encerrar ciclos

Como encerrar ciclos de vida e começar novo ciclo?

Posted on Posted in Comportamento, Psicanálise

O processo de encerrar ciclos não é fácil para muitas pessoas. Assim, você não precisa ficar se culpando ou culpando outras pessoas por não conseguir tão facilmente. A realidade é que esse tipo de processo precisa de muita disposição, pois nem sempre ele traz alívio. Se fosse simples, muitos relacionamentos péssimos seriam abandonados com facilidade. No entanto, a gente sabe que não é isso que acontece, não é? Falaremos sobre isso neste post!

O que são ciclos?

Se você for ao dicionário para responder essa pergunta, encontrará uma definição perfeitamente útil, que utilizaremos ao longo do post de hoje. Um ciclo é uma “série de fenômenos que se sucedem numa ordem determinada“. Assim sendo, estamos falando de processos naturais que acontecem na vida de praticamente toda pessoa. Contudo, assim que um ciclo começa, necessariamente ele deve chegar ao final. 

O problema aqui é que nem sempre todos os acontecimentos da nossa vida têm um final óbvio. Muitas vezes, nós nem queremos que tenha. Voltemos ao caso do relacionamento problemático que destacamos acima. Para quem está de fora, na posição de observador, é óbvio que algo tão tóxico deveria ter um fim. No entanto, para quem está dentro do relacionamento, o fim não está previsto e é impossível. Assim sendo, cada um luta para manter o status quo.

Nesse contexto, nós temos duas situações distintas com que lidar no texto que você está lendo. Por um lado, é bacana explorar os ciclos naturais da vida, isto é, aqueles que começam e terminam. Contudo, falaremos também daqueles ciclos que devem terminar, apesar de os envolvidos se recusarem. Nesse momento, abordaremos alternativas interessantes para que essas pessoas finalmente consigam encerrar ciclos já prejudiciais.

Exemplos de ciclos do dia a dia

Sair da escola

Vamos começar com um ciclo simples? Sair da escola é um exemplo. No entanto, o que parece simples para você pode causar muitos problemas para muitos jovens. Enquanto muita gente se anima com a nova vida que está no aguardo na universidade, outros nem têm essa perspectiva. Assim, parece mais interessante se apegar ao ciclo da escola, que é seguro. Quando este ciclo acaba, uma hora ou outra, o indivíduo fica triste e sem perspectiva.

Nesse contexto, é importante falar sobre os ciclos das crianças pequenas. Pais que são transferidos de cidade com frequência proporcionam a experiência de encerrar ciclos bem cedo. Sendo este o seu caso, é muito importante se comunicar com a criança ou adolescente para saber o impacto das novas experiências. Quando o processo de início e fim do ciclo ocorre com comunicação, as crianças que se mudam com frequência acabam vivendo muito bem.

Encerrar um relacionamento ruim

No caso de um relacionamento ruim, não necessariamente os envolvidos estão cientes do quanto a relação é tóxica. Além disso, muita gente se apega na ideia do “perdão” e da “nova oportunidade”, mas de maneira completamente prejudicial.

Nas mãos de parceiros manipuladores, as novas oportunidades viram pretexto para crimes e abusos aos quais nós, espectadores, não temos acesso. É muito fácil julgar a necessidade de encerrar um ciclo do lado de fora.

Sair da faculdade

Se tem gente que acha difícil sair da escola, imagine o quanto é difícil largar a faculdade! Muitos jovens não conseguem nem visualizar como será a vida sem os parceiros de bar e todas as festas que permeiam o calendário universitário. Apesar de boa parte dos estudantes já se formar com um emprego garantido, nós sabemos que essa não é uma realidade para todo mundo. Agora que o ciclo do estudo acabou, como enfrentar a vida adulta de vez?

Leia Também:  Conceitos da Psicanálise: Conheça os 8 principais

Ter o primeiro filho

Ter um filho não é apenas encerrar ciclos anteriores à maternidade, mas entrar de cabeça em vários outros ciclos diferentes. Quando nasce um filho, nasce uma mãe, não é mesmo? Sim, é mesmo! Quem tem filhos já vem com algumas séries de acontecimento embutidas desde o momento da gravidez. O importante é que cada um deles irá acabar, mas uma mãe sempre será uma mãe. Confira alguns ciclos abaixo:

  • gravidez,
  • parto,
  • amamentação,
  • infância,
  • adolescência,
  • vida adulta,
  • ninho vazio.

Ver o primeiro filho sair de casa

Aproveitando que estamos falando de maternidade, saiba que muitos pais e mães sofrem com o final do ciclo que é morar com o filho. Pais que estão acostumados com a presença de todos os filhos em casa praticamente o tempo inteiro de repente se enxergam diante de algo completamente novo. Quando o filho que têm é único, o baque pode ser ainda mais forte. No entanto, como já dissemos, encerrar ciclos é algo previsto.

Como encerrar ciclos de maneira consciente e voluntária

Conversar com pessoas de confiança e pedir aconselhamento

Como nós já mencionamos mais acima, encerrar ciclos não é fácil. Por não ser fácil mesmo é que muita gente precisa de ajuda para fazer isso. Nesse contexto, se você não tem condições de pagar por uma terapia e está sofrendo com o final de um processo, busque aconselhamento. Ele pode vir na forma de qualquer pessoa em que você confie e que realmente conheça você. Nada de depositar sua confiança em relacionamentos recentes. Isso é perigoso!

Fazer terapia

No entanto, o mais aconselhável para alguém sofrendo ao encerrar ciclos é fazer terapia. Isso porque, como o terapeuta, você conseguirá descobrir o porquê de ser tão difícil finalizar esse processo. No caso de algumas pessoas, trata-se de problemas que têm origem em um transtorno de ansiedade ou depressão. Por saber que os pais estão doentes, por exemplo, muito filhos adultos acabam adiando planos e emperrando suas próprias vidas.

Nessa conjuntura, realmente é muito mais difícil abrir mão de algumas coisas. Assim sendo, é importante ter o acompanhamento de um profissional.

Pedir ajuda especializada

Por fim, não desconsideramos o pedido de ajuda especializada, principalmente em momentos críticos. Tome como exemplo alguém que quer dar fim a própria vida. Nesse contexto, temos que a vida é o maior ciclo de todos.

NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

Ela vai chegar ao final para todos nós naturalmente, mas muitas pessoas sofrem tanto que sentem a necessidade de acelerar o processo. Nesse caso, não deixe de procurar o CVV em um momento de desespero. Procure ajuda urgentemente.

Trazendo mais uma vez o exemplo do relacionamento abusivo, procure ajuda caso seja vítima de abuso. Há diversas estratégias e contatos que você pode chamar para conseguir ajuda e encerrar ciclos de abuso e violência de uma vez por todas. O melhor exemplo é o número 180, usado para entrar em contato com Central de Atendimento à Mulher. Além disso, faça uma pesquisa a respeito do mapa do acolhimento. O programa pode conectar você a um terapeuta.

Comentários finais sobre encerrar ciclos

Esperamos que este artigo consiga ajudar você, mulher ou homem, a encerrar ciclos com mais facilidade. Alguns são naturais, mas é possível que mesmo assim você precise de ajuda. Por outro lado, não esqueça o que dissemos para casos de situação crítica. Por fim, entre em contato conosco para saber mais sobre o nosso Curso de Psicanálise Clínica 100% online! Essa formação trará muitos benefícios para sua vida pessoal e profissional!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − 14 =