforo, sendo esquecidas nos abrigos ou que acabam sendo prostituídas pelas esquinas da vida.

    É dever de todos protegê-las, se ver uma situação assim denuncie ao Conselho Tutelar da sua região, não fechem os olhos para isto, pois existem estas situações e estão acontecendo entre nós.

    Este artigo sobre o filme O Poço (2019) foi escrito por Bruno de Oliveira Martins (Instagram: psicologobrunooliveiramartins6, Whatsapp: 54 984066272), especialista em psicanálise e psicologia, psicanalista e psicólogo clínico particular CRP: 07/31615 e pela plataforma online Zenklub, professor particular e mediador de estudos psicanalítico, acompanhante terapêutico (AT).

     

    One thought on “Filme O Poço (2019): sinopse e análise psicanalítica

    1. Parabéns!!
      Excelente artigo, claro e objetivo.
      Extração de muita riqueza de interpretação e análise de um filme.
      Apreciei muito o artigo.
      Parabéns!!

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.