O que é orgulho: benefícios e riscos

Posted on Posted in Comportamento, Psicanálise

Tema muito comum nas discussões de relacionamento, todo mundo já falou ou ouviu falar sobre o que é orgulho. Não é difícil ver aquele amigo comentando que o outro é orgulhoso, ou a gente ver uma atitude de alguém e dizer algo como: “Nossa! Como fulano é orgulhoso.” Mas será que a gente só consegue ver orgulho como algo negativo, ou achamos que pode ser positivo também?

É claro que esse conhecimento é uma construção social, ou seja, não há uma resposta pronta para responder essa pergunta. No entanto, nesse artigo, vamos falar um pouco sobre esse tema discutindo propostas específicas.

Nesse contexto, considerando que você chegou até aqui, provavelmente você também está interessado sobre esse tema. Embora não vá conhecer tudo o que há para saber sobre o tema, vai aprender pelo menos uma parcela considerável de conteúdo. Fique atento, pois é um tema controverso e complexo.

Orgulho no dicionário

Se a gente buscar no dicionário a palavra orgulho vamos encontrar definições como:

  • Substantivo masculino originado dos termos orgullo (castelhano), urguli (frâncico – “excelência”) e orgull (catalão). Representa um sentimento de satisfação por uma realização ou capacidade. Um excesso de autoadmiração que resulta em arrogância, soberba, altivez. O sentimento pode ser direcionado a outras pessoas.

Dentre os sinônimos de orgulho no dicionário, podemos ver palavras como:

  • vaidade;
  • ufania;
  • soberba;
  • ostentação.

Contudo, há dicionários que indicam que o termo pode ter significado pejorativo, mas há aqueles em que apenas a definição positiva é apresentada. No entanto, de forma geral, vemos a indicação de orgulho como algo ruim.

Além disso, há sempre a indicação da humildade como antônimo direto de orgulho. Porém, responder o que é orgulho é dizer só isso? Será que ter orgulho é automaticamente não ter humildade, apenas? Achamos que a resposta pode ser bem mais complexa do que isso. Nos próximos tópicos vamos conversar sobre os dois lados do orgulho: os riscos e os benefícios.

Riscos de ser orgulhoso

Para a gente pensar um pouco sobre isso, é preciso entender como o orgulho pode ser visto por algumas vertentes de pensamento. Isso é necessário porque há muito o que falar sobre os riscos de ser orgulhoso, o que independe da perspectiva pela qual você interpreta. Contudo, é necessário ter em vista, principalmente, que os modos de pensar diferentes consolidam toda a linha de raciocínio que vem depois.

Assim, não é preciso concordar 100% com o que é dito nesse modo de vida, mas há resquícios que transbordam e indicam a sua própria perspectiva. Por exemplo, provavelmente você já leu, ou ouviu, ou disse que o orgulho é um pecado.

O orgulho na religião cristã

Esse modo de ver o pecado se ancora nos preceitos cristãos. De acordo com essa visão, é o orgulho que separa o homem de Deus. O orgulhoso é convicto de sua superioridade e é infalível, ou seja, não precisa de ninguém. O orgulhoso, segundo essa linha de pensamento, olharia seus dons (algo ganhado) em conquistas pessoais.

Essa ideia de orgulho é algo compartilhado por quem é cristão e por quem não é também. Esse conceito toma forma, pois muito dos pensamentos que a sociedade tem deriva do pensamento das comunidades cristãs.

Leia Também:  Amor platônico na visão de Freud

O orgulho como um mal de modo geral

O orgulho, em um conceito geral, é negativo quando alcança o exagero. Nesse momento o orgulhoso teria uma satisfação incondicional sobre si e superestimaria seu próprio valor. Com isso, se veria como melhor e superior aos outros e inferiorizaria os demais.

Em alguns casos, para além disso, o orgulhoso seria egoísta e não se preocuparia com ninguém além de si. Sendo assim, os efeitos do orgulho transbordariam e afetariam aos que estão a sua volta.

Um dos riscos do orgulho seria também se achar tão poderoso e autossuficiente a ponto de se colocar em risco. Quem já não viu alguém achar que é bom demais e assumir várias coisas e não dar conta, ou sofrer com isso? Ou se achar a pessoa mais forte e acabar se metendo em confusão? O orgulho promove, muitas vezes, uma visão distorcida de si mesmo. Assim, em casos de orgulho exagerado, a pessoa se enxerga como alguém que está além de suas capacidades.

Benefícios de ser orgulhoso ou de ter orgulho

Um dos benefícios do orgulho é que ele leva ao reconhecimento. Assim, trata-se de uma forma de se elogiar e se fortalecer para o que vem pela frente. Afinal, quando a gente consegue enxergar qualidade em nós mesmos, conseguimos acreditar nas nossas habilidades.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Nessa visão positiva sobre orgulho, esse sentimento é algo que ajuda alguém a evoluir. Isso porque dá forças para ultrapassar os obstáculos. Dessa forma, diferente da visão negativa, o orgulho aqui não é fechado em si. Ao contrário, o orgulho não é máximo que alguém é, mas é a certeza de ter qualidades.

    Ainda sobre os benefícios

    Você já deve ter passado por situações em que alguém te inferiorizou, não é? E o que é importante nesse momento? A gente acredita que o importante é saber que você pode tem defeitos, mas também qualidades. Ter orgulho de si é fazer justiça com a nossa história. É nos dar um “tapinha nas costas” e dizer “você conseguiu”. Não é algo te faz melhor que o outro, mas te faz alguém melhor por si mesmo.

    Em medidas corretas, ele impulsiona e faz bem não só para si, mas para os outros. Quando a gente demonstra o orgulho pelo outro estamos o motivando, mostrando a ele que ele é capaz. E quando a gente motiva a si e o outro, estamos evoluindo e construindo uma história melhor.

    Em busca de um equilíbrio

    Como vimos, responder essa pergunta é muito mais complexo do que inicialmente podemos imaginar. Ele é feito de camadas e cada camada significa algo. É importante compreendermos o orgulho e entendermos como o encaramos em nossas vidas, ter orgulho de si mesmo e dos outros. Além disso, é importante também se conhecer e enxergar nossas atitudes e como elas afetam aos outros e a nós mesmos.

    Somos seres pensantes, seres com falhas e enxergar o orgulho está entrelaçado com o se enxergar. O equilíbrio é algo que devemos buscar dia a dia, é uma luta que tem dias legais e dias ruins. E está tudo bem.

    O importante é a gente buscar o equilíbrio do orgulho em nossa vida, afinal, a gente já conquistou tanto. Eu sei que você tem muito o que se orgulhar, mas cuidado. Não se esqueça que o orgulho pode te afastar das pessoas. E lembre-se que você pode ser melhor em algo que outra pessoa, mas pode ser pior em outra coisa. Tudo em excesso faz mal, inclusive o orgulho.

    Leia Também:  Narcisismo Primário e Secundário

    Considerações finais

    Nós esperamos que este artigo tenha ajudado você a construir um pouquinho mais seu conhecimento sobre o tema. Há muito mais para saber, como dissemos antes, mas agora você tem uma base para se aprofundar.

    Contribua com a gente nos comentários. Deixe sua opinião, suas dúvidas, suas críticas. Vamos conversar um pouco mais sobre o que é orgulho. Ademais, caso você queira se especializar no tratamento de pessoas orgulhosas seja por você mesmo ou por pessoas de sua família ou em seu trabalho, temos uma boa notícia. O nosso curso de Psicanálise Clínica online é aberto para todos os públicos e oferece um aprofundamento ideal sobre o assunto. Confira!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *