Jonh Snow Game of Thrones

Jon Snow: psicologia do personagem de GOT

Posted on Posted in Psicanálise, Teoria Psicanalítica

Quem diria que a série Game of Thrones e a psicologia podiam se encontrar! Então, para entender melhor sobre essa relação, nós fizemos um post sobre um dos personagens principais dessa atração, Jon Snow. Só lembrando que o texto contém alguns spoilers sobre a série.

A história do personagem Jon Snow

Antes de mais nada, precisamos entender melhor sobre a origem do Jon Snow. O personagem foi criado pelo Ned Stark e junto com outros filhos deles com Catelyn Stark, em Winterfell. O fato de ele ser ou não filho de Ned é um grande mistério, o que às vezes deixa-o à margem dos demais.

Além disso, é chamado de bastardo e isso impacta muito na sua personalidade, já que ele é quieto e sempre está observando os demais. Por conta disso, ele decide ir para a Patrulha da Noite. Que é uma espécie de grupo que cuida de uma grande muralha de gelo localizada bem ao norte de Westeros.

A história de Snow começa quando ele questiona Ned sobre a sua mãe, ele diz que o dirá
quando retorna do Sul. Entretanto, isso nunca acontece, pois o patriarca da família é morto. Nisso várias coisas acontecem na série, em especial com Snow. Tais como:

  • Jon Snow vai para Patrulha da Noite, proteger a Muralha;
  • ele se apaixona por uma selvagem, Ygritte (na terceira temporada, ela morre);
  • Snow precisa retornar para Winterfell a fim de livrá-los da ameaça dos Whites Walkers;
  • se torna o rei do norte;
  • ele morre! (mas no início da sexta temporada, ele é “ressuscitado” pela Melisandre)

Saiba mais…

Enfim, é até difícil resumir a história do Snow. Contudo, é necessário ressaltar um dos momentos mais importantes da trajetória de Jon. Ao longo da sétima temporada, Snow conhece a Daenerys Targaryen, que tenta se tornar rainha de Westeros. Contudo, Jon Snow é filho Rhaegar (irmão da Daenerys) com Lyanna Stark (irmã de Ned).

A sua origem sempre foi um mistério e quando é descoberto quem são seus pais verdadeiros, é lançada uma outra grande questão. Ele já está apaixonado por Daenerys que, na verdade, é sua tia. Além disso, ele é o verdadeiro herdeiro do Trono de Ferro, algo que Daenerys sempre desejou.

Por fim, Jon acaba matando a sua amada após ela enlouquecer, colocando fogo em King’s Landing. Como punição, ele retorna para a Patrulha da Noite de forma definitiva.

Jon Snow GOT: psicologia

Quando queremos definir Jon Snow, a primeira coisa que vem à mente é que ele é bastardo. Pelo menos, boa parte da série, ele foi tratado dessa forma, sem ter nenhum sobrenome que o pudesse defini-lo. Partindo dessa ideia, é fácil compreender que ele tem um personalidade um pouco hesitante e sempre está observando o que acontece ao redor.

Porém, quando ele percebe que ele é maior do que qualquer sobrenome e ele começa o seu processo de tomada de decisão. Essas decisões, no entanto, são sempre impulsivas e que não medem as consequências que isso pode causar.

Entenda mais…

Começando pelo seu primeiro romance, Ygritte, que numa luta contra os selvagens, acaba morrendo por meio de uma flechada. Ou com a aliança feita contra os selvagens que terminou com um motim de seus companheiros de Patrulha.

Leia Também:  Poder: significado, benefícios e perigos

Snow é um grande idealista, o que o torna impulsivo. Aliás, ele, muita das vezes, não percebe que as suas decisões podem causar grandes desastres, pois ele acredita que o fim justifica os meios.

Jon Snow Game of Thrones: psicologia de um líder

Claro que ele não tem apenas aspectos ruins. Se analisarmos bem, o personagem apresenta comportamentos natos de um bom líder. Afinal, Snow conseguiu sobreviver a tantas coisas que ocorreram durante a série. Veja como a psicologia do personagem contribuem para uma boa liderança:

Ética

Snow sempre valorizou a ética ao longo da série. Começando quando ele decidiu se tornar parte da Patrulha da Noite, pois acreditava que isso era a coisa certa a se fazer. Mesmo enfrentando desafios e dificuldades nesse trabalho, ele seguiu o seu sentimento de justiça.

Já quando retornou a Winterfell, ele perdoou Theon pelas atrocidades que fez contra os Starks. Snow fez isso, pois o Greyjoy ajudou Sansa a fugir do terror imposto pelo sanguinário Ramsay Bolton.

Autoconhecimento

Snow foi um dos personagens que mais evoluiu durante a série. Afinal, ele foi tratado com um bastardo, foi para a Patrulha da Noite, retornou a Winterfell e se tornou rei do Norte. Ao longo da sua trajetória, ele foi descobrindo partes sobre ele.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Por fim, descobrir que é filho de Rhaegar Targaryen e Lyanna Stark o ajudou a compreender uma parte importante de si mesmo que sempre desejou saber.

    Autocontrole

    Embora tenha tomado algumas atitudes impulsivas, Snow sempre tentou tomar decisões que não fossem dominadas por desejos de vingança ou de dor. Aliás, ele fez tentativas de encontrar soluções que atendessem um propósito maior.

    Um grande exemplo disso, é quando ele agride Ramsey Bolton para se vingar do que ele tinha feito a sua irmã. Contudo, ele se deteve, pois achava que Sansa tinha o direito de acabar com a vida do seu agressor.

    Humildade

    Outra característica de Snow é saber que faz parte de um grande sistema. Embora seja um papel importante neste processo, isso não significa que é insubstituível. Como quando mesmo sendo o herdeiro do Trono de Ferro, ele não demonstra nenhuma pretensão de assumir este poder.

    Coragem

    Ao saber que estava perdendo na famosa “Batalha dos bastardo”, Jon Snow ainda continua lutando com toda a sua força. Esse momento demonstra que ele tem muita coragem para lidar com qualquer tipo de situação. Afinal, um bom líder sempre anima a todos para lutar contra as dificuldades e não fugir delas.

    Gentileza

    Mesmo tendo uma postura de muita confiança e coragem, Snow nunca deixou de lado a sua gentileza. Ele sempre está procurando ser colaborativo e agradecendo o empenho dos demais. Aliás, reconhece que todas as pessoas são importantes para que o sistema funcione corretamente.

    Dois exemplos são: o início de sua amizade com Sam Tarly e quando ajudou os moradores King’s Landing a fugir da devastação que Daenerys provocou.

    Lealdade

    Por fim, Snow é extremamente leal, algo que ele aprendeu com os Starks, não importando quem fosse a pessoa. Um desses momentos é quando descobre que é herdeiro do Trono de Ferro e, mesmo assim, permanece fiel a Daenerys, já que tinha feito promessas a ela.

    Considerações finais sobre Jon Snow

    Jon Snow é um dos personagens mais emblemáticos não só de Game of Thrones, mas também da cultura pop. O seu modo, suas escolhas e sua origem fizeram que muitas pessoas torcerem para ele se sentar no Trono de Ferro. Mesmo que isso não tenha acontecido, ele ainda deixou a sua marca em Westeros protegendo-os do Whites Walkers.

    Leia Também:  Síndrome do encarceramento, cativeiro ou Locked In

    Esperamos que você tenha gostado do nosso post. Para finalizar, temos um convite muito especial, que com certeza mudará a sua vida! Aliás, você iniciará uma nova jornada, tudo isso por meio do conhecimento dessa área tão vasta.

    Por isso, conheça o nosso curso de Psicanálise Clínica. Com 18 meses, você terá acesso a teoria, supervisão, análise e monografia, tudo isso orientado pelos melhores professores. Então, se você gostou do nosso post sobre o Jon Snow (GOT), não deixe de conhecer o nosso curso! Inscreva-se já e comece ainda hoje!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *