O ócio criativo é aquela coisa sobre a qual todos já ouvimos falar Contudo, pouco sabemos o que significa. Então, confira nosso artigo!

O Ócio Criativo: resumo básico do livro

Posted on Posted in Comportamento

O ócio criativo é aquela coisa sobre a qual todos já ouvimos falar em algum momento. Contudo, pouco sabemos o que significa. Mas se você não sabe o que isso significa e acha que é algo relacionado a “não fazer nada e ainda produzir”, saiba que você está certo!

Isso porque o sociólogo italiano, Domenico De Masi, por meio do livro O Ócio Criativo, apresenta um novo ponto de vista sobre a questão do ócio.

Nesse sentido, muitas vezes entendido como um momento de preguiça e de improdutividade, o ócio pode ter uma relevância muito maior para a nossa produtividade. Sendo assim, é isso que o autor transmite, já que propõe que se use o ócio para despertar a criatividade.

Livro O ócio criativo, de Domenico De Masi (2001)

Domenico De Masi é um sociólogo italiano e foi o primeiro a utilizar a expressão “o ócio criativo”. Portanto, em seu livro, O ócio criativo, De Masi propõe que criatividade e produtividade devem ser proporcionais à realização pessoal e alegria. Em especial no mundo pós-industrial para o qual caminhamos.

Nesse sentido, o livro explica como o ócio criativo traz um sentimento de liberdade e melhora nosso desempenho. Assim, é um momento necessário para a produção de ideias. Pois, segundo De Masi, a produção de ideias é o que move a sociedade.

Além disso, o sociólogo propõe um novo modelo social, oposto ao que vivemos hoje. Ou seja, em que dedicamos mais tempo ao trabalho. Portanto, ele defende a redistribuição do tempo, da riqueza, dos procedimentos, do saber e do trabalho. Porque, segundo ele, ainda vivemos como operários do século 18.

Então, o que é ócio criativo?

Segundo De Masi, o ócio criativo faz parte da natureza do ser humano e acontece quando o equilíbrio entre trabalho, estudo e vida pessoal, ou período livre auxiliam na criatividade. Então,  estar feliz aumenta a capacidade do cérebro de criar coisas, melhorando nossa performance.

Desse modo, o ócio acontece quando nos permitimos apreciar uma música, um filme ou assistir a uma peça de teatro. Logo, são situações que nos permitirão ter ideias de maneira natural, sem forçar.

Entretanto, o ócio criativo nada tem a ver com preguiça. Sendo assim, é por isso que o autor separa os conceitos do ócio criativo e do ócio alienante.

O que é ócio alienante?

Também de acordo com De Masi, há o ócio alienante. Dessa maneira, o ócio alienante é o oposto do ócio criativo: nele, passamos o tempo livre ou o período de descanso sem produzir ou criar nada. Ou seja, é aquela preguiça que em nada acrescenta e pode se transformar em comodismo.

Portanto, o ócio alienante é responsável pela sensação de vazio e de inutilidade que por vezes nos atinge. Assim, é o tal “ficar de pernas para o ar”, quando não se produz nada.

Por que o ócio criativo é tão importante?

Para o autor, o ócio criativo é a união de três áreas da vida: lazer, trabalho e estudos. Dessa forma, pelo ócio criativo, podemos aproveitar a alegria do lazer, o valor que o trabalho tem e o conhecimento gerado pela dedicação aos estudos.

Leia Também:  Quando o amor acaba: 6 caminhos a tomar

Então, o sociólogo afirma que, no mundo atual, em que somos condicionados a viver pelo trabalho, precisamos dar espaço e valor ao ócio. Pois, cada vez mais nos transformamos em workaholics e não damos importância ao descanso. Contudo, é ele que aumentará nosso rendimento no trabalho.

Descansar, a chave para a criatividade

Algumas pessoas acham que para ser criativo, deve se produzir mais. Ou ir atrás de coisas que sejam inspiradoras. Porém, a boa notícia é que você não precisa ir tão longe para desenvolver sua criatividade.

Isso porque descansar é a melhor forma de fazer a sua criatividade trabalhar. Pois, o cérebro precisa de um tempo de descanso para assimilar as informações. Então, quando organiza as novidades, devolve informação no formato de novas ideias.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Por isso, é tão importante ter um tempo de descanso na rotina. Além de te fazer relaxar e diminuir os níveis de estresse, favorece a criatividade. Além de elucidar os motivos pelos quais o ócio criativo é importante, o sociólogo italiano ainda afirmar que não adianta forçar o cérebro a ter ideias.

    Mantenha o equilíbrio

    Ou seja, ele não deve ser forçado a exercer funções quando está cansado. Desse modo, é por isso que De Masi defende o equilíbrio entre lazer, educação e trabalho. Sendo assim, não adianta levar trabalho para casa, porque a produtividade não vai aumentar.

    Além disso, novas ideias não vão surgir. Por isso, fazer pausas é mais do que necessário. Então, é melhor aproveitar as pausas e o fim do expediente de forma prazerosa e relaxante.

    O ócio criativo na prática veja como aproveitar estes momentos

    Seguindo o conceito de ócio criativo apresentado no livro de De Masi, preparamos algumas dicas para te ajudar a aproveitar melhor esse momento de descanso. Por isso, confira a seguir!

    1. Anote tudo!

    Coloque em um caderno ou no bloco de notas do celular todas as ideias que forem surgindo. Às vezes, ao longo do dia, somos surpreendidos por ideias aleatórias e importantes.

    2. Estimule seu lazer

    Nas horas de lazer, estimule a criatividade com um livro, vendo um filme ou ouvindo uma música. Sonhe acordado.

    3. Foco e dedicação

    Separe os momentos e dedique-se a eles. Por isso, lembre-se que a hora do trabalho, é para trabalhar. Enquanto a hora de estudar, é para estudar. E por fim, a hora de lazer, é para se divertir. Portanto, não misture as coisas, porque definir os períodos ajuda na produtividade.

    4. Gerencie seu tempo

    Aprender a gerenciar seu tempo ajudará a determinar em que período do dia você tem mais energia para produzir. Além disso, ainda ajuda na organização as tarefas. Nesse sentido, você pode até usar o método pomodoro para a sua organização!

    Conheça mais sobre as ideias do autor

    Nascido em 1938, na cidade de Rotello, no sul da Itália, Domenico De Masi aos 19 anos já publicava em uma revista textos sobre Sociologia Urbana e do Trabalho. Assim aos 22 anos era professor na Universidade de Nápoles. Portanto, Domenico acredita que, no futuro, o ser humano não trabalhará mais pelo esforço.

    Na verdade, trabalhará pela criatividade, pois as máquinas nos darão mais tempo para o ócio. Assim, De Masi defende uma união entre trabalho e lazer, permitida pelo ócio criativo.

    Leia Também:  Disfunção sexual: de desejo, excitação e orgasmo

    Conclusão sobre o ócio criativo

    Domenico De Masi, através do livro O ócio criativo, apresenta uma nova perspectiva para nosso tempo de descanso. Assim, os benefícios adquiridos por estimular nossa criatividade em tempos livres, são imensos. E não só isso, ele comenta como o ócio é bom para a evolução da sociedade.

    Segundo o italiano, a sociedade é movida por ideias. Portanto, com o ócio, não só a nossa produtividade aumenta, mas nos ajuda a alcançar equilíbrio nos nossos relacionamentos, trabalho, e outras questões da nossa vida pessoal.

    Por isso, na próxima vez em que tirar uns minutos para descansar, não ceda ao ócio alienante! Aproveite seu descanso para aflorar sua criatividade!

    Saiba mais

    Se você gostou de saber sobre o ócio criativo, acesse nosso site e conheça nosso curso online de Psicanálise! Desse modo, você aprenderá sobre a mente e o comportamento humano. Assim, conhecerá ferramentas para liberar a sua criatividade.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *