respeitar a opinião dos outros

Opinião dos Outros: como saber quando (não) importa?

Posted on Posted in Comportamento

Assim que nós paramos de nos importar com a opinião dos outros, sentimos liberdade. Nunca é fácil, visto que nós acabamos lidando com bastante ignorância pelo caminho. Mesmo assim, se você deseja ficar livre dessas amarras, nós te daremos algumas dicas de como fazer essa mudança de forma mais tranquila.

Você precisa mesmo da aprovação dos outros?

Você acha que a opinião dos outros é algo tão relevante para a sua vida? Algumas pessoas responderão que “sim”, pois precisam da aprovação alheia para se encaixarem. Contudo, nós devemos evitar julgamentos, já que cada pessoa tem uma vida e vivências diferentes.

Quando você dá muito valor para opinião alheia, você também deixa de lado a sua vontade e opinião. Além disso, você fica mais angustiado tentando descobrir o que falarão de você. Em outras palavras, você vira um refém dos comentários alheios porque teme ser rejeitado ou ficar sozinho.

Mesmo que seja difícil, nós devemos cortar a influência dos outros sobre nossas atitudes. Caso o contrário, nós desistiremos de muitas coisas a fim de agradar a sociedade. Você precisa apenas da sua opinião para seguir com sua vida e construir a sua felicidade.

Quando querem, as pessoas sempre falam

Talvez você já desistiu de fazer alguma atividade porque temia a opinião dos outros. Mesmo que você tenha desistido de algo, sem dúvida, já recebeu comentários negativos ao seu respeito. Nós afirmamos que, se as pessoas quiserem, elas falarão de nós, para o bem ou para o mal.

Ou seja, é possível que você faça algo ruim e seja criticado, assim como fará algo bom e também será criticado. Por exemplo, uma pessoa que faz uma doação pode ser questionada porque não levou mais donativos. Nesse caso, as pessoas que criticaram essa atitude focaram mais no que não estava sendo levado do que na boa ação em si.

Portanto, você aprenderá na vida que se alguém quiser falar ao seu respeito basta que você respire. Você nunca deve ter medo de ser julgado pelo que os outros acham. Isso porque você jamais deve permitir que os comentários alheios te impeçam de fazer algo positivo para si.

Quanto custa a sua felicidade?

À medida que você se preocupa com a opinião dos outros, você desgasta a sua saúde e energia. É como se você abandonasse a si mesmo, de modo que as suas atitudes servem apenas para agradar os outros. Pense: você confia em si ao ponto de acreditar que sua opinião é a que importa?

Caso você continue a se importar com a opinião alheia sempre se sentirá preso aos outros. Dessa forma, você não será feliz como merece, visto que não agrada a pessoa que importa de verdade: você mesmo. Assim, busque tomar uma postura mais ativa, evitando ceder à preocupação do que dizem.

Respeite a sua história

Que tal você buscar referências na sua própria trajetória de vida? Assim como outras pessoas, você vive e aprende bastante com as experiências que constroem sua história. Logo, será importante para você confiar mais nas suas vivências com o propósito de fortalecer sua autoestima.

Leia Também:  Como fazer um TCC: tema, escrita e revisão

Muitas pessoas têm o hábito de buscar referência na vida de pessoas próximas ou famosas. Tanto que elas se importam bastante com a opinião dos outros em vez de se escutarem. Logo que elas compreendem do que são capazes, não se importam mais com opiniões alheias.

Ao passo que você descobrir o seu potencial, você entenderá que não precisa ficar pensando em como ouvir a opinião dos outros. Nós aconselhamos que você desenvolva também o senso auto avaliação, já que você será seu único crítico. Acima de tudo, você será mais afirmativo em relação ao que deseja, pois deverá agradar a si.

Quebre os seus padrões de avaliação

A seguir nós daremos a você algumas dicas de como não desejar a opinião alheia na Psicologia:

  1. Ame-se mais sendo quem é de verdade: uma pessoa com capacidades incríveis;
  2. Inspire-se em alguém que admira, mas somente para entender como ela iniciou uma mudança pessoal;
  3. Use um diário e anote os seus desejos, valores e metas a fim de se reavaliar. Dessa forma você perceberá o quanto tem amadurecido;
  4. Tenha em mente que você não precisa que as pessoas aplaudam tudo o que você faz;
  5. Lembre-se de que você nunca agradará todas as pessoas sendo quem é de verdade. Portanto, evite o desgaste de se modificar para agradar alguém.

Reflexões

Não é ruim pedir a opinião de conhecidos e amigos, contato que você não as considere absolutas. O erro de algumas pessoas é esperar que os outros lhe digam o que fazer. Nesse caso é importante que elas procurem um aconselhamento especializado de um analista para conseguirem desenvolver o seu autoconhecimento.

Pessoas que desenvolvem autoconhecimento também ganham mais autonomia para pensar e agir. Nós podemos desenvolver e fortificar o nosso autoconhecimento em qualquer época da vida. Logo que você desenvolver essa percepção interior, descobrirá o que é capaz de realizar.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Dicas

    A nossa equipe reuniu cinco dicas para você aprender como não se importar com a opinião dos outros. Mesmo que nós devamos respeitar a opinião dos outros, precisamos dar ainda mais valor para a nossa: Sendo assim:

    1. Descubra o que importa

    Conheça os seus valores para você entender o que importa de verdade na sua vida. Você jamais permitirá que a pressão externa te faça dizer “sim” para tudo.

    2. Imponha-se

    Você deve se impor, mas sem parecer arrogante ou soberbo. Tenha honestidade consigo e com o que pensa.

    3. Cerque-se de pessoas autoconfiantes

    Ficar próximo de pessoas que confiam mais em si servirá de exemplo para você ter mais autonomia.

    4. Enumere os seus medos

    Faça uma lista com os seus medos e as coisas que não gosta. Em seguida, você se desafiará a superar os medos um a um para sair da sua zona de conforto.

    Por exemplo, se não gosta de falar em público, experimente participar de reuniões pequenas. O importante é você tentar superar as situações que te deixam desconfortável.

    5. Saia sozinho mais vezes

    Que tal você sair sozinho mais vezes e experimentar a própria companhia de vez em quando? Faça uma refeição em um restaurante que gosta, vá ao cinema, visite o museu ou viaje sozinho. Talvez você fique desconfortável de início, porém entenderá mais a respeito de si e das suas vontades.

    Leia Também:  Sonhar com guarda-chuva ou sombrinha

    Considerações finais sobre opinião dos outros

    Nós devemos evitar que a vontade e opinião dos outros controle as nossas vidas. É normal você querer um conselho, mas não deve permitir que os outros direcionem a sua vida.

    Além disso, você jamais desistirá da sua vontade por causa do que podem falar ao seu respeito. Lembre-se que se você faz algo certo ou errado as pessoas comentarão da mesma forma. Logo, a sua obrigação é fazer o que te faz feliz sem se preocupar com o que outros pensam.

    Você aprenderá como não se importar com a opinião dos outros se inscrevendo em nosso curso online de Psicanálise. Com a ajuda do nosso curso você terá a autonomia necessária para desenvolver autoconhecimento e o seu potencial completo. Garantindo a sua vaga agora mesmo você poderá transformar a sua vida desde já!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *