O que é logoterapia? Definição e aplicações

Posted on Posted in Psicanálise, tratamento

Independente de diretriz religiosa e social, todos nós nos perguntamos qual a razão de estarmos vivos. Isso vai muito alem de sentido biológico, procurando uma ponte existencial para responder adequadamente essa pergunta. Movido pela dúvida, descubra o que é Logoterapia e onde a mesma se aplica.

O que é Logoterapia?

A Logoterapia se configura como um sistema teórico que busca sentido para a existência humana. Concebido pelo psiquiatra vienense Viktor Frankl, ela visa questionar algumas bases já existentes e busca um novo significado para elas. A ideia é expandir uma reflexão profunda a respeito de nossa presença neste plano e objetivo.

Esse sistema acabou por se tornar a Terceira Escola de Psicoterapia, sendo esta Vienense, fechando a tríade de pensamento. As outras duas são a Psicanálise de Freud e a Psicologia Individual de Adler. Começou a ser bastante difundida quando Frankl sobreviveu a quatro campos de concentração. Com isso, deduzimos a fonte de sua existência.

Em suma, como aberto acima, afirma que o ser humano tem necessidade em encontrar sentido na vida. Dessa forma, a “vontade de sentido” ganha mais força do que a força motivadora de cada pessoa. Cabe ressaltar que não existem ligações religiosas externas com essa vertente terapêutica. Esta é independente de qualquer influência.

Pilares

A Logoterapia, independente de como se apresente, possui três pilares muito essenciais para construir sua filosofia. Por meio deles, conseguimos levantar questionamentos pertinentes a respeito de nossa permanência aqui, bem como tomar diretrizes. Assim, nos centraremos melhor em nossa busca se observarmos:

Liberdade da vontade

Nós, segundo a Logoterapia, temos liberdade para decidir sem sermos determinados por condições. Somos capazes de tomar atitudes em relação ao que acontece dentro de nós, bem como externamente. A liberdade ganha o sentido de espaço para conduzir nossa vida de acordo com as possibilidades dadas.

Isso advém diretamente da nossa realidade espiritual em relação ao mundo e à própria mente. Ligados ao espírito, nos tornamos capazes de moldar nossas vidas. A partir daí, conseguimos lidar adequadamente com sintomas e recuperar nossa autodeterminação.

Sentido da vida

O sentido da vida aqui é considerado um objeto palpável e distante de qualquer ilusão de cada pessoa. Além disso, os humanos são conduzidos a darem o melhor de si ao mundo notando o sentido em cada situação. Com isso, se ressalta cada potencial em relação sentido. Ao fim, é notado de se manifesta de acordo com a pessoa e ao momento.

Basicamente, esse sistema teórico não impõe um sentido universal à vida. Isso vai de acordo com cada pessoa, dando flexibilidade para entender e moldar as suas vidas de modo mais relevante.

Vontade de sentido

A liberdade do ser humano se configura também no direcionamento deste a algo. Com isso, é levantado que cada um de nós tem um propósito e objetivos a serem alcançados. Quando procuramos por eles, imediatamente procuramos por um sentido em nossas vidas. Sem a vontade de sentido, qualquer um experimenta um vazio existencial e sem sentido.

Assim, a Logoterapia fomenta a busca deste para captar potencialidades com base nas próprias perspectivas.

Consequências da vida sem sentido

A Logoterapia indica que os indivíduos sem essa busca são passíveis de serem atormentados por problemas físicos e psicológicos. Dessa forma, a frustração em não achar o sentido da própria vida acaba se voltando ao próprio corpo e à mente. Isso pode ser visto na agressão, já que este se encontra sensível em relação à falta de uma função.

Leia Também:  Psicanálise para pais: Instruindo-os na criação dos filhos

Além disso, a depressão pode tomar conta de sua vida, diminuindo ainda mais o seu olhar a algo. Caso o quadro existencial continue e ela não seja tratada, pode nutrir tendências suicidas e distúrbios neuróticos. Ademais, as doenças psicossomáticas podem surgir, atingindo de forma sistêmica o indivíduo.

Técnicas

As técnicas às quais Viktor Frankl se valia na Logoterapia servem de base para outros procedimentos criados posteriormente. Ainda hoje, continuam moldando novos métodos e testes. Mesmo após tanto tempo, elas continuam relevantes para a melhor aplicação e estudo do processo. Abaixo, se concentram as mais repercutidas no trabalho de Frankl:

Derreflexão

Indicada para quem possui problemas de insônia ou de cunho sexual, bem como ansiedade. Com uma auto-observação exagerada, acabamos por intensificar algumas percepções e reações prejudiciais a nós mesmos. Com base nisso, a derreflexão consegue romper esse ciclo neurótico e afasta a atenção exagerada nos sintomas negativos.


NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.


Intenção paradoxal

Essa técnica é voltada para quem tem transtornos compulsivos e ansiedade, bem como síndromes vegetativas. Nisso, um médico ou terapeuta auxiliará os pacientes a se sobressaírem. Dessa forma, conseguem superar cada uma de suas obsessões ou ansiedades de autodistanciamento. Isso quebra o círculo de aumento dos sintomas.

Diálogo Socrático

As expectativas aqui podem comprometer qualquer alcance para se chegar ao sentido. Isso porque podem facilmente alienar alguém das potencialidades de sentido a si próprio. Dessa forma, acaba acentuando distúrbios neuróticos ou fazendo destes consequências de atitudes mal-tomadas.

Com o Diálogo Socrático, os pacientes são conduzidos a observar suas atitudes irreais e sem prudência. Com isso, constroem uma perspectiva mais saudável para alcançar uma vida completa. A conversação utilizada aqui traz a possibilidade de realizar um sentido adequado à vida.

Aplicações

A Logoterapia pode ser bem direcionada através de um contato mais coletivo entre terapeuta e paciente. Por exemplo, é perfeitamente encaixável conduzi-la em uma leitura plural, de modo a agregar várias pessoas ao mesmo tempo. Montando um grupo de apoio, é possível trabalhar e fomentar as diversas perspectivas existentes.

Além disso, um grupo de apoio terapêutico também permite a inclusão desse sistema de teoria. Somando com uma terapia mais convencional, o trabalho de resgate a um direcionamento se torna mais eficaz.

Comentários finais: Logoterapia

Como se sabe, a humanidade, por mais conectada que seja, carrega uma visão individualizada da própria vida. Cada um de nós carrega uma perspectiva única que visa dar sentido ao momento existencial que estamos. Essa é a premissa da Logoterapia: conduzir o indivíduo para que este encontre o seu sentido sobre a sua própria existência.

Dessa forma, pode se sentir mais pleno e funcional para usufruir de suas capacidades físicas, mentais, emocionais e sociais. Com a Logoterapia, é possível que ancoremos corretamente nossos esforços para alcançar uma centralidade existencial. Sabemos quem somos, o que somos e o qual o nosso propósito.

Para auxiliar nesse processo de buscas, se inscreva em nosso curso EAD de Psicanálise Clínica. Isso porque o curso fornece um esclarecimento adequado do que procura e te proporciona um autoconhecimento preciso. Sabendo exatamente quem é e o que o motiva, pode partir em relação ao que precisa.

Prezamos pelo maior acesso educacional e financeiro ao aluno a um conteúdo de qualidade. Dessa forma, você tem um curso com valor diminuto e bastante flexível para estudar. Isso permite que monte seus próprios horários, mas sem deixar de receber um auxílio constante e permanente de nossos professores.

Leia Também:  Um resumo da Psicanálise de Heinz Kohut

É por meio deles que absorverá e direcionará o rico conteúdo de nossas apostilas externamente. Quando concluir o curso, receberá pessoalmente um certificado impresso contendo sua jornada e excelência acadêmica. Com tudo isso, não adie mais a oportunidade de se conhecer e encontrar seu sentido. Faça nosso curso de Psicanálise e não deixe de compartilhar o que significa logoterapia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete + 14 =