melhores livros de Jung

Livros de Carl Jung: lista de todos os seus livros

Posted on Posted in Psicanálise e Cultura

O psiquiatra e psicoterapeuta Carl Gustav Jung foi o fundador da escola da Psicologia Analítica. Nos livros de Carl Jung há uma profunda análise, além do comportamento humano. Com uma interpretação de conceitos de personalidade extrovertida e introvertida, de arquétipos e, também, do inconsciente coletivo.

Dentre suas obras, é destaque os livros identificados como Obras Completas de Jung, encontrará todos os livros de Carl Jung. Composto inicialmente por 18 volumes, Obras Completas de Jung teve publicação entre os anos de 1958 e 1981. Logo após, foram lançados os volumes 19 e 20, nos anos de 1983 e 1994, respectivamente.

Jung foi amigo de Freud, porém, por divergências teóricas, sobremaneira sobre o estudo da mente inconsciente, acabaram se separando no ano de 1914. Freud indicava que o inconsciente do indivíduo era impulsionado por desejos sexuais.

Ao passo que Jung defendia que a emoção e o comportamento humano advêm de um inconsciente coletivo. Portanto, vale a pena você conhecer todos os livros de Carl Jung, em um estudo profundo sobre a psiquê humana.

Melhores livros de Jung

Sobretudo, os livros de Carl Jung trazem conceitos que envolvem comportamento humano, psicanálise, espiritualidade, mundo dos sonhos, filosofia e religião.

Assim, o analista da psiquê, Jung, em suas obras, traz um grande despertar acerca do entendimento das personalidades humanas. Nesse sentido, confira abaixo quais são os melhores livros de Carl Jung.

1. O homem e seus símbolos

Vamos começar pelo último livro de Jung, escrito antes de sua morte em 1861. Primeiramente, o que mais se destaca nesta obriga é a diversidade de ilustrações, cerca de 500.

Assim, com estas imagens, é possível identificar a importância em nossas vidas, como, por exemplo, em sonhos e nos comportamentos humanos.

2. O Livro Vermelho

Durante 16 anos, entre 1914 e 1930, Jung escreveu esta obra, da qual se originou todos os outros trabalhos do autor. Com imagens de manuscrito original, trouxe uma verdadeira viagem à mente inconsciente.

Este livro, antes somente circulava entre os amigos mais próximos de Jung, tendo em vista o medo de não ser aceito para a ciência. O autor mostra visões que teve durante 3 anos, de sonhos e premonições. Como, por exemplo, em 1913 viu a Europa em meio a sangue e cadáveres.

3. Cartas de Carl Gustav Jung

Em três volumes, sob o aspecto científico, compõem a lista dos melhores livros de Carl Jung. Esta obra é completa, com explicações objetivas e pessoais de Jung, que fará com que você entenda todos os outros livros.

4. Memórias, Sonhos e Reflexões

Em suma, esta é a biografia de Jung, um resumo compilado do autor escrito pelo autor em parceria de sua amiga Aniela Jaffé. Neste livro, em síntese, foi escrita a história de vida de Carl Jung.

Foram contadas diversas situações, como, por exemplo, sua relação complicada com Freud, suas viagens e experiências. Assim, foi chamado este livro de “o fundo da sua alma”.

Portanto, este livro vai além de simples memórias de Jung, mas sim sua própria existência. Nesse sentido, a obra mostra, por exemplo:

  • os fundamentos de suas teorias;
  • seu entendimento sobre a mente humana, principalmente a inconsciente;
  • simbolismos;
  • princípios da psicoterapia.

5. Os arquétipos e o inconsciente coletivo

Neste ínterim, explica entendimentos de arquétipos e como estes refletem no inconsciente coletivo. O que pode se resumir neste trecho do livro:

O inconsciente coletivo não se desenvolve individualmente, mas é herdado.

6. O desenvolvimento da personalidade

Jung mostra que seus pacientes não seriam curados sem o contato com suas almas. Sendo este um dos melhores livros de Carl Jung que, principalmente, explica como traumas infantis refletem na personalidade humana.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Em outras palavras, demonstra como a personalidade dos pais tem influência na personalidade da criança. Ou seja, os traumas infantis advêm de seus pais, que, então, podem desencadear em transtornos psicológicos no futuro.

    Leia Também:  A infantilização e imaturidade masculina

    7. O espírito na arte e na ciência

    Dentre os livros junguianos, este faz uma ligação entre psicologia analítica, literatura e poesia. Em suma, traz ensaios sobre algumas personalidades da época, como, por exemplo:

    • Sigmund Freud;
    • Richard Wilhelm;
    • James Joyce;
    • Paracelso e Picasso.

    Basicamente, esta obra está entre os preferidos livros de Carl Jung pela sua crítica à relação entre psicologia analítica e obras poéticas. Ou seja, indica a importância da relação pessoal com obras de arte, ao que se refere ao seu aspecto criativo.

    8. O eu e o inconsciente

    Esse livro de Jung aborda, sobremaneira, a história da psicologia, guiando o leitor para conceitos inovadores sobre a psiquê, que até então era somente explicada por Freud. Dessa forma, moderniza os conceitos sobre a relação entre o inconsciente coletivo e o inconsciente individual.

    9. Psicologia em transição

    Em suma, Jung objetiva explicar como o homem, então civilizado, se torna isca para as forças transpessoais da mente inconsciente coletiva. Pois, como se dissociasse de suas raízes, o ser humano possui problemas com sua identificação pessoal, tendo em vista a massa dos valores da coletividade.

    Dentre as temáticas desta coletânea de livros de Carl Jung, há uma abordagem da relação da psiquê com os acontecimentos da civilização, sob a sua ótica moral.

    10. Estudos sobre Psicologia Analítica

    Em síntese, para Jung, a pessoa tende a sofrer os distúrbios na mente tendo em vista as inibições de sua mente inconsciente. Sendo assim, a psicoterapia é indicada para que o indivíduo seja reconduzido através de um diálogo entre sua mente, tanto inconsciente quanto consciente.

    Desse modo, o indivíduo, durante a terapia, deve colaborar ativamente para que seu retorno à sua individualidade, com uma conversa entre sua mente.

    Lista de todos os livros de Carl Jung

    Porém, os livros de Carl Jung não se resume a esses 10, mas sim a uma imensa lista, conforme relação abaixo:

    Volumes de Obras Completas de Jung:

    1. Estudos psiquiátricos;
    2. Estudos experimentais;
    3. Psicogênese das doenças mentais;
    4. Freud e a Psicanálise;
    5. Símbolos da transformação;
    6. Tipos Psicológicos;
    7. Estudos sobre Psicologia Analítica;
    8. A Dinâmica do Inconsciente;
    9. Os arquétipos e o inconsciente coletivo;
    10. Aion: estudos sobre o simbolismo do si-mesmo;
    11. Psicologia em transição;
    12. Psicologia da religião ocidental e oriental;
    13. Psicologia e alquimia;
    14. Estudos alquímicos;
    15. Mysterium Coniunctionis;
    16. O espírito na arte e na ciência;
    17. Prática da psicoterapia;
    18. O desenvolvimento da personalidade;
    19. A vida simbólica;
    20. Índices Gerais.

    Outros livros de Carl Gustav Jung

    • O Homem e seus Símbolos;
    • O Homem à Descoberta da sua Alma;
    • Memórias, Sonhos e Reflexões;
    • Cartas de Carl Gustav Jung;
    • O Segredo da Flor de Ouro: Um Livro de Vida Chinesa;
    • O Livro Vermelho.

    Portanto, vale enfatizar que os livros de Carl Jung mostrará conhecimentos valiosos sobre a mente, que possivelmente lhe emocionarão. O autor traz correntes de pensamentos, sobretudo acerca da psiquê, nos seus mais variados aspectos.

    Contudo, saiba que embora tenha sido o precursor da Psicanálise, Sigmund Freud não foi o único estudioso sobre o assunto. Sendo assim, vale a pena enriquecer seu conhecimento da mente humana com as obras de Jung, o fundador da psicologia analítica.

    Por fim, nos diga se gostou deste conteúdo nos comentários abaixo, conte-nos suas experiências com a leitura dos livros de Carl Jung. Além disso, curta e compartilhe este artigo em suas redes sociais, pois nos estimulará a sempre redigir conteúdos de qualidade para todos nossos leitores.

    One thought on “Livros de Carl Jung: lista de todos os seus livros

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.