escuta ativa

Escuta Ativa como gesto de amor e transmutação do sofrimento

Posted on Posted in Conceitos e Significados

Em um mundo onde o endereço mais difícil do mundo é o lugar do outro levando em conta a escuta ativa – dispor-se a ouvir de forma empática e respeitosa a livre associação da pessoa que está aflita e sofre com suas perturbações mentais – é um gesto de amor e de serviço ao próximo único e genuíno na história.

Entendendo a escuta ativa

Nunca – em toda a tradição de pensamento ocidental – alguém se debruçou com tanta determinação e coragem nos rincões da psique humana como Sigmund Freud. Nem os gregos e nem mesmo os romanos, tampouco os medievais e os homens modernos ousaram ir tão longe. Schopenhauer e Nietzsche foram os que mais se aproximaram desse entendimento de que por trás da mente consciente há forças que movem o indivíduo sem que este, na maioria das vezes, tenha consciência disso.

Esse processo investigativo tornou a Psicanálise nesse campo teórico e clínico baseado nessa investigação e interpretação de conteúdos que estão aquém e além daquilo que se mostra nas manifestações perceptíveis, buscando esclarecer seus significados e manifestações. Esses conteúdos não são hipóteses apriorísticas a partir das quais se deduzem conclusões extraídas por força da lógica, mas irrompem desde as instâncias psíquicas que possuem uma energia cujas leis próprias só vieram à luz a partir desse gesto de introspeção e amor de Freud.

Como poderíamos ter compreendido a dinâmica do aparelho psíquico sem Sigmund Freud? Voltar-se sobre si mesmo – sobre os meandros sua própria mente como Freud fez – a fim de entender a mente e o comportamento humano é ir muito além do mero comportamento investigativo que caracteriza o homem da ciência, mas define-se, antes de tudo, como uma busca por si mesmo e por algo que nos caracteriza – “o eu não é mais senhor em sua própria casa” – que acabou por culminar no entendimento do funcionamento do inconsciente e suas implicações dentro do aparelho psíquico: os conflitos e as angústias que se originam nas pulsões.

Escuta ativa e a visão geral do ser humano

Se sua teoria apresenta certa generalidade e universalidade como uma visão geral do ser humano sendo movido por forças que desconhece, ela só foi possível através da introspecção e, principalmente, pela escuta ativa no divã, lugar onde se produziu pela primeira vez a cura pela fala, evento cuja importância não cansamos de reafirmar e redescobrir.

Foi isso o que me trouxe à Psicanálise: ser canal de transmutação dos conflitos e angústias através da escuta ativa, terapêutica e psicanalítica como um gesto de amor ao próximo. Não nos esqueçamos que todo esse movimento investigativo não tem fim em si mesmo, onde o conhecimento desinteressado se basta a si mesmo, mas foi, desde sempre, um movimento que teve por objetivo não apenas compreender ofuncionamento do aparelho psíquico, mas, principalmente, poder intervir nele, levando-o a um funcionamento mais saudável a partir da ressignificação dos significados anteriormente atribuídos a eventos, pessoas ou objetos.

Se – nas palavras do próprio Freud – sua obra provocou a terceira ferida narcísica da humanidade ao erigir conceitualmente o edifício teórico do inconsciente, revelando que as ações dos homens são fortemente influenciadas por forças que foge ao controle racional, ela só foi possível devido à sua busca por autocura e cura das mazelas que afligem aqueles que sofrem pelo mau funcionamento do seu aparelho psíquico.

Leia Também:  Significado de Solidão: dicionário e na psicologia

A obra O Futuro de Ilusão e a escuta ativa

Na obra O Futuro de Ilusão, Freud afirma que dedicou toda a sua vida a fim de acabar com as próprias ilusões e com as ilusões da humanidade, pois são elas que provocam os conflitos e o sofrimento. Se a Psicanálise é a cura pela fala é exatamente pelo fato de o tratamento estar ligado exatamente ao confronto e dissipação das ilusões, a fim de que o indivíduo possa fitar o real tal como ele é, livre de fantasias e ilusões que o distorcem, pois essas são as fontes do sofrimento e da angústia.

A isso ele deu o nome de uma educação para a realidade. Uma educação para a realidade significa que os homens não podem permanecer infantis a vida toda, vivendo de forma fantasiosa e ingênua, sem compreender as forças que o movem a certas direções.

Ao ser perguntado pelos riscos de tal tomada de consciência traria para a humanidade, ele responde que podem até haver, mas que os ganhos se sobressaem sobre os riscos, na medida em que esse é o caminho para o processo de civilizamento do ser humano, como afirmou em O Mal Estar na Civilização.

Conclusão

Diferente dos homens modernos, Freud considera que os seres humanos ainda não haviam alcançado o status de homens civilizados, embora esse objetivo fosse desejável e até necessário, haja vista seu oposto ser a barbárie. O conhecimento e o controle das próprias emoções seriam, doravante a Psicanálise inaugurada por Freud, o principal objetivo das ciências, uma vez que todo o bem-estar na civilização dele dependeriam.

Compreender a Psicanálise e a escuta ativa da livre associação do paciente como um gesto de amor é entender esse gesto como um movimento interno de empatia e respeito pelos conflitos e angústias que o afligem, um gesto de compaixão e de humanidade.

Para um bom entendedor, a grandeza desse gesto inaugural da Psicanálise levada às últimas consequências por Sigmund Freud encontra um paralelo na história: na ação de Jesus que lavou os pés dos discípulos para lhes ensinar a servir uns aos outros. Em ambos os casos, se deduz que o amor é a única energia que tem o poder de transmutar o sofrimento e o egoísmo em saúde e generosidade.

Este artigo sobre Escuta Ativa foi escrito por Tilso Bataglia para o blog do Curso Psicanálise Clínica.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    One thought on “Escuta Ativa como gesto de amor e transmutação do sofrimento

    1. Gostei muito do texto, sinto que é muito próprio e fundamentado na verdade. Muitos pontos apresentados segue um roteiro impressionante que pode culminar em grande êxito para o psicanalista e analizando, um verdadeiro norte em resumo utilíssimo para o sucesso de ambos e a psicanálise.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *