Você já ouviu falar sobre o deus Héracles da mitologia grega? Então, venha entender mais sobre essa figura no nosso post.

Quem foi Héracles na mitologia grega?

Posted on Posted in Psicanálise e Cultura

Você já ouviu falar do Héracles? Talvez com esse nome você não se recorde, mas se falarmos Hércules provavelmente já vem a sua mente o grande herói da Mitologia Grega. Então, venha entender mais sobre essa figura no nosso post.

Hércules ou Héracles?

Quem sabe um pouco sobre a mitologia greco-romana, entende que Hércules é o nome dado pelos antigos romanos ao herói grego Herácles. Aliás, ele é filho de Zeus (ou Júpiter para os romanos). Então, a diferença entre todos os deuses romanos e gregos é tão pequena que, muitas vezes, é difícil distinguir um do outro.

Afinal, o que era para ser comparação entre esses deuses, acabou se tornando uma equivalência de uma cultura para a outra. Por isso, Hércules e Herácles tratam de uma mesma entidade.

O mito de Héracles na mitologia grega

Então, agora vamos conferir o mito desse grande herói da mitologia grega.

Nascimento

Héracles é filho de Zeus, deus dos trovões e senhor do Olimpo, e da rainha de Tirinto, Alcmena. O deus dos deuses ficou muito encantado com a beleza de Alcmena, por isso, tomou a forma de Anfitrião, o esposo dela quando ele estava na guerra.

Então, Alcmena e Zeus tiveram um filho, Héracles. Quando o semideus estava para nascer, o deus dos trovões profetizou algo para os Olímpicos, os principais deuses gregos. Ele disse que o próximo que nasceria na Casa de Perseu seria o Senhor de Micenas.

Contudo, a esposa de Zeus, Hera (deusa do casamento), atrasou o nascimento de Héracles, por conta do ciúme do amor de seu marido por uma imortal. Por isso, o filho de Nikkipe, Euristeu, nasceu primeiro.

Primeiras ações semidivina

Embora Hera tenha tentado se vingar contra o filho de Zeus, essa não foi a sua única tentativa. Quando Héracles era um bebê, a deusa do casamento enviou duas cobras ao berço deles. Mas o semideus consegue pegar cada animal com uma mão e as estrangula. Tudo isso na frente de sua mãe e de seu padrasto.

Anfitrião começou a ter pressentimentos de que aquela criança teria algo muito especial. Então, ele chama o profeta de Zeus, Tirésias, que afirma que o bebê ainda livraria o mundo e os mares de muitos monstros. Aliás, ele venceria os gigantes e ao final de sua vida, viveria no próprio Olimpo, onde só os deuses viviam.

Crescimento de Héracles

Muito orgulhoso de seu suposto filho, Anfitrião determina que ele terá a melhor educação possível. Por conta disso, Héracles aprende artes marciais desde muito cedo. Entre seus professores estava o filho de Apolo, Lino, que é encarregado de ensinar sobre música. Apesar de não ser habilidoso nessa área, o semideus não gostava de receber críticas.

Então, um dia, Lino o criticou durante uma de suas tarefas e, muito bravo, Héracles o mata, atirando sua lira (um instrumento de corda) na cabeça do professor. Temeroso com seus problemas de força, Anfitrião o envia aos Montes Citéron, para vigiar seus rebanhos.

Naquele lugar, Héracles se arrepende do que fizera com Lino. Lá ele cresce e se torna o homem da Grécia. Aliás, é onde ele começa a realizar seus primeiros atos de bravura.

Leia Também:  25 grandes filmes de mitologia grega

Saiba mais…

Quem retorna para o mito de Héracles é Hera, a esposa enciumada de Zeus. Por conta da traição de seu marido, ela não estava disposta a ceder. Héracles recebeu a mão da filha do rei Creonte de Tebas, a bela Mégara.

Isso ocorreu porque ele tinha liberado os tebanos do pagamento dos tributos impostos pelo rei dos mínios, Ergino. Então, um dia, a deusa do casamento faz com que o herói sofra com um ataque de
loucura. Com essas alucinações, Herácles mata os seus próprios filhos, dos quais havia tido com Mégara.

Os 12 trabalhos de Héracles

Uma forma de aliviar essa dor tão terrível que ele sente, ele se coloca a serviço de Euristeu por 12 anos. Ele é seu primo e rei de Tebas, aliás ele era muito invejoso. Então, o monarca recomenda a ele que faça uma série de trabalhos super difíceis, tais como:

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    • trazer a pele do monstruoso leão da Neméia;
    • trazer viva a corça da Cerinéia;
    • limpar o estábulo de Augias;
    • trazer as éguas de Diomedes;
    • trazer o cinturão de Hipólita, a rainha das amazonas;
    • domar o touro de Creta;
    • trazer o cão Cérbero à superfície.

    Após cumprir essas doze tarefas extremamente difíceis, Héracles parou de servir o seu primo. Além disso, ele não pode mais viver com Mégara, devido a morte de seus filhos. Por isso, ele permitiu que ela casasse com seu companheiro de batalhas e sobrinho, Iolau.

    Segundo casamento

    Após realizar outros feitos, Héracles foi para Calidon, as terras do rei Eneu. O monarca tinha uma bela filha chamada Djanira. Entretanto, ela já estava comprometida com o deus-rio Aquelôo.

    Mesmo assim, Héracles também se ofereceu como pretendente a moça. Então, o rei Eneu, que não desejava ir de frente com nenhum dos dois poderosos, prometeu que o vencedor de um duelo, teria a mão de sua filha. Héracles venceu o confronto e, por isso, desposou Djanira. Os dois tiveram um filho, Hilo.

    Morte de Héracles

    Então, a pequena família realizou uma viagem para Tráquis, onde morava um amigo do herói. Quando eles chegaram ao rio Eveno, encontraram o centauro Nesso. Ele cobrava uma moeda para os viajantes atravessarem o rio.

    Héracles não quis ajuda, contudo o centauro transportou Djanira em seus ombros. Na travessia, Nesso ficou enlouquecido pela beleza da mulher e a tocou de forma imprópria. Héracles escutou os gritos de sua amada e acertou as costas dele, com uma flecha.

    Saiba mais…

    Por conta disso, o manhoso centauro, antes de falecer, disse a Djanira que guardasse seu sangue. Isso porque funcionaria para manter o amor do herói para sempre. Assim sendo, ela teceu uma camisa e a banhou com o sangue de Nesso.

    Um dia, Héracles foi realizar um sacrifício aos deuses, como forma de agradecimento à uma vitória. Então, Djanira deu-lhe essa camiseta como presente. Quando ele a vestiu, foi tomado de dores horríveis e feridas que não curavam. Com isso, chegou ao fim a vida do grande herói. Por isso, Djanira, tomada de remorso, se matou.

    Olimpo: o herói vira deus Héracles?

    O herói pede que fosse levado ao monte Eta para cumprir o que oráculo havia lhe dito: que ele terminaria sua vida naquele monte. Então, ele pediu aos seus amigos para fazerem uma pira e queimassem o seu corpo antes de morrer.

    Leia Também:  A importância da leitura para crianças e adolescentes

    A pira preparada, o herói foi colocado sobre ela e colocaram fogo. Nesse momento, escutou-se trovões no céu, e uma nuvem de fumaça cobriu a pira. Contudo, quando os seus amigos buscaram nas cinzas o resto do corpo dele, nada foi encontrado.

    Isso fortaleceu a ideia de que o corpo de Héracles havia ascendido ao Olimpo. Lá, ele foi aceito como um dos imortais, tornando-se um deus. Além disso, a própria Hera aceitou a sua presença. Por fim, ele recebe a mão da deusa da eterna juventude, Hebe, como sua esposa.

    Considerações finais

    Sabe que a mitologia grega e a psicanálise tem uma relação? Então, no nosso curso de Psicanálise Clínica, 100% online, você entenderá mais sobre isso. Com as nossas aulas e os melhores professores do mercado, você compreenderá melhor sobre mitos como o Héracles, além de outras histórias. Então, não perca essa oportunidade e comece ainda hoje! Inscreva-se já.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *