Loucura é querer resultados diferentes fazendo tudo exatamente igual

Loucura é querer resultados diferentes fazendo tudo exatamente igual

Posted on Posted in Psicanálise, Psicanálise e Cultura

Você já deve ter ouvido que “loucura é querer resultados diferentes fazendo tudo exatamente igual“. Você consegue lembrar quem te disse isso e em qual contexto? No artigo de hoje, explicamos a origem dessa expressão e o que ela quer dizer. 

Entender lições atreladas a uma frase aparentemente simples ajudará você a conquistar uma vida mais disciplinada, recompensadora e satisfatória. Portanto, confira o que temos a dizer!

Qual a origem da expressão “Loucura é querer resultados diferentes fazendo tudo exatamente igual”?

A citação “loucura é querer resultados diferentes fazendo tudo exatamente igual” é atribuída frequentemente ao famoso físico Albert Einstein! Ademais, você pode conhecê-la nesse formato ou, ainda, em um formato semelhante:

“Insanidade é continuar fazendo a mesma coisa, mas esperando resultados diferentes.”

No entanto, apesar de qual seja a versão da frase que você conhece, a lição por trás dessas palavras objetivas é a mesma. Entenda em seguida.

Um pouco mais sobre a insanidade de insistir nos mesmos métodos, mas desejando resultados diferentes

A frase “loucura é querer resultados diferentes fazendo tudo exatamente igual” fala sobre a insistência que muitas pessoas têm ao ver que uma maneira de agir não funciona para atingir um objetivo e, sabendo disso, insistir no método falho.

Todos já fizemos isso em algum momento da vida. Alguns exemplos são a maneira de lidar com um parceiro amoroso, a criação de filhos e o modo de lidar com o próprio trabalho. 

Você por acaso já ficou preso em um problema matemático, tentando chegar em uma solução do mesmo jeito, mas sem conseguir? É sobre essa insistência que estamos falando. 

A questão aqui é: se você está atrás de uma mudança em uma área da sua vida e já viu que um caminho não leva até essa mudança, por que insistir nele?

A insanidade

Existe uma “insanidade” neste raciocínio porque ele atenta contra a racionalidade humana, ou melhor, o estado são das faculdades mentais do ser humano.

A palavra insanidade indica a ausência de sanidade. Portanto, uma pessoa insana está com a mente doente.

Percebe como essa citação faz uma afirmação forte? Entretanto, ela é bastante assertiva. Se o ser humano viu e entendeu que um caminho não leva a um determinado local desejado, o racional é procurar pelo caminho correto, sem insistir no errado.

Algumas coisas na vida são como uma brincadeira de criança

Você por acaso, quando criança, já teve a oportunidade de encontrar um jogo de “encontre o caminho” em um livro infantil? 

O raciocínio por trás da brincadeira é simples. Há pelo menos três caminhos para indicar com canetinha até chegar em um determinado lugar. 

Como o objetivo é encontrar o caminho certo, as crianças desde muito cedo aprendem a mudar de rota. Assim, sempre que não chegam ao resultado desejado, mudam o caminho. O problema é que muitos adultos parecem ter esquecido desse modo de proceder com a vida.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Quanto à frase “Loucura é querer resultados diferentes fazendo tudo exatamente igual”, que lições podemos extrair dela?

    O fato é que a vida realmente não tem o mesmo grau de simplicidade que uma atividade de criança. Porém, o raciocínio por trás da brincadeira não é diferente. Assim sendo, se reconhecer que um caminho não chega a um resultado, se apegar ao caminho errado não vai ajudar.

    Leia Também:  Meditação Vipassana: o que é, como fazer?

    As motivações que levam ao apego mudam de pessoa para pessoa. Há quem tenha em casa exemplos de insistência no inútil, por exemplo. Para pessoas que sofreram o abandono de entes queridos também não é fácil fazer mudanças drásticas no jeito de lidar com essa falta.

    Para saber como mudar de rota com mais facilidade, confira as dicas abaixo. Ao internalizar essas informações, esperamos que seja frequente o hábito de testar vários caminhos e chegar ao seu objetivo. 

    Ao contrário dos motivos para permanecer em um caminho improdutivo, essas orientações não dependem dos contextos. Para ser focado, disciplinado e dinâmico basta querer. É isso que divide os sãos dos insanos dentro do contexto que estamos discutindo.

    Foco no objetivo

    Se você aprendeu que “loucura é querer resultados diferentes fazendo tudo exatamente igual”, já sabe pelo menos que insistir em um caminho de improdutividade não é uma boa ideia. 

    Uma alternativa a isso é a decisão de focar sempre no resultado que deseja atingir, não no caminho.

    Por exemplo, imagine que deseja perder 10kg. O objetivo é perder peso! Não se trata de insistir em dietas malucas que você viu na internet. Ao confiar nos caminhos, você se frustra mais rapidamente e eleva o objetivo à impossibilidade.

    Na verdade, o objetivo é totalmente possível. Contudo, é necessário escolher um caminho que te ajude a chegar lá!

    Disciplina

    A palavra “disciplina”, por extensão, designa o comportamento metódico, determinado e a constância de uma pessoa quando ela quer conquistar objetivos.

    Por que estamos falando sobre isso aqui? Uma vez que você siga a instrução que nós demos logo acima, verá que não é fácil focar no objetivo.

    A escolha de teimar escolhendo caminhos errados não é sempre insana. Em muitos casos, ela só é mais simples que fazer o trabalho duro de seguir pelo caminho mais complicado.

    Entre um caminho fácil e um difícil…

    Caminhos que levam a resultados satisfatórios por vezes são íngremes, rochosos e feios. 

    Ou seja, as pessoas não os escolhem porque não são atrativos. No entanto, o que você prefere: seguir o caminho que leva ao lugar certo ou permanecer em um campo florido que não te leva a lugar algum?

    A disciplina diz: “escolha o caminho que leva ao objetivo todos os dias até que você chegue lá”. Ainda que seja difícil, pessoas que fogem da insanidade tomam essa decisão!

    Dinamismo

    Por fim, a frase “loucura é querer resultados diferentes fazendo tudo exatamente igual” também inspira uma vida dinâmica. Caso não saiba o significado desta palavra, se trata da característica de quem age com energia, movimento e vitalidade.

    Já mencionamos que uma pessoa com foco no objetivo é disciplinada. Esse foco e essa disciplina trazem para a personalidade desse indivíduo o dinamismo.

    Uma pessoa dinâmica é aquela que, frente aos problemas e situações da vida, não se permite ficar parada no mesmo lugar.

    Ou seja, o dinamismo é a característica que faz com que alguém veja que está no caminho errado e saia desse caminho o mais rápido que pode. Para esse tipo de gente o importante é estar em movimento, mas movendo-se rumo ao alvo, sem estagnar.

    Considerações finais

    No artigo de hoje, você aprendeu o raciocínio por trás da frase “loucura é querer resultados diferentes fazendo tudo exatamente igual“. Não se trata de algo trivial. Assim, apesar da força da afirmação, ela é assertiva.

    No fundo, essa discussão fala sobre inteligência emocional e autoconhecimento. Para entender como desenvolver essas características de modo a viver de maneira satisfatória e completa, te fazemos o seguinte convite:

    Nosso curso de Psicanálise Clínica está com inscrições abertas e é 100% online. Venha conhecer nossa grade de conteúdos e condições de pagamento! Dessa forma, ao se comprometer com o estudo, você terá em mãos duas possibilidades óbvias.

    A primeira delas é obter o certificado para clinicar como psicanalista e trabalhar na área. Porém, se essa opção não for interessante para você, basta empregar os conhecimentos que aprenderá na sua vida pessoal e profissional.

    Por fim, esperamos que a discussão sobre a frase “loucura é querer resultados diferentes fazendo tudo exatamente igual” te ajude a despertar. Que você tenha a coragem de mudar de direção quando for necessário!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *