Conflitos familiares: como a Psicanálise ajuda?

Posted on Posted in Comportamento, Psicanálise

Por mais perfeita que uma família possa parecer, esta sempre demonstra sinais de que sua relação não está bem. Quando o conjunto está abalado, o que se pode fazer para cuidar de cada rachadura aparente? É isso o que a Psicanálise vem a responder quando se trata de conflitos familiares.

O poder da terapia

O ser humano, por mais introspectivo que seja, possui um gatilho natural a manter relacionamentos. É isso que movimenta determinadas partes de sua vida, dando a ele o fôlego necessário para tal. Eventualmente, nem sempre isso é possível e se coloca em jogo a boa convivência e o respeito entre as partes. A relação com a sociedade fica abalada.

Da mesma forma ocorre com a família, já que, com esta, se convive diariamente. Aqui os laços são mais pessoais, alquebrados quando se corrompe por meio de desavenças. A partir daí é preciso ter em mente o que está por trás desses conflitos constantes e tão delicados. Com isso, para trazer paz, a solução se mostra uma eficaz imersão psicoterapêutica.

A Psicanálise tem o poder de trabalhar conflitos familiares sensíveis, de modo a expor seguramente suas causas. A ideia é trazer luz ao problema, de modo a alcançar uma melhor convivência a todos os membros. A relação afetiva é trabalhada gradativamente para ir na contramão do problema. Dessa forma, é possível fazer as pazes de forma completa e nada invasiva.

Como funciona?

A proposta da psicoterapia é a análise imparcial dos problemas e da relação que cada membro possui ali dentro. O papel desempenhado por cada indivíduo é estudado de forma a contribuir na resolução do conflito. Com isso, os membros passam a entender que eles fazem parte de um sistema. Quando um muda, todos os outros sentem isso.

Durante a terapia, é construído situações favoráveis para se trabalhar adequadamente os conflitos familiares. É proposto que um diálogo aberto alcance a todos, de modo que eles exponham suas opiniões sobre o problema. Ainda que cada família tenha particularidades, a terapia é conduzida de modo semelhante. Mesmo assim, a sessão é personalizada para cada caso.

Fazendo uma ligação em cada perspectiva, juntamente com o histórico familiar, o psicanalista indica caminhos à mudança. Já que o mesmo levantou os problemas vigentes e também os invisíveis, se constrói caminhos à resolução dos problemas. A depender da necessidade, são realizadas sessões em grupos ou individuais. O que for melhor à família.

Quando procurá-la?

Assim que perceber que não consegue lidar adequadamente com os problemas sem ajuda. Não existe uma lista específica que leva as pessoas a procurar ajuda profissional. Esse ultimo recurso é utilizado quando a relação harmônica já não existe como antes. Para evitar sofrimentos maiores, procure ajuda sempre que os conflitos familiares ganharem força.

A intervenção do psicanalista se faz vital mesmo quando apenas um indivíduo tem apresentado problemas. Por exemplo, a depressão, já que afeta a todos. Transtornos desse tipo costumam abalar e muito a estrutura da família. Assim, a psicoterapia pode intervir de modo sistêmico, não tratando apenas um, mas todo o grupo familiar.

Por meio da Psicanálise, a cura ao problema se encontrará nele mesmo, quase que de forma homeopática. Entretanto, a mesma só funcionará quando todos admitirem que existe um problema ali. Embora a ferramenta seja bastante eficaz, sem o apoio dos envolvidos pouco funcionará. Eles precisam reconhecer suas falhas e aceitar uma intervenção.

Benefícios

Quando se trata de resolver conflitos familiares, a Psicanálise se mostra extremamente desenvolva. Após o início da terapia, os clientes conseguem convergir suas visões e olhar de fato ao problema instalado ali. Com o tempo, aprendem a replicar o que aprenderam em consultório as suas vidas pessoais. Assim, acabam:

Conhecendo-se

As sessões de Psicanálise permitem uma entrada na natureza individual de cada. Com isso, eles passam a entender o que os levaram a agir da forma que fizeram. Conhecendo a si mesmos, eles passam a se conectar de forma mais adequada e facilitada entre si. No fim do artigo há um convite para você que trabalha melhor essa questão.

Entrando em harmonia

Após se conectarem consigo e com os outros, é hora de reconstruir a ponte que os unia. Aqui, trabalhamos a harmonia em sua relação familiar. A ideia não é suprimir o conflito e conviver com ele dentro da garganta. O propósito se mostra na união e boa convivência assim que os problemas começam a surgirem.

Apoiando-se

Fechando a tríade, o apoio mútuo e contínuo é convidado a fazer parte da rotina dessa família. Independente se os problemas sejam familiares ou externos, todos se unem para melhor trabalhá-los. Isso garante uma solução duradoura a qualquer desarmonia entre as partes envolvidas.

Leia Também:  Doenças: benefícios da Psicanálise nos tratamentos

Metas

A relação familiar prejudicada pelos conflitos familiares tem destino certo quando se chega nas mãos do psicanalista. É a força de trabalho dele que conduz os envolvidos a trabalharem diretamente o problema relatado. Com base em cada problema apresentado, ele traça metas para lidar adequadamente com a situação apresentada.

Ainda assim, mesmo que cada caso se diferencie, o psicanalista se guia por uma estrutura universal de terapia, sendo esta:

Identificação

Em primeira etapa, é questionado o que está agredindo a todos naquele momento. O psicanalista levanta perguntas básicas, mas cruciais que se chegar a fonte da discussão. Assim, pode entender o que manipula cada gesto naquele meio.

Causas

Após identificar o problema, é trabalhado o que o motivou de fato. Todos os envolvidos possuem participação direta e indireta nesse processo. É esse um dos pontos trabalhados na terapia: a cura em conjunto e de forma sistêmica.

Tratamento

Por fim, apresentados os problemas e as suas motivações, chegamos no tratamento. Cabe frisar que mais de uma sessão pode ser necessária, a fim de garantir um acompanhamento eficaz dos conflitos familiares. Ainda que se sintam bem logo após a primeira sessão, jamais cogitem abandonar o tratamento prolongado.

Considerações finais: conflitos familiares

Os conflitos familiares têm a força que damos a eles, caso não busquemos ajuda adequada. Tomamos o impulso de tentar solucionar tudo sozinhos, mas nem sempre temos a força necessária para lidar com eles. Por isso, a intervenção de um psicanalista se faz vital aqui. Ele irá expor tudo o que nos acomete e não vemos claramente.

Assim, com tudo o que leu aqui, procure a ajuda da psicoterapia sempre que os problemas se alimentarem de vocês. Ela se mostra a ferramenta perfeita para reconstruir seus relacionamentos familiares. Em um ambiente neutro, sem interferências internas e externas, vocês podem dar retorno a um convívio harmônico.

Melhor apresentado à Psicanálise, por que não ingressa em nosso curso e se torna um verdadeiro psicanalista? Como viu acima, você moldará a sua capacidade de olhar aos conflitos sob uma perspectiva diferenciada e imparcial. Dessa forma, adquire um autoconhecimento e passa a entender o motivo de brigas se fomentarem sempre.

O nosso curso de Psicanálise Clínica EAD é completamente online, dando total liberdade para criar seus horários. Mesmo durante a manhã ou tarde da noite, você terá acesso ilimitado ao conteúdo das aulas. Com isso, sempre poderá rever o conteúdo a fim de fixá-lo adequadamente. Ademais, poderá contar com a ajuda de nossos professores de forma integral e contínua.


NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.


Entre em contato conosco e descubra a fórmula para dissolver seus conflitos familiares. Faça nosso curso de Psicanálise.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito − seis =