dicionário de Psicanálise

Vocabulário e dicionário de Psicanálise: 7 melhores

Posted on Posted in Psicanálise, Teoria Psicanalítica

Compreender alguns dos conceitos mais complexos ou comuns da Psicanálise pode ser tarefa difícil sem uma guia adequada. Seja por sua natureza ou pouca usabilidade, nem todo mundo possui uma intimidade significante com esse trabalho. A fim de resolver isso, confira a lista e selecione um dicionário de Psicanálise para começar a sua leitura.

“Dicionário de Psicanálise”, Michel Plon & Elisabeth Roudinesco

Esse dicionário de Psicanálise faz uma listagem de todos os elementos da Psicanálise. Considerando o último século, mapeia os caminhos construídos pelo saber único em torno de 800 verbetes. Sendo uma obra de conteúdo tão rico, fica mais acessível estabelecer diretrizes para um mergulho nas águas do esclarecimento.

Aqui se encontram conceitos populares ou desconhecidos, países de implante e a biografia dos protagonistas citados. Sem contar artigos únicos na edição brasileira, disciplinas beneficiadas, entidades psicopatológicas criadas e áreas em que foi inspirada. Além disso, casos clínicos, fenômenos psíquicos e técnicas de cura utilizadas.

Uma das melhores coisas no Dicionário de Psicanálise é que existe uma vastidão de ideias e correntes no livro. Contudo, em momento algum nenhuma delas fica de lado ou supervalorizada, de modo a sufocar as demais ideias. Esse equilíbrio ajuda a fixar melhor a relevância de todas as correntes citadas ao longo das páginas.

“Vocabulário da Psicanálise”, Jean Laplanche & Jean-Bertrand Pontalis

O Vocabulário da Psicanálise, escrito por Laplanche e Pontalis, é uma das obras mais conhecidas na área. Sendo referência, o projeto trata a Psicanálise de um modo geral, mas sendo algo que é completamente acessível e relevante. Caso não tenha uma base prévia no assunto, esta é uma ótima oportunidade para se inteirar e educar.

Esse manual alfabético trata de temas importantes ao estudo, como libido, amor, sonho e surrealismo, por exemplo. Essas temáticas se mostram pertinentes no instante em que se procura meios de aprimoramento pessoal e social. Assim que compreendermos melhor os elementos mais básicos de nossas vidas, encontraremos mais facilmente as repostas necessárias.

Sem contar que Vocabulário da Psicanálise analisa a Psicanálise de uma forma nacional, por assim dizer. Com isso, aborda os conceitos que foram progressivamente elaborados para explicar suas descobertas.

“Vocabulário contemporâneo de Psicanálise”, David E. Zimerman

Esse dicionário de Psicanálise possui diversas abordagens realizadas de forma concisa, mas ainda eficaz. Conta com 900 verbetes sobre técnica, teoria e também biografias dos principais psicanalistas do meio. Simples, rápido e com uma leitura envolvente, te ajudará a centralizar seus conhecimentos nesta área.

“As palavras de Freud- O vocabulário freudiano e suas versões”, Paulo César de Souza

Aqui se questiona quais os caminhos utilizados para a criação de uma terminologia científica pessoal utilizados por Freud. Neste vocabulário de Psicanálise, há um debate sobre a criação e tradução de obras originais e como o seu real significado pode encontrar barreiras nas traduções. Além disso, marca também:

Estudo de termos essenciais

Independente da linguagem, existem palavras que são imutáveis em sentido e grafia. Por outro lado, outras precisam ser adaptadas para que se preserve seu sentido ou mesmo mude ele à nova realidade. Estudar os termos essenciais e as modificações necessárias se torna um objeto recorrente aqui.

Repaginação da obra

Em alguns lugares do mundo, muitas das traduções corromperam o sentido inicial dado por Freud. Vistas como ineficazes, o propósito agora é atualizá-las e mantê-las fiéis ao seu sentido original.

Leia Também:  Mudar de carreira e tornar-se psicanalista

Revitalização e acompanhamento

Após a segunda proposta ser alcançada, a ideia também é compreender o novo Freud que os autores julgam ter encontrado. Não apenas isso, mas também avaliar e acompanhar o progresso contínuo da Psicanálise no mundo.

“Vocabulário básico da Psicanálise”, Jacques Andre

A proposta desse dicionário de Psicanálise é ir além de apenas reunir um grupo de palavras da área. Selecionando 100 verbetes, a ideia agora é trazer a ideia de teoria e prática psicanalítica de uma vez só. Já que os dois estão como que inseparáveis, tal retorno acaba sendo feito de modo instintivo e natural.

Assim, nós temos diversas noções-chave da teoria psicanalítica que se interligam próximo de figuras do sofrimento psíquico. Nisso, temos eu, supereu, Édipo, transferência… se ligando a anorexia, adicção, depressão, fobias, paranoia…

Não apenas isso, mas também algumas ideias mais incidentes são abordadas de forma original pela Psicanálise. Por exemplo, crise de adolescência, indiferença, vergonha, mentira, indiferença, ternura… Mesmo se mantendo em sua linha original de trabalho, o dicionário consegue captar e abraçar o novo.

NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

“Clínica psicanalítica com crianças”, Carlos Blinder e Joseph Knobel

Esse dicionário de Psicanálise é voltado diretamente a quem busca se voltar à Psicanálise para crianças. Ainda que muitos não saibam, esse tipo de terapia também pode ser realizada com os pequenos. Para alcançar isso, os autores explicam sobre:

Expressões infantis

Blinder e Knobel apontam a pluralidade das expressões utilizadas pelas crianças. Nesse caminho, fica difícil encontrar um modo exato de fazer uma interpretação delas. Entretanto, é possível, sim, entender melhor os mecanismos que envolvem o vocabulário das crianças em sua rotina.

Novas abordagens

O mundo moderno trouxe novas perspectivas a respeito da Psicanálise, especialmente às crianças. Nesta obra, também fica evidente a inclusão dessas novas abordagens de acordo com a criança de hoje. As teorias psicanalíticas da nova era se mostram uma mergulho no progresso e revitalização sobre a mente humana.

Inclusão dos pais

Esse vocabulário de Psicanálise também inclui o trabalho realizado pelos pais na criação psicanalítica dos filhos. Isso vai permitir que possam lidar melhor com as brincadeiras, estudos, relacionamentos e até a interpretação dos sonhos infantis.

“Sexual: A sexualidade ampliada no sentido freudiano”, Jean Laplanche

Os escritos de Laplanche feitos entre 2000 e 2006 descrevem seu progresso na “revolução copernicana inacabada”. Aqui é descrito seu modelo do psiquismo humano, mergulhando mais em ideias metapsicológicas. Isso acaba por envolvê-lo em ideias polêmicas, como Édipo e castração, os nomeando como esquemas de narração distantes de fantasias originárias.

Não o bastante, também aborda a questão de sexo, gênero e apego, indo além em outras áreas do nosso pensamento. Aprofundando-se em diversas interrogações, Laplanche segue novos fundamentos da Psicanálise. Sendo metódico e bastante elucidativo, o autor indica abordagens e traduções que servem de avanço nesse trabalho.

Nesse caminho, se cria uma nova maneira de refletir sobre a alma do ser humano. Com isso, se tem a possibilidade de unir todo esse estudo com outros modelos psicanalíticos. Isso sem contar as disciplinas laterais, como a Psiquiatria ou Antropologia.

Considerações finais sobre dicionário de Psicanálise

Ter em mãos um dicionário de Psicanálise é uma aquisição valiosa ao entendimento dessa psicoterapia. Compreendendo os termos inerentes a esse estudo, fica mais fácil desenvolver um senso a respeito do crescimento e transformação humana. Um dicionário, mesmo sem imagens, costuma ser a porta para o mundo.

Leia Também:  O que é psicologia reversa?

Com isso, indicamos a leitura das obras descritas acima, com cada uma tendo seu valor pessoal. Independente do estágio de sua vida, encontrará reflexões importantes ao seu crescimento e futuro.

Para que faça uma transformação completa em sua vida, se inscreva em nosso curso de Psicanálise Clínica 100% online. Caminhando com ele, compreenderá melhor a sua própria essência e como alcançar seu aprimoramento pessoal e evolução do potencial. Ter um dicionário de Psicanálise em mãos junto ao nosso curso no currículo abrirá as portas da plenitude que não conseguia enxergar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + 5 =