causas da serotonina baixa

Serotonina baixa: causas, sintomas e tratamentos

Posted on Posted in Transtornos e Doenças

Serotonina baixa é uma das grandes causas de transtornos psicológicos, que podem resultador em doenças mentais. Dessa forma, entender o que é e como a manter regular no corpo é primordial para se ter uma boa saúde. Conhecida também como “hormônio da felicidade”, a serotonina é um neurotransmissor que atua no cérebro, responsável por diversas funções corporais.

Para que nosso corpo funcione corretamente, deve haver equilíbrio entre os elementos essenciais à vida, que contribuem para longevidade e bem-estar. Como, por exemplo, hormônios, substâncias e órgãos precisam estar em harmonia, para que, assim, corpo e mente mantenham-se saudáveis.

Então, considerando ser serotonina baixa extremamente importante para manter o bom funcionamento corporal, vale a pena entender como mantê-la em equilíbrio. Saiba quais são os hábitos que devem ser adotados em sua vida, bem como os tratamentos que são mais eficazes para sua produção.

O que é serotonina?

Como dito, a serotonina é um neurotransmissor, que, em suma, são moléculas responsáveis pela ligação das células ao sistema nervoso corporal. Neste ínterim, a serotonina tem relação com diversos aspectos corporais, tanto à saúde física quanto à mental.

Sobretudo, a serotonina baixa, afeta, por exemplo, humor, frequência cardíaca, sono e funções cognitivas. Não existe um único fator que cause a baixa da serotonina, porém, mudanças na rotina, com hábitos saudáveis, podem mantê-la em condições estáveis.

Pois, caso ela fique baixa, acarretará doenças sérias, que somente podem ser curadas por remédios. Nesse sentido, a serotonina é chamada por médicos de estabilizador natural do humor. Em resultado, seu estado de humor pode, sim, abalar seu organismo.

Sintomas de serotonina baixa | Como identificar serotonina baixa?

De antemão, a serotonina baixa prejudica, significativamente, a sua qualidade de vida, sobre o aspecto físico e psicológico. Tendo em vista que a baixa concentração de serotonina no organismo é indicada quando a pessoa tem alguns sintomas característicos, como:

  • irritabilidade;
  • mau-humor extremo;
  • diminuição do desejo sexual, baixa libido;
  • dificuldade intelectual no aprendizado;
  • falta de memória;
  • sem concentração em suas atividades, até mesmo as básicas;
  • insônia;
  • dor de cabeça e enxaqueca;
  • cansaço e fadiga;
  • distúrbio alimentar e má digestão;
  • mau funcionamento do intestino.

Com a serotonina baixa o corpo reage negativamente, principalmente em relação, a transtornos psíquicos. Em resultado, facilita o surgimento de depressão, transtorno de ansiedade e distúrbios do sono.

Causas da serotonina baixa | O faz a serotonina cair?

Embora os hábitos de vida saudáveis podem ter um dos principais causadores da serotonina baixa, importante salientar que o fator genético, também, pode ter influência nos níveis de serotonina.

Além disso, ter uma dieta errada, sem minerais, vitaminas e aminoácido triptofano (ômega 3), pode diminuir a serotonina consideravelmente. Condições de estresse, sonos irregulares, intestino preso, são também fatores prejudiciais à sua produção no organismo.

Vale enfatizar que uma pessoa em estado de estresse tem seu nível de cortisol aumentado. Em seguida, a serotonina cai rapidamente.

Tratamento para serotonina baixa | Como aumentar a serotonina?

Como visto, a serotonina baixa pode desencadear diversas patologias pelo seu corpo. Nesse sentido, a cura, ou até mesmo a prevenção, se relaciona intimamente a alimentação e a prática regular de atividades físicas.

Nesse sentido, não busque somente tratamentos por remédios, se deve “cortar o mal pela raiz”. Busque a origem da serotonina baixa e traga mudanças gradativas à sua rotina, principalmente em sua dieta. Então, segue algumas dicas essenciais, tanto para cura quanto para prevenção:

Boa alimentação

Confira abaixo alguns alimentos essenciais para lhe ajudar na produção de serotonina:

  • cereais integrais;
  • tomate;
  • abacaxi;
  • banana;
  • leite e derivados;
  • vinho;
  • carnes magras;
  • chocolate preto;
  • sementes;
  • castanhas;
  • feijões;
  • ovos.

Outras medidas

Além disso, outras medidas também auxiliam com a serotonina baixa:

  • práticas regulares de atividades físicas;
  • soluções para relaxar e reduzir o estresse, como a meditação;
  • tomar sol;
  • dormir bem;
  • suplementos alimentares;
  • medicamentos.
  • ter momentos de lazer, como passeios, festas e ter relações sexuais.

Vitaminas

Como as vitaminas têm grande influência sobre a serotonina baixa, segue abaixo alguns suplementos vitamínicos que estimulam sua produção:

  • vitaminas do complexto B
  • vitamina B9;
  • B12;
  • B6
Leia Também:  Doenças psicossomáticas: o que são, lista das 40 mais comuns

Baixa serotonina é o motivo da depressão? Quando procurar ajuda profissional?

Estudos indicam que a baixa serotonina tem relação direta com a depressão. Como ela é um neurotransmissor, objetiva direcionar “mensagens” do cérebro ao corpo. Em resultado, a serotonina baixa pode levar a patologias mentais, como a depressão.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Assim, se a baixa da serotonina ter consequências mais graves no corpo, como a depressão, é importante buscar ajuda médica. Nesse sentido, serão, possivelmente, receitados medicamentos que estimulem a produção de serotonina e regulação de sua atividade cerebral.

    De acordo com especialistas da medicina, os remédios antidepressivos ajudam, para que o paciente melhore seu humor e reduza seus níveis de ansiedade e tristeza. Assim, resulta em diminuição da ansiedade, com a captação do hormônio no sistema nervoso central.

    Ou seja, a serotonina funciona como um estabilizador de humor. Sendo assim, em níveis mais baixos, pode causar sentimentos de tristeza profunda, solidão, angústia, sentimento de incapacidade, dentre outros indicativos de depressão.

    Fique de olho nos sintomas, não deixe a serotonina baixa em seu corpo

    Nesse sentido, a serotonina tem um papel fundamente no sistema nervoso, atuando em diversas funções corporais. Como, por exemplo, humor, apetite, atividade motora, temperatura do corpo, qualidade do sono e funções cognitivas. Então, vale pena você cuidar disso!

    Portanto, o equilíbrio dos níveis de serotonina nas funções cerebrais podem, sobremaneira, prevenir doenças psicológicas diversas, como depressão e transtorno de ansiedade. Então, necessário manter a constância de seus hábitos de vida saudáveis, além de retirar os estressores de sua vida.

    Enfim, é imprescindível que você mantenha seus níveis de serotonina controlados, para conseguir ter uma vida com bem-estar e longevidade.

    Então, você está com todos os sintomas e nem imaginava que isso poderia ser serotonina baixa? Conte para gente o que você está passando e tire todas suas dúvidas, deixei seu comentário logo abaixo deste artigo. Ainda mais, saiba que o seu comentário também pode ajudar alguém que esteja passando pela mesma situação.

    Gostou deste conteúdo? Curta e compartilhe em suas redes sociais. Dessa forma, estará nos incentivando a continuar produzindo conteúdos de qualidade para nossos leitores.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.