diferenças entre gostar e amar

12 diferenças entre gostar e amar

Posted on Posted in Comportamento

Para muitos, amar e gostar são a mesma coisa, sendo que em intensidades diferentes. Entretanto, devemos informar que não é bem assim e a coisa é bem mais profunda do que parece. Entenda melhor 12 diferenças entre gostar e amar e como entender melhor o que sente pelo outro.

 

Gostar é o agora, amar é para sempre

Começamos nossa lista de diferenças entre gostar e amar falando sobre intenções e o tempo. Quando se fala em gostar existe um certo imediatismo, embora nada tão desesperador. O presente é o melhor momento para isso e por hora basta, sem mais aprofundamento.

Amar envolve projetar algo mais sólido onde os dois possam caminhar e caber juntos sem disputas. Não se trata apenas de viver o momento, mas também colher o que pode vir após e a longo prazo. Você não se casa com alguém por simplesmente gostar dela, mas, sim, por amá-la e querer que isso dure.

 

Amar também é perdoar

Nem todo mundo é capaz de perdoar porque não possui as ferramentas certas para isso. Quando gostamos de alguém e ela nos faz mal é comum que nos sintamos magoados e busquemos a distância dela. Não que o perdão seja algo difícil, mas dificilmente acontece quando estamos nesse estágio do afeto.

O amar, por sua vez, é um caminho mais fácil de conseguir o perdão por ele se dispor a entender a situação. Claro, quem ama alguém não fará vista grossa ao outro sempre que for vítima de alguma mágoa. Todavia, tem a sabedoria de se libertar da dor que sente e, se for um caminho viável, retornar à relação com mais sabedoria.

 

O gostar está aberto as possibilidades

Entre as diferenças entre gostar e amar, fica claro como cada uma entende o contato que tem com a outra pessoa. Quando amamos alguém, a nossa disposição, energia e cuidados encontram um único destino. Isso não é uma prisão, pois o outro se torna a casa onde guardamos o que é bom e consertamos nossas falhas.

O gostar aprecia ter alguém para ficar junto, mas também cogita outras possibilidades. Já que não tem nada sério, não se sente preso a explorar outras nuances que surgem em seu caminho. Em relação ao relacionamento aberto, esse é um tema que merece mais atenção e não pode ser visto superficialmente.

 

Enquanto o amor se linha, o gostar se espalha

Amar alguém significa que nada mais importará quando os dois estão juntos porque o outro é o seu mundo. Do mesmo modo acontece com você, já que seu amante focará apenas na sua presença. Vocês são o seu próprio universo e o restante do mundo é apenas um sonho.

Por sua vez, gostar pode até abraçar o outro forte, mas isso dura muito pouco tempo e sem um sabor completo. Enquanto se beija, ainda para observar o ambiente ao redor sem e conectar por completo. Basicamente, não se conecta por completo a quem está com ele e no momento que estão vivendo juntos.

 

Limitações

Antes de prosseguirmos, queremos deixar claro que não estamos idealizando o tipo de relacionamento perfeito. Seja ao gostar e ao amar, todo mundo se sente encaixado com aquilo que está disposto a dar. À sua maneira, entende bem o que pode conseguir em relação aos sentimentos e apoio do outro.

NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

Dentro do gostar existe uma dedicação limitada porque não se espera tanto desse contato. Ainda que dormir juntos seja algo bom, o dia seguinte precisa começar urgentemente com os compromissos. O amar se vale de uma entrega em que cada momento conta e mesmo pequenas ações fazem a diferença aos amantes.

Leia Também:  Conhecer-se profundamente: uma análise através da Psicanálise

 

A vista sobre as qualidades é diferente

Uma das diferenças entre gostar e amar mais sensíveis que existem é sobre a vista nas qualidades. Quem gosta admira as qualidades do outro, mas acaba se importando com os defeitos, mesmo que menores. Por outro lado, quem ama, além de apreciar as qualidades, lida com os defeitos graças a virtudes como:

 

1. Paciência

A tolerância que o amor traz acaba por ajudar no cultivo da paciência em relação ao caminhar do outro. Existe uma clareza em ver sua real natureza, mas os seus defeitos não são forçados a serem escondidos. O ato de tolerar permite que discussões por bobagens não se criem e abre espaço para uma conversa.

 

2. Aconselhamento e apoio

Além de tolerar, guiar o outro se torna uma constante mútua da relação porque queremos vê-lo crescer. Na conversa se cria um espaço para averiguar cada situação e guiar adequadamente o outro no seu desenvolvimento.

A divisão nas diferenças entre gostar e amar

O ato de amar alguém é enxergar com equidade a vida, necessidades e sonhos que possuem juntos e individualmente. Graças a isso que a divisão de qualquer elemento é melhor distribuída conforme a necessidade e urgência de cada um. Para exemplificar, pense na mãe que permite que seu filho coma mais para que não sofra com a fome.

O gostar consegue dividir tudo o que possui, mas acaba ficando com a maior parte quase sempre. Ele ainda não desenvolveu a sensibilidade de compreender o quanto o outro está precisando. Não se trata de egoísmo, porém necessita de maior vivência e sensibilidade para se equiparar e doar o que precisam.

 

Certezas

Quando amamos outra pessoa temos a certeza sobre o que falamos e sentimos em relação a ela. É dizer um “eu te amo”, mas saber exatamente as motivações por trás disso e os planos seguintes. Já o gostar carrega algumas dúvidas e vazios, de modo que existam muitas possibilidades e espaços em aberto a questionamentos.

 

Cada toque é uma chance de crescimento

O amor envolve viver o agora, entender e absorver o que passou e ter planos ao futuro. Em relação ao gostar é aproveitar o presente sem se preocupar com o futuro e esquecer do passado quase sempre.

 

O valor das desavenças

Qualquer tipo de relação com o passar do tempo viverá os seus momentos de crise. Como dito linhas acima, assim como as falhas, quem gosta vai se prender bastante a esse confrontos. Contudo, aqueles que amam vão usar positivamente a briga que tiveram em favor deles já que:

 

1. Entendem as falhas um do outro

Mais uma vez a tolerância faz surgir um campo neutro em que a avaliação se faz presente. É um momento aberto para que consiga colocar as coisas em ordem e restabelecer a união. Aqui há disposição para ouvir, entender e perdoar se for necessário e cabível.

 

2. São amigos

Uma das coisas mais fascinantes no amor é a disposição que um tem para ser o melhor amigo do outro. Nesse caminho podem se compreender com mais facilidade e conversar abertamente sobre qualquer coisa.

 

Os saltos sobre os bloqueios do caminho possuem tamanhos diferentes

Outra das diferenças entre gostar e amar é a disposição em lidar com os desafios da relação. Para quem gosta, as tentações, desavenças, crises, egoísmo e ciúmes tendem a ser mais sentidos e repetidos. Quem ama sabe lidar bem com isso e por mais difícil que seja, sempre consegue sair bem da situação.

Leia Também:  O que é amor? 10 ideias cientificas sobre o amor

 

É permitir que o outro se vá quando é necessário

Para encerrar as diferenças entre gostar e amar, o ato de dizer adeus também difere entre um e outro. Embora não seja algo ruim, o gostar se mostra mais egoísta, não aceitando o término ou necessidade do outro ir. Isso é o contrário do que acontece no amor porque queremos que o outro seja feliz, conosco ou não.

 

Afinal, quais as diferenças entre gostar e amar

O texto de hoje carrega algumas impressões gerais sobre as diferenças entre gostar e amar porque esse é um tema subjetivo. Embora seja algo sensível verificar algumas instâncias distintas, é extremamente complexo categorizar com precisão esses dois campos. O melhor termômetro para isso seria a nossa própria vida junto ao parceiro.

Ainda assim, o texto acima serve de gatilho para pensarmos sobre a forma como temos conduzido nossos relacionamentos. Certamente o significado de amar e ser amado, gostar e ser retribuído ganhou novos contornos até aqui. Em relação ao que é bom, sempre devolva tudo aquilo que te deram e continuam dando.

A fim de que possa entender melhor as diferenças entre gostar e amar, se inscreva em nosso curso online de Psicanálise Clínica. Com nossas aulas terá sensibilidade para gerir suas próprias emoções com autoconhecimento e confiança em qualquer situação. Entenda como a Psicanálise revela o seu potencial e te aproxima mais fácil de suas conquistas de vida.

One thought on “12 diferenças entre gostar e amar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 2 =