transtorno de personalidade infantil

Transtorno de Personalidade Infantil (TPI)

Posted on Posted in Transtornos e Doenças

O transtorno de personalidade infantil (TPI) vem se tornando um dos assuntos mais comentados pelos profissionais da área de saúde. A quantidade de jovens e adolescentes que possuem problemas de transtorno mental é cada vez maior. Por isso é importante saber sobre o assunto!

Transtorno de personalidade infantil, o que é?

Os transtornos de personalidade são definidos como padrões de experiência que o indivíduo viveu. Uma pessoa que possui transtorno de personalidade frequentemente se comporta de maneira diferente, possuindo condutas inapropriadas, que são diferentes das outras crianças.

Geralmente, as que têm transtorno de personalidade-dependente tendem a apresentar comportamentos e reações diferentes das dos demais jovens. Dessa forma, elas são mais insensíveis, impacientes e intolerantes.

Características do Transtorno de Personalidade Infantil

O ambiente em que o adolescente vive interfere bruscamente no desenvolvimento da personalidade infantil. Nesse contexto, existem casos em que a criança obrigatoriamente tem que conviver com pais alcoólatras e familiares com problemas mentais.

Assim, de certa forma o convívio em ambiente instáveis afeta o desenvolvimento da personalidade da criança.

É importante dizer ainda que o diagnóstico do transtorno de personalidade costuma ocorrer na adolescência. Ainda assim, também pode acontecer no início da idade adulta.

Os comportamentos listados abaixo são características de crianças com transtorno de personalidade

  • Insensibilidade com o sentimento do próximo;
  • hábitos de mentir;
  • comportamentos agressivos;
  • impulsividade a todo instante;
  • colocar a culpa no próximo;
  • quebrar objetos ou incendiar a casa onde vive.

Sempre consulte um médico profissional para obter um diagnóstico correto

Crianças com transtornos de personalidade tendem a ter dificuldade em iniciar e manter relacionamentos saudáveis com outras pessoas. O comportamento diferente pode fazer com que elas se sintam solitárias e sem esperança.

Além disso, os distúrbios de personalidade podem prejudicar a capacidade dessas pessoas de ter amigos devido aos sintomas presentes, os quais interferem nas suas atividades sociais. Por exemplo, uma criança com transtorno de personalidade tende a agir por impulso.

Por causa disso, ela pode acabar entrando em conflitos. Em vista disso, é possível que ela bata num colega que não quer brincar com ela, em vez de explicar que deseja jogar. Isso porque esse comportamento impulsivo acaba fazendo com que ela se torne violenta. Como resultado, pode ser difícil para uma criança com transtorno de personalidade fazer amigos na escola e também mantê-los.

Mudanças no humor no transtorno de personalidade

Um traço comum que os pais observam nos seus filhos que têm transtornos de personalidade é uma mudança no humor ou nos sentimentos gerais expressos.

Isso porque essas crianças costumam expressar os seus sentimentos de várias maneiras. Quando estão se sentindo tristes, por exemplo, elas podem ter dificuldade de concentração, criticar os colegas, ficar irritadas ou socialmente retraídas.

Além disso, uma criança com transtorno de personalidade geralmente diz que se sente “vazia” ou apresenta um distanciamento dos outros.

Entenda o transtorno de personalidade

Os transtornos de personalidade podem distorcer a autoimagem de crianças e adolescentes ou o seu senso de identidade também. Além disso, muitas crianças também manifestam sintomas físicos, como dor de cabeça ou estômago embrulhado.

Outras vezes, as crianças podem ter fortes explosões emocionais, que são descritas como desregulação emocional.

Comportamentos autodestrutivos do transtorno de personalidade

Os comportamentos autodestrutivos também podem ser um sinal de um possível transtorno de personalidade. Esses comportamentos incluem automutilação (ou seja, cortes no corpo) e pensamentos em machucar a si mesmo ou a outros. Assim, a criança pode manifestar o desejo de:

NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

  • bater a cabeça na parede;
  • se beliscar;
  • morder a pele;
  • puxar os cabelos;
  • machucar alguém próximo com objetos.
Leia Também:  Ansiedade nos dias atuais: o que fazer?

Ademais, uma criança ou adolescente também pode ter comportamentos de risco. Alguns exemplos incluem fugir à noite, participar de atividades perigosas arriscando a própria vida ou começar a usar substâncias ilícitas.

Portanto, os pais devem monitorar e lidar com esses comportamentos tentando auxiliar esse jovem sempre que possível da melhor forma. Afinal de contas, a criança corre o risco de ferir a si mesma ou pessoas ao seu redor.

Diagnósticos do transtorno de personalidade

O diagnóstico é realizado por meio de uma entrevista com o adolescente quando os seus pais estiverem presentes. Na ocasião, o médico fará uma série de perguntas relacionadas à rotina diária da criança.

Vale dizer ainda que os possíveis sintomas de transtornos de personalidade podem ser confusos e opressores para o indivíduo.

Dessa forma, quanto mais rápido for realizado o diagnóstico do transtorno de personalidade melhor será para os familiares cuidarem do jovem e o auxiliarem nas dificuldades que ele poderá ter.

Transtorno de personalidade infantil-dependente

Pode acontecer da criança mostrar a necessidade excessiva de cuidado dos pais. Nesse caso, ela pode ter personalidade infantil-dependente. Nesse caso, é importante que os pais a incentivem a fazer o seu tratamento para que ela não perca a sua autonomia. Dessa forma, vale a pena ver observar o transtorno de personalidade infantil na psicologia!

Tratamentos dos distúrbios de personalidade em crianças

A psicoterapia costuma ser uma opção de tratamento eficaz para pais preocupados com um possível transtorno de personalidade nos seus filhos.

Os psicoterapeutas podem ajudar os pais a lidarem com comportamentos desafiadores ou perturbadores, ansiedade, depressão e outros sintomas que a criança poderá enfrentar.

Além disso, as técnicas de psicoterapia podem ajudar as famílias a desenvolver habilidades para as crianças aumentarem o apego a outras pessoas, bem como melhorarem a comunicação e a dinâmica familiar. Por essa razão, muitos profissionais de saúde mental farão com que crianças com transtornos de personalidade participem de sessões de psicoterapia individual e familiar.

Parte importante no transtorno de personalidade

A família é uma parte muito importante do processo geral de tratamento. Por causa disso, as crianças que podem ter um transtorno de personalidade geralmente precisam do apoio dos seus familiares para ajudá-las a construir relacionamentos mais fortes.

Como pudemos ver no texto o Transtorno de Personalidade Infantil é um problema grave que afeta a vida social dos jovens e crianças na sociedade que serão futuros adultos, levando-os a requerer mais atenção.

Dessa forma, é essencial que a sociedade como um todo passe a ver com seriedade os problemas de personalidade. É importante dizer que eles têm se tornado cada vez mais comuns, abrangendo um número cada vez maior de crianças e adolescentes no mundo todo.

Considerações finais sobre o Transtorno de Personalidade Infantil

É importante dizer, por fim, que as pessoas que não convivem intimamente com crianças e adolescentes que apresentam o transtorno de personalidade constantemente julgam as crianças como mimadas, mal-educadas, desobedientes, etc. No entanto, nem sempre é assim. Afinal de contas, esses transtornos afetam muito mais a vida do indivíduo do que as pessoas à sua volta.

Tenha sempre em mente que, atualmente no mundo em que vivemos, as pessoas andam muito impacientes. Dessa forma não buscam compreender e entender o transtorno mental do próximo. Consequentemente, esse comportamento acaba dificultando o seu convívio social com pessoas que sofrem de transtornos mentais.

Leia Também:  Os 7 tipos de depressão para a Psicologia

Em vista disso, nós te convidamos a fazer o curso online de Psicanálise, no qual você conhecerá os tipos de transtornos metais e aprenderá a lidar com eles. Não perca essa oportunidade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − 1 =