frases de Quintana

Frases de Mário Quintana: 30 frases do grande poeta

Posted on Posted in Psicanálise e Cultura

Mário Quintana foi um grande poeta, jornalista e tradutor. Além de ser um grande estudioso e leitor, escreveu grandes poemas, que marcaram o contexto poético do século passado. Conheça as frases de Mário Quintana que mais se destacaram durante sua vida.

Nascido em 1906, em uma pequena cidade do Rio Grande do Sul, Alegrete, foi um dos poetas mais consagrados da literatura brasileira. Foi, por sua vez, um nome muito importante para a poesia do século XX e dedicou sua vida toda aos livros.

Grandes obras escritas por Mário Quintana

Certamente, por ser um poeta muito aclamado, escreveu importantes livros que marcaram sua carreira literária, sendo alguns deles: 

  • Canções, em 1945;
  • Sapato florido, em 1947;
  • Batalhão das Letras, em 1948
  • Espelho Mágico, em 1951;
  • Pé de pilão, em 1975;
  • Esconderijos do Tempo, em 1980
  • A Rua dos Cataventos, em 1994;
  • Sapato furado, em 1994.

Curiosidades sobre o poeta

Além de livros para adultos, escreveu também muitos livros infantis, inclusive, as frases de Mario Quintana são lidas até hoje pelas crianças. Muitos deles, nesse sentido, são encontrados em vários sites, sebos, livrarias e bibliotecas. Entretanto, Mário Quintana não foi somente um importante poeta, para mais, possuiu uma carreira muito ampla na vida de escritor. 

No que toca os prestígios do autor, sabe-se por sua dedicação, Quintana, ganhou notáveis premiações no meio da literatura, como o Prêmio Machados de Assis, da Academia Brasileira de Letras, e o Prêmio Jabuti – cujo é denominado como a maior premiação literária do país.

Em relação à história pessoal de sua vida, Mário Quintana não se casou e não teve filhos, vivendo grande parte de sua vida em quartos de hotéis, após a morte de seus pais. O hotel em que morou por 15 anos, em Porto Alegre, foi consagrado como “Casa de Cultura Mário Quintana”. 

A carreira do escritor

Em vista disso, dispôs de outros trabalhos além dos livros de poesia e dos livros infantis. Algumas de suas especialidades eram a tradução e o jornalismo. Desse modo, Quintana usufruiu muito de seus bons estudos, estudou no Colégio Militar de Porto Alegre e aprendeu a língua francesa. 

Outro fato interessante sobre a carreira literária do autor, é que logo na época do colégio começou a publicar seus primeiros versos, em 1919. Logo após, em 1923, publicou um de seus sonetos em sua cidade natal, Alegrete.

Com relação à sua carreira de tradutor, o escritor gaúcho traduziu diversas e valiosas obras literárias clássicas, de muitos outros países. Alguns exemplos de tradução são os livros Mrs Dalloway, da escritora do Virginia Woolf e Em Busca do Tempo Perdido, do escritor Marcel Proust. Outros autores traduzidos por Quintana foram Voltaire, Emil Ludwig, Balzac e Giovanni Papini.

No entanto, sua carreira não cresceu tão somente em suas poesias e em suas traduções, pois o autor também foi um considerável jornalista. No ano de 1929, com apenas 23 anos, escreveu para o jornal O Estado do Rio Grande. 

Também trabalhou na editora “O Globo”, na época em que se mudou para o Rio de Janeiro, época em que morou por somente seis meses. Além de tudo, escreveu para o Correio do Povo e o Diário de Notícias de Porto Alegre. Tornando, assim, as frases de Mário Quintana cada vez mais famosas.

Primeiro Livro de Mário Quintana

Dando sequência, ainda que o escritor tenha escrito seus primeiros versos e sonetos na época de sua juventude, o primeiro livro de sua autoria publicado foi A Rua dos Cataventos, também uma obra de sonetos, em 1940. 

Sua obra é marcada por uma extrema sensibilidade, delicadeza e musicalidade, dando aos leitores uma sensação de tranquilidade ao lê-los. Isso, por sua vez, é uma marca registrada do autor, que também contribuiu com seu prestigiado nome na literatura brasileira.

Características de suas obras

Mário Quintana foi um poeta que soube muito bem explorar a linguagem, percorrendo por vários estilos e temáticas. Tendo isso em vista, escreveu tanto poemas com metrificações (que é uma característica da medida dos versos), quanto poemas com versos livros e com rimas, também. 

Por essa razão, suas poesias são diversas e com características diferenciadas. Além de tudo, escreveu também poemas em prosa, chamando mais ainda a atenção dos leitores.

Melhores frases de Mário Quintana

  1. “Amar é mudar a casa de alma.”
  2. “Sonhar é acordar-se para dentro.”
  3. “Tão bom morrer de amor! E continuar vivendo…”
  4. “As pessoas não se precisam, elas se completam… não por serem metades, mas por serem inteiras, dispostas a dividir objetivos em comuns, alegrias e vida.”
  5. “Há duas espécies de chatos: os chatos propriamente ditos e os amigos, que são nossos chatos prediletos.”
  6. “A alma é essa coisa que nos pergunta se a alma existe.”
  7. “A amizade é um amor que nunca morre.”
  8. “O que mata um jardim não é o abandono. O que mata um jardim é esse olhar de quem por ele se passa indiferente. E assim é com a vida, você mata os sonhos que finge não ver.”
  9. “A arte de viver é simplesmente a arte de conviver… Simplesmente, disse eu? Mas como é difícil!”
  10. “Nós vivemos a temer o futuro; mas é o passado quem nos atropela e mata.”
  11. “Se eu acredito em Deus? Mas que valor poderia ter minha resposta, afirmativa ou não? O que importa é saber se Deus acredita em mim.” 
  12. “O pior dos problemas da gente é que ninguém tem nada a ver com isso.”
  13. “O passado não reconhece o seu lugar: está sempre presente.” 
  14. “Se me esqueceres, só uma coisa, esquece-me bem devagarinho.”  
  15. “Quando duas pessoas fazem amor, não estão apenas fazendo amor. Estão dando corda ao relógio do mundo.”
  16. “A vida é um incêndio: nela dançamos, salamandras mágicas. Que importa restarem cinzas se a chama foi bela e alta?” 
  17. “Se as coisas são inatingíveis… ora! Não é motivo para não querê-las… Que tristes os caminhos, se não fora a mágica presença das estrelas!”
  18. “A resposta certa, não importa nada: o essencial é que as perguntas estejam certas.”
  19. “Se eu pudesse pegava a dor, colocava dentro de um envelope e devolvia ao remetente!”
  20. “Não faças da tua vida um rascunho. Poderás não ter tempo de passá-la a limpo.”
  21. “A saudade é o que faz as coisas pararem no tempo.”
  22. “Minha vida está nos meus poemas, meus poemas são eu mesmo, nunca escrevi uma vírgula que não fosse uma confissão.” 
  23. “Quem pretende apenas a glória não a merece.” 
  24. “Todos estes aí que estão atravancando o meu caminho, eles passarão… Eu passarinho!”
  25. “Sempre me senti isolado nessas reuniões sociais: o excesso de gente me impede de ver as pessoas…”
  26. “Cego é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria. Surdo é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo, ou o apelo de um irmão.”
  27. “O livro traz a vantagem de a gente poder estar só e ao mesmo tempo acompanhado.” 
  28. “Maravilhas nunca faltaram ao mundo; o que sempre falta é a capacidade de senti-las e admirá-las.” 
  29. “Você procura por alguém que cuide de você quando está doente, que não reclame em trocar aquele churrasco dos amigos pelo aniversário da sua avó, que jogue imagem e ação e se divirta como uma criança, que sorria de felicidade quando te olha, mesmo quando está de short, camiseta e chinelo.”
  30. “Viver é acalentar sonhos e esperanças, fazendo da fé nossa inspiração maior. É buscar nas pequenas coisas, um grande motivo para ser feliz!”

Alguns poemas de Mário Quintana

“Eu, agora – que desfecho!

Já nem penso mais em ti…

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Mas será que nunca deixo

    De lembrar que te esqueci?”

    “AH, OS RELÓGIOS

    (…)

    Porque o tempo é uma invenção da morte:

    não o conhece a vida – a verdadeira –

    em que basta um momento de poesia

    para nos dar a eternidade inteira.

    (…)”

    “INFÂNCIA

    é quando as portas são fechadas

    e abertas ao mesmo tempo,

    é quando estamos metade na luz

    e a outra metade na escuridão,

    é quando o mundo real chama

    e preferimos outro…”

    Mensagem de Mário Quintana

    Nesse sentido, no que diz respeito aos assuntos e temáticas exploradas pelo poeta, estão entre eles: o cotidiano, a simplicidade, o humor, a natureza, a delicadeza, as reflexões sobre a existência do homem e a linguagem coloquial. Sendo que as frases de Mário Quintana são famosas até hoje.

    Ademais, suas mensagens são percebidas como um conjunto de delicadezas, uma dose de meditação sobre o coração, o amor, as relações da vida e a serenidade das coisas pequenas. Essas frases de Mário Quintana possuem como características em comum a fluidez e uma introspecção, possivelmente pela solitude do poeta em sua vida.

    Gostou de conhecer um pouco sobre esse grande poeta da literatura brasileira? Então curta e compartilhe em suas redes sociais. Isso nos incentivará a continuar produzindo sempre conteúdos de qualidade para nossos leitores.

    One thought on “Frases de Mário Quintana: 30 frases do grande poeta

    1. Muito obrigado, pelo compartilhamento de seus conhecimentos! A frase que escolhi é: ” Não faças da tua vida um rascunho. Poderás não ter tempo para passá-la a limpo. “

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.