o que é quixotesco

Quixotesco: significado no dicionário e comportamento

Posted on Posted in Psicanálise e Cultura

O termo quixotesco surgiu após a publicação da obra “Dom Quixote”, 1605, quando passou a ser utilizado para descrever a pessoa idealista, sonhadora, que age impulsivamente, um tanto quanto desligada da realidade. Já no Século XVII, quixotesco já era um termo para descrever uma pessoa que não sabia distinguir realidade de imaginação.

Nesse sentindo, quixotesco passou a ser utilizado como um adjetivo para pessoas com comportamentos de enfrentamento das adversidades, ainda que defenda ideias fantasiosos ou, até mesmo, irreais.

Origem da palavra e significado de quixotesco

A palavra quixotesco tem origem no personagem Dom Quixote, do criado Miguel de Cervantes, em sua obra “Dom Quixote de La Mancha”, de 1605. Que, em suma, conta a história de um cavaleiro andante que defendia ideais ilusórios e absurdos, travando lutas imaginárias com moinhos de vento, que, para ele, eram terríveis gigantes.

A partir de então, o termo quixotesco passou a ser utilizado para qualificar comportamentos de pessoas em que estão convencidas da existência de coisas imaginárias. Ou, até mesmo, para aquelas que se esforçam para realização de ideais impossíveis.

Resumo da obra “Dom Quixote de La Mancha”, de Miguel de Cervantes

A obra “Dom Quixote de La Mancha” é um romance publicado em duas partes, nos anos de 1605 e 1615, pelo autor espanhol Miguel de Cervantes, cujo título original do romance era “O Engenhoso Fidalgo Dom Quixote de La Mancha”. Foi considerado com o primeiro livro de romance, servindo de influência para vários autores.

Até hoje o livro é popular no mundo, traduzido em vários idiomas, é uma obra famosa por sua qualidade literária. A figura do personagem e referências a história do livro são facilmente vistas. Como, por exemplo, em filmes, músicas e desenhos animados.

A história mostra Dom Quixote, um personagem sonhador, que, deslocado no tempo, em meio a sua loucuras, tenta resgatar valores que já haviam sido extintos. Assim, faz a trama ser extremamente divertida, diante das confusões criadas pelo personagem, diante de seus pensamentos idealistas.

Basicamente, Dom Quixote é um homem de meia-idade que resolve se tornar um cavaleiro andante, após ler inúmeros livros sobre cavalaria. Então, com este propósito, com cavalo e armadura, Dom Quixote decide lutar, como prova de seu amor imaginário Dulcineia de Toboso. Ainda, em sua jornada de lutas, é acompanhado por seu fiel escudeiro, Sancho Pança.

Quixotesco Frase Dom Quixote

Nesse sentido, a história é uma mistura de fantasia e realidade, onde o protagonista atua como se estivesse em um romance de cavalaria. Dentre os marcantes episódios da obra está a batalha que Dom Quixote trava com moinhos de vento, acreditando estar lutando com terríveis gigantes. Ou, também, quando luta com ovelhas como se estas fossem um exército de inimigos.

Portanto, em seu mundo de fantasias, para Dom Quixote, coisas e situações simples do cotidiano, se transformavam sempre em aventuras extraordinárias pela busca seus propósitos.

O que é quixotesco?

Como dito anteriormente, o termo quixotesco tem origem das características do personagem Dom Quixote. Desse modo, por definição, quixotesco é característica daquele que é um sonhador, que defende os seus ideais acima de tudo. Assim, acaba enfrentando todos os obstáculos, ainda que suas chances de êxito sejam improváveis ou, até mesmo, irreais.

Ainda mais, tendo em vista a relação amorosa descrita na obra, entre Dom Quixote e Dulcineia Del Toro, o termo quixotesco também é utilizado para qualificar um relacionamento amoroso. Pois Dulcineia era uma mulher idealizada pelo personagem, ilusória e intangível. Vivia um amor ilusório, que servia como motivador para todas as suas batalhas, representando a mulher ideal uma recompensa aos seus esforços.

Para alguns, para se caracterizar como um personagem quixotesco, devem existir peculiares adjetivos, que se relacionam a uma coragem incomum e certa excentricidade nos comportamentos. Elas possuem determinação por um plano, sendo capazes de fazer de tudo para atingi-lo, ainda que isso seja, racionalmente, impossível.

Sobretudo, aquele que se caracteriza como quixotesco tem compromisso pelas causas que acha justa, sendo assim, é aquela pessoa que luta até as últimas consequências em razão dos seus ideais. Ou seja, é aquela pessoa que não segue o caminho tradicional, percorrido pela maioria das pessoas, ela vive conforme a sua percepção de realismo e, assim, traça, a sua maneira, o seu destino.

Leia Também:  Wilhelm Wundt: vida obra e conceitos

Comportamento quixotesco

Contudo, podemos descrever o comportamento quixotesco como aquele em que a pessoa tem uma ideia fixa e passa a agir somente em sua “bolha”, em sua redoma. Fazendo com que não consiga delimitar os limites entre o real e o fantasioso. Assim, mesmo em meio a ações infundadas, continuam lutando para concretizar seus objetivos, totalmente ilusórios e inatingíveis, mantidos somente em sua mente.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Desse modo, em consequência deste destoamento da realidade, a pessoa com comportamento quixotesco entra em conflito com a sociedade, pois ultrapassa a linha da sanidade. Neste ponto, a pessoa acaba sendo um “herói solitário” e, sobremaneira, problemático, pois luta por um estado ilusório, pois ideais inexistentes.

    Sobretudo, a pessoa se comporta como se ocorresse uma ruptura com o mundo, passando a viver somente em razão daquele objetivo idealizado, sendo, para ele, aquela única certeza.

    Ou seja, seu plano ilusório se torna uma realidade que lhe é única, excluindo de sua vida o mundo que, de fato, é real. Em resultado, há um desligamento da sociedade, levando o indivíduo ao isolamento. Desse modo, em suma, o comportamento quixotesco tem como principais características:

    • pensamentos ilusórios;
    • objetivos inatingíveis;
    • isolamento em razão de crenças fora da realidade;
    • ideais fantasiosos.

    Pessoa quixotesca e a sociedade

    Utilizando a sátira descrita na história de Dom Quixote, de certo modo, podemos remetê-la a nossa sociedade, em que muitos buscam por um herói, para salvá-los do “mundo injusto”. Ainda que este herói possa ser uma pessoa quixotesca, que traz ideais de sociedade inatingíveis.

    Então, o quixotesco pode ser visto como um símbolo de um novo ideal de vida, em que o homem, muitas vezes solitário, busca fugir de sua realidade, criando um realidade de vida alternativa. A história nos mostra como líderes que podem ser caracterizados como quixotesco lutaram por propósitos sociais que acabaram por se mostrar totalmente destoantes do mundo real.

    Ou seja, Dom Quixote bem como os personagens criados posteriormente, que eles se inspiraram, nada mais são que sátiras às suas épocas, acerca dos heróis, que buscam valores em um mundo que já está decadente. Assim, ao se decepcionarem com este mundo, estes heróis decidem trilhar caminhos diferentes dos padrões sociais, quando então se tornam alvo de desaprovação.

    Contudo, com a história de Dom Quixote, podemos compreender que o comportamento, então dito como quixotesco, mostra uma linha tênue entre o ideal e a loucura, o real e o ilusório. O que pode nos levar a refletir sobre padrões comportamentais em nossa sociedade.

    quixotesco frase

    Quer saber mais sobre comportamento humano?

    Se você chegou até o final deste artigo, possivelmente se interesse pelo estudo da mente humana. Nesse sentido, convidamos você a conhecer nosso Curso de Formação em Psicanálise Clínica. Dentre os benefícios deste estudo estão:

    • Aprimorar o Autoconhecimento: A experiência da psicanálise, é capaz de proporcionar ao aluno e ao paciente/cliente visões sobre si mesmo que seria praticamente impossível obter sozinho;
    • Melhora o relacionamento interpessoal: Entender como funciona a mente, poderá proporcionar um melhor relacionamento com os membros da família e do trabalho. O curso é uma ferramenta que ajuda o estudante a entender os pensamentos, sentimentos, emoções, dores, desejos e motivações de outras pessoas.

    Por fim, se gostou desse artigo, curta e compartilhe em suas redes sociais. Com isso, nos incentivará a continuar produzindo conteúdos de qualidade para nossos leitores.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.