ciência da complexidade

Significado de Complexidade

Posted on Posted in Teoria Psicanalítica

Hoje em dia, as pessoas se confundem com o significado de complexidade, pois acham que significa algo de difícil compreensão. Mas, na verdade, o real sentido de complexidade não é tão direto assim. Em outras palavras, não pode ser descrito por um dicionário.

O termo complexidade vem do latim complexus, que significa: “aquilo que está tecido junto”. Por isso, pode-se dizer que tudo na sociedade e no mundo está tecido junto. Portanto, a complexidade é aquilo que forma as redes nas quais tudo está conectado a tudo.

Sendo assim, hoje vamos falar sobre o que é uma infinidade de sistemas. Bem como sobre a contínua interação desses fenômenos, tanto da natureza, como dos fatos da vida. Afinal, para saber mais sobre esse conceito, é preciso o quanto antes, conviver com ele.

O que é complexidade?

Toda a dinâmica envolta das redes de eventos, pessoas e países, acaba por gerar uma imensa incerteza acerca de como as coisas vão evoluir, bem como vão se comportar. Por isso, para efeitos práticos, podemos chamar a complexidade de incerteza.

Quanto maior o grau ou o nível de incerteza de um determinado sistema, maior será a complexidade desse sistema. Por outro lado, o que determina o nível de complexidade de um sistema, é o número de conexões que tem entre os componentes.

A não-linearidade é uma característica principal que atravessa todas as áreas de sistemas complexos. Afinal, muitos dos fenômenos que estamos interessados em descrever não são lineares. Por exemplo, a mudança de regime dentro de um ecossistema ou da sociedade.

Ciência da complexidade

Uma nova abordagem ou método, surgiu nas últimas décadas. Serviu para apresentar um novo paradigma em relação ao método padrão de investigação científica. Também é conhecido como ciência tradicional. A ciência popular tenta tirar a complexidade ao estudar o elemento individual de um sistema de um ambiente isolado.

Por outro lado, a ciência da complexidade coloca maiores exigências sobre sistemas abertos. Ou seja, entender os sistemas complexos dentro do complexo das relações que lhe dão contexto. A ciência tradicional é reducionista e usa principalmente modelos matemáticos lineares e equações como base. Enquanto a ciência da complexidade usa conceitos de teoria da complexidade.

Você está gostando do nosso post? Então, comente abaixo o que você está achando.

Conceito de complexidade

Auto-organização, teoria de redes, adaptação e evolução são alguns dos conceitos da teoria da complexidade. Ou seja, ao contrário de observar as coisas por meio das leis da natureza, bem como pelas equações, a ciência da complexidade estuda as lacunas que essa exatidão da ciência tradicional deixou.

A teoria da complexidade serve para a modelagem e análise de sistemas complexos dentro de uma variedade de domínios. Sendo assim, nela tem quatros áreas principais que abrangem as diferentes perspectivas em sistemas complexos.

A ciência da computação e da informação se desenvolveu junto com a teoria da complexidade. Por isso, as duas áreas continuam a ser um dos poucos contribuintes principais para a teoria da complexidade de muitas maneiras diferentes.

Teoria do caos da complexidade

A teoria do caos é um estudo dos sistemas dinâmicos não-lineares. Além disso, foi um dos grandes desafios para o paradigma newtoniano que compunha o nosso principal corpo de conhecimento científico.

Leia Também:  Mãe Narcisista e Mãe Super Protetora

Um dos princípios fundamentais da teoria do caos é o chamado efeito borboleta. Afinal, é o efeito borboleta que prova que as forças da formação do clima são instáveis. Bem como os efeitos maiores são por causa das influências externas.

Porém, as organizações não colocam muita fé na teoria do caos por causa dos padrões de gerenciamento. Isso porque são fixadas em estruturas, ou seja, não permitem adicionar desordem no plano estratégico.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Teoria das redes complexas

    Por meio da teoria das redes, podemos ver as conexões dentro dos sistemas financeiros, nas quais o contágio se espalha. Além disso, o movimento em tempo real de cargas ao redor do mundo, bem como as redes sócio políticas que influenciam as nossas vidas.

    Nesse sentido, uma rede corresponde a um garfo ligado por meio de arestas, que representam um conjunto de formação de redes. Por fim, essa rede representa vários tipos de garfos que permite representar relações.

    O estudo das redes é de muita importância para áreas como:

    • biologia;
    • psicologia;
    • redes sociais;
    • redes de comunicação.

    Afinal, essas áreas têm muitos modelos de dinâmicas e análises, bem como ligações.

    Teoria do sistema adaptativo complexo

    Os sistemas adaptativos complexos são sistemas que agem e reagem de acordo com o comportamento dos outros. Como por exemplo:

    • um cardume de peixes nadando juntos;
    • países dentro de um ambiente de política internacional;
    • empresas em um mercado.

    Essa teoria é um caso especial do sistema complexo. Uma vez que são diversos sistemas que têm a capacidade de mudar. Bem como de se adaptar e aprender com a experiência.

    Dessa forma, são sistemas capazes de se manterem a si mesmos e ajustados às mudanças que ocorrem em seus ambientes. Por exemplo, organismos biológicos, bem como as comunidades humanas e etc.

    Teoria da auto-organização

    A teoria da auto-organização trabalha em como os sistemas se diferenciam e se integram sem coordenação centralizada. Por isso, essa área teve grandes contribuições da ecologia, cibernética e informática. A auto-organização do sistema é sobre a gênesis da estrutura funcional e até mesmo do sistema. Que ao mesmo tempo em que transforma, se adapta, se reproduz e se supera.

    Por fim, a organização do sistema é o comportamento das partes já determinadas pela inovação. Elas são feitas por meio da autonomia, da incerteza e da imprevisibilidade.

    Você gostou do nosso post? Então, comente abaixo o que você achou! Além disso, continue lendo, pois temos um convite para você. Confira!

    Considerações finais sobre o significado de complexidade

    Por isso, a auto-organização, o caos, as redes e as adaptações dos sistemas complexos querem não apenas por laços de realimentação por meio de equações não-lineares. Mas também, por novas formas de comportamentos em sistemas abertos.

    É muito difícil prever o futuro. E uma prova são os níveis de complexidade com os quais todos nós precisamos lidar. Ainda assim, muitos projetos falham por ser muito complexo e não pelo contrário.

    Se você tem curiosidade de entender mais sobre o significado de complexidade, te convidamos para saber mais sobre o nosso curso online de psicanálise. Assim, essa é uma boa chance para você compreender mais sobre os comportamentos complexos em que vive. Não só isso, mas também a complexidade de si próprio. Então, não perca essa chance de mudar de vida!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *