características de pessoas amargas

Pessoas Amargas: 10 características e como lidar?

Posted on Posted in Comportamento

Dada à nossa pluralidade de personalidades e maneiras de agir, é comum que sempre conheçamos alguém que possui uma postura negativa em relação à vida. A amargura é um sinal bastante característico e desagradável nas pessoas, de modo que muitas vezes precisamos nos afastar delas. Por isso, vamos entender melhor o que são pessoas amargas, 10 características e como lidar melhor com ela.

O que é uma pessoa amarga?

Pessoas amargas são indivíduos que possuem um grande ressentimento, são destrutivas e muito tóxicas também. Com isso, acaba sendo bastante hostil e generaliza quem serão os alvos de seu temperamento. Além de não gostar de se aproximar dos outros, acaba se sentindo mal consigo mesmo.

As pessoas se tornam assim porque não possuem capacidade para lidar com as próprias frustrações e raiva. Os seus sentimentos negativos tomam conta do seu modo de vida e perpetuam seu estado de latência no desenvolvimento. Em outras palavras, acaba se colocando em situações ruins por não lidar de forma adequada com o que passou.

A sensação de descontrole

Pessoas amargas procuram acreditar que não carregam nenhum controle sobre as próprias vidas. Existe uma recusa em validar que possuem a capacidade de lidar com os eventos que acontecem em seu caminho. Sem contar também que se recusam a pensar de maneira positiva com o intuito de atrair coisas boas.

Basicamente, se acostumaram com as coisas ruins porque são mais “fáceis” de acompanhar. Não possuem o manejo emocional necessário para tentar atrair o que é bom em suas vidas. Dessa forma, somente aceitam o que lhe colocam na frente e enxergam cada situação de forma negativa.

O ímã da negatividade

Acredite, carregamos o poder de dar vida aos nossos pensamentos, desejos e emoções, independentes de quais sejam. No momento em que focamos em aspectos negativos, atraímos essas peças porque acreditamos em suas verdades. À medida em que alimenta essas peças improdutivas dentro de si, elas acabam crescendo e ganhando cada vez mais espaço e poder de influência.

Já que recebemos de forma proporcional tudo aquilo que praticamos em vida, quando damos valor à negatividade acabamos puxando mais. Ainda que seja um ciclo difícil de romper, é necessário o desejo de mudança para acabar com isso. Por isso, identifique a amargura em sua vida, o deixe ir e seja grato pelas lições que chegam e te ajudam a colocar forças bonitas em sua vida.

“E o Oscar vai para…”

Pessoas amargas valorizam a miséria que vivem e tentam trazer outras pessoas ao mesmo local. Com isso, fará de tudo para ter companhia e compartilhar de sua visão negativa da vida. A melhor maneira de conseguir atenção é fazer dramas, moldando a ilusão de vitimismo e autoridade do que faz/fala.

Em vez de seguir por esse caminho, é preciso trabalhar o seu caráter e reconhecer o peso desse comportamento. Não gaste energia para ter atenção dos outros ou mesmo arrastá-los em sua espiral de sofrimento. Direcione essa força para que possa aprimorar e desenvolver os seus recursos internos.

Leia Também:  Diferenças entre Sexo, orientação sexual e identidade de gênero

Características das pessoas amargas

É bastante fácil identificar pessoas amargas por conta da forma que fluem pela própria vida e dos outros. A pessoa amarga para Psicologia condensa trejeitos e comportamentos diferenciados bem evidentes em qualquer círculo social. São essas as principais características dos amargos:

Irritação

Ao que parece, uma pessoa amarga se mostra irritada com frequência e por qualquer coisa. Conviver ao seu lado é como pisar em ovos, já que todos são levados ao limite.

Estagnação

Certamente já deve ter ouvido alguém reclamando de um mesmo assunto por bastante tempo e se prendido a isso. Infelizmente, a amargura leva alguém a se prender nessa situação sem que consiga resolvê-la.

Não perdoam

Aqui, perdoar significa esquecer o que passou e o rancor alimenta um ressentimento que a prende nisso. Não conseguem entender que o perdão é libertador, direcionado a elas mesmas e a própria felicidade.

Impaciência

Ainda que os amigos aconselhem constantemente a tê-la, não sabem como colocar a paciência em prática. Sem contar que não conseguem se dedicar por muito tempo às coisas construtivas que precisam fazer para si mesmas ou para os outros.

Falta perdão consigo mesmas

Além de não conseguirem perdoar os outros, pessoas amargas não conseguem perdoar as próprias falhas. Com isso, sentem vergonha dos erros pessoais, além da culpa e arrependimento por coisas que aconteceram há bastante tempo.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Desencanto

    Já que se mostram tão desencantadas com a vida e os outros, elas acabam não se importando com os demais. Desse modo, esperam muito pouco dos demais, pensando até que querem machucá-las, mesmo sendo inverídico.

    Orgulho

    Dificilmente os amargos darão o braço a torcer e cederão a algo, principalmente a alguém. O orgulho justifica a sua grande dificuldade em perdoar e deixar situações passadas para trás.

    Desacreditam de relacionamentos

    ,strong>É comum também que reafirmem com frequência o seu mau desenvolvimento de relações. Dessa forma, desistem de envolvimentos e passam acreditar que carregam dedo podre para isso.

    A desgraça alheia é um deleite

    Quando pessoas amarguradas estão perto de indivíduos felizes, a alegria alheia acaba incomodando. Graças a isso que o seu mau humor os leva para que a felicidade dos outros se transforme em miséria.

    Inveja

    Independente do que seja, sempre vão desejar o que os outros possuem, alimentando seus sentimentos negativos. Nesse caminho, se sentem inadequados por lhes faltar algo e pensar que o sucesso de alguém os prejudica.

    O valor da resiliência

    Trabalhar a resiliência é um item essencial para as pessoas amargas e para quem convive com elas. Para quem possui amargura a vida é uma dualidade de coisas boas e ruins e tudo pode acontecer. Quem convive com esses indivíduos é preciso trabalhar suas próprias emoções para não se contaminar com as deles.

    Ademais, é preciso fazer um esforço contínuo para tentar não pensar nas suas emoções e sentimentos negativos, especialmente vingança. Se serve de comparação, pense naquela ferida que nunca sara por você ficar cutucando e retirando a casca dela sempre. Da mesma forma acontece quando alimenta suas emoções negativas e se permite ser infeliz.

    Frases para pessoas amargas

    Para as pessoas amargas, é preciso refletir constantemente a respeito da própria postura em relação ao mundo. Entenda que está escolhendo viver em sofrimento, pois não abre mão de sentir o rancor diariamente. A fim de pensar sobre o tema, veja as mensagens ou frases para pessoas amargas e reflita sobre o seu modo de vida.

    • “Não quero me tornar uma pessoa pesada, frustrada, amarga. Não vou me tornar assim”, Caio Fernando Abreu;
    • “Você sabe que está amadurecendo quando não deixa uma nota ruim ou uma pessoa amarga acabar com a sua paz de espírito. Amadurecer é também ter experimentado sofrimento suficientemente verdadeiro para nos fazer capaz de aumentar diariamente o seu limiar. É concluir que o otimismo pode até nem sempre ajudar, mas nunca há de atrapalhar”, Patrícia Pinheiro;
    • “A ausência de amor torna a pessoa egoísta, amarga, maldizente e invejosa, fazendo assim com que aos poucos, afaste os poucos que lhe restam sentenciado-se a solidão”, Marcia Patrícia Santos Klem;
    • “As pessoas frustradas, mal amadas, sem perspectiva de vida, ociosas, amargas, são sempre infelizes, em suas vidas, e no que dizem. E por isso ficam na plateia da vida agorando quem tem coragem de ir lá fora e viver! E tem a ousadia de serem muito felizes”, Geyse Cavalcanti;
    • “Eu ando sendo uma pessoa tão fria, amarga em quase todos os momentos ! Já sou assim… Mas desta vez está cada vez mais comum me tornar arrogante com as pessoas”, Rafaela Luise Mello.
    Leia Também:  Frases de otimismo para mentes complexas

    Considerações finais sobre pessoas amargas

    Pessoas amargas são o ápice da infelicidade e lutam para se manter nesse status porque lhes convém. Elas gostam de agir assim, de modo que se coloquem como vítimas com bastante frequência. O ato de reclamar é prazeroso, ainda que não resolva qualquer coisa em suas vidas.

    Se for o seu caso, entenda que a mudança de postura e de como pensa é necessário para retrabalhar a sua vida. Renove as suas perspectivas, de modo que encontre espaço à pratica um estilo de vida mais sadio. Ainda que seja fácil reclamar da vida, ir pelo caminho contrário e fazer esforço é que vale realmente a pena.

    A fim de te ajudar nessa conquista, se inscreva em nosso curso online de Psicanálise. O mesmo é capaz de remodelar a sua perspectiva sobre a vida, mostrar caminhos novos e aprimorar o seu autoconhecimento. Pessoas amargas tendem a ignorar o próprio potencial para a mudança, algo essencial para a evolução interna e que a Psicanálise entrega com certeza.

    7 thoughts on “Pessoas Amargas: 10 características e como lidar?

    1. meu pai faleceu a um mês, nos os filhos não estamos conseguimos ligar com amargura da nossa mãe que tem 86 anos, hj pensei em contar minha condição de soropositivo para saber o ira acontecer, um tipo de tratamento de choque . Ela é possessiva, tem suas faculdades mentais apta a entender qualquer coisa. E certo fazer esse tipo de tratamento de realidade, ja que nao aguentamos mais esse comportamento dele, agredindo a todos.

    2. Sempre fui um homem tímido e acanhado. Até aí, normal…
      Infelizmente, a partir de 29 de maio de 2006, em razão de mais um desentendimento com a minha chefe à época (e, além disso, descobri que ela queria me tirar do emprego a todo custo), desencadeou em mim uma depressão que dura até hoje. Ela fez de mim um homem frio, amargo e capaz de congelar seus sentimentos.

    3. Infelizmente foi colocado a pessoa amarga como se ela deseja-se ser assim. Nem todos são amargos por que querem, alguns podem ser doentes, como talvez seja o caso dessa senhora idosa citada, ou talvez seja a culpa do mundo em que vivemos.
      Por favor não generalizem.

    4. Eu reconheço e admito, sou uma pessoa amargurada, triste, rancorosa, me sinto culpada por coisas que acontecem a 15, 20 anos atrás, sou pessimista, negativa, sem amigos, mal amada.
      Não tem um dia que nao chore, agora aprendi a me punir dando tapas na minha própria cara, as vezes bato tão forte que chega a ficar marca.
      Tudo sempre deu errado pra mim, nunca fui amada, sempre fui trocada por pessoas melhores, e isso foi me tornando essa pessoa amarga que sou. Fui uma adolescente alegre e alto astral, mas fui me tornado um poço de negatividade.
      Virei uma pessoa que só reclama, não vê mais graça na vida, virei aquela pessoa que fica o fim de semana inteiro bebendo, fumando um cigarro atrás do outro, e que não assiste TV ou vai pra rua porque tem vontade de chorar quando vê casais, vive amarga por ser mal amada e rejeitada.
      Não cuido mais da minha aparência, sou não de vaca e guardo todo dinheiro possível porque sei que irei pra um asilo morrer sozinha la quando tiver velha, então quero ter dinheiro guardado pra pagar por isso.
      Se eu tinha uma alma ela me deixou faz tempo. Sou só um corpo que nao vê mais cor na vida, que esta apenas indo pra onde o vento empurrar, e angustiada 100% o tempo, uma pessoa que não sorri, não se sente bem um dia sequer, que não tem espelho em casa, que não se arruma, que se veste com o primeiro trapo que aparece, uma pessoa que é mais nada, só a casca.

      1. Procure ajuda. Profissionais da área podem te ajudar a ver a vida por outra perspectiva. Não desista de você!

      2. Bem, parece que você já tem tudo planejado… Entretanto, o primeiro passo para mudar a sua situação já foi dado, você reconheceu o seu problema. E isso é algo positivo, sinal que você não vive em negação da sua realidade, apesar de estar nitidamente tendo dificuldades em lidar com a amargura em si. Uma coisa me chamou a atenção, você afirmou ter sido uma adolescente alegre e alto astral. Então pare e olhe para essa adolescente (pois ela está aí dentro de você em algum lugar) e pergunte a ela o que vocês fariam de diferente para mudar a realidade que você vive hoje. Não é um exercício fácil, provavelmente você vai revirar os olhos, dar uma bufada, focar no negativo e querer continuar sendo a pessoa miserável que tem sido. De qualquer maneira, não custa tentar, né? Outra coisa, procure respirar…não automaticamente, mas prestando atenção no que está fazendo… e permita que em cada expiração todos os sentimentos negativos, ligados àquele fatídico evento que transformou a adolescente alegre e alto astral na pessoa que você é hoje, sejam liberados. Permita-se chorar, não o choro do ressentimento, mas o choro de estar finalmente se libertando dos grilhões da amargura. Encontre-se dentro de você, ame-se e não deposite sua felicidade e paz de espírito no outro. Não vale a pena projetar nos outros aquilo que acreditamos ser o melhor para nós, acabamos sempre decepcionados e amargurados. Viva, viva cada momento e agradeça a oportunidade de ter mais um dia para tentar fazer o seu melhor sem esperar dos outros compaixão. Uma última coisa, na primeira oportunidade, seja voluntária num asilo (que seja uma vez por mês e por algumas horas), doar-se ao próximo sem esperar nada em troca faz bem ao espírito e ensina lições que o ego precisa.

    5. Minha mãe é assim não consigo lidar com ela não tenho paciência pra fica nem um minuto perto dela acaba passando toda negatividade pra todos não entendo muito vitimismo é estou a ponto de nem fala com ela mas é isso me deixa super triste

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *