Pensamentos negativos

Pensamentos negativos: o que são e como evitar

Posted on Posted in Comportamento, Psicanálise, Transtornos e Doenças

Pensamentos negativos fazem parte do nosso dia a dia, às vezes em maior ou menor frequência. Ele são quase inevitáveis. Entretanto, se eles prejudicam o seu dia a dia, é sim necessário aprender como afastá-los da sua mente.

Para isso, é indispensável entender quando esse tipo de pensamento se torna prejudicial para a vida de uma pessoa. Para te ajudar nessa tarefa, preparamos um artigo completo explicando o que são e como evitar os pensamentos negativos. Continue a leitura e confira!

O que são pensamentos negativos?

É fácil compreender que pensamentos negativos são todos aqueles que giram em torno de coisas ruins, não de sentimentos bons. No entanto, eles podem ser bem mais complexos, o que dificulta perceber e ter controle quando eles surgem com frequência.

Em geral, essas ideias ruins sobre algo costumam ter relação com a rotina do indivíduo e situações que fazem parte de seu cotidiano. Elas revelam, todavia, muito de seus medos e inseguranças ou insatisfações que tentam ser reprimidas, por exemplo.

A seguir listamos os tipos de pensamentos ruins mais comuns — e também os mais importantes de resolver o quanto antes. Dá uma olhada:

Pensamentos negativos sobre si

Qualquer pessoa pode ter algo mau sobre si mesma para pensar. É normal e até saudável ser um pouco autocrítico em um momento de autoavaliação. Porém, quando esses pensamentos dominam a mente da pessoa e se sobressaem mesmo diante de elogios, pode haver um problema precisando de atenção aí.

Nesse caso, é bastante comum que a pessoa sofra de baixa autoestima e possa, inclusive, ter outros transtornos. Ansiedade e depressão são alguns dos mais comuns que causam esse tipo de sensação sobre si mesmo.

Pensamentos negativos sobre o futuro

Um indivíduo extremamente inseguro e ansioso também tende a pensar sempre coisas ruins, principalmente com relação ao futuro. Os pensamentos não surgem porque a pessoa deseja que essas coisas aconteçam, mas porque ela realmente teme que elas venham acontecer.

Como resultado, manter esses pensamentos pode fazer a pessoa adiar decisões importantes, evitar planejar futuros planos ou qualquer coisa a longo prazo. Dessa forma, no pensamento dessa pessoa, tudo pode dar errado e poucas soluções e possibilidades positivas farão sentido na sua cabeça.

Consequentemente, ela pode sofrer danos em seus relacionamentos e na vida profissional.

Pensamentos negativos sobre os outros

Na maioria dos casos, ter uma visão negativa dos outros também diz muito sobre o que a pessoa pensa de si mesma. Isso porque é comum projetarmos no outro aquilo que enxergamos em nós, mas não somos capazes de admitir. Logo, essa incapacidade também tem uma razão.

Quando alguém está insatisfeito com o próprio trabalho, por exemplo, é normal começar a observar o trabalho alheio. Por outro lado, para não lidar com a própria insatisfação, a pessoa alimenta pensamentos negativos sobre o que observa; não sobre o que ela vive.

Pensamentos negativos sobre sua situação atual

Muitas vezes uma pessoa não consegue enxergar coisas boas na sua vida como um todo e isso também é normal. O problema, no entanto, é que as pessoas que tem pensamentos negativos o tempo inteiro só conseguem enxergar o que deu errado. Além disso, elas pensam no que poderia ser melhor e não se concentram na realidade.

Contudo, quando a frequência com que esses tipos de pensamentos negativos aparecem é muito alta, é necessário analisá-los. Uma vez que esses pensamentos surgem, eles podem já representar um quadro depressivo e ansioso ou até mesmo desencadear seu surgimento. Além disso, pensamentos negativos frequentes prejudicam de forma séria suas decisões, atitudes e comportamentos.

Como evitar pensamentos negativos?

Sabendo que os pensamentos negativos são um reflexo de situações ou sentimentos indesejados, é fundamental saber dar um basta. Isto é, interpretá-los como um alerta de que algo não vai bem, apenas.

Dessa maneira, o primeiro passo para evitar que os pensamentos voltem a perturbar é procurar uma solução para a raiz do problema. Em outras palavras, seja medo, insatisfação, baixa autoestima ou ansiedade que você esteja sentindo— é importante ter ciência de que esses conflitos podem ser resolvidos com suporte profissional e apoio familiar.

Leia Também:  Fase Fálica: idade, características e funcionamento

Fora isso, outros hábitos diários simples de incrementar na rotina podem fazer a diferença nos pensamentos que você alimenta. Abaixo listamos alguns deles que com certeza vão ajudar de alguma forma.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Converse sobre suas aflições

    Se engana quem pensa que é mais fácil esquecer os pensamentos negativos se não falar sobre eles. A verdade é que todos esses pensamentos ficam armazenado na mente do indivíduo até que encontrem uma válvula de escape.

    Em vista disso, se você é uma pessoa que não conversa sobre o que lhe aflige, como resultado, os pensamentos negativos só tendem a aumentar.

    Para evitar que o pensamento se acumule, procure uma pessoa de confiança e conte seus medos e preocupações. Sem dúvidas, essa atitude ajudará você a enxergar o problema de uma nova perspectiva e, talvez, perceber que ele não é tão grave.

    Extravase as emoções com criatividade

    Usar a criatividade é outra alternativa interessante para se livrar dos pensamentos e sentimentos ruins. Muitos terapeutas incentivam a prática de alguma atividade que exerça o lado criativo como parte essencial do tratamento.

    Pintura, artesanato, culinária e escrita são algumas das atividades criativas que ajudam a expressar as emoções de forma saudável. Não se preocupe, pois esse tipo de trabalho não precisa estar preso a nenhuma técnica ou padrão estético. Sua motivação é terapêutica, não profissional.

    Pratique meditação diariamente

    Quando a sua mente está fora de controle, pode ser difícil manter a calma. Nesse turbilhão de emoções, é muito mais difícil manter o fluxo de pensamentos sob controle, principalmente os negativos.

    Cinco minutos de consciência e concentração por dia são, muitas vezes, suficientes para começar a identificar pensamentos, catalogá-los e, se necessário, afastá-los para desfrutar de alguns momentos de total paz de espírito.

    A meditação pode ser muito útil para esse propósito e você deve pensar nela como uma espécie de reinicialização mental: uma vez que a mente está alerta, ela pode ser preenchida com algo mais positivo.

    Considerações finais controle os pensamentos negativos

    Como vimos, os pensamentos negativos são algo com que cada um de nós tem que lutar, então não se sinta mal quando perceber que os tem.

    Mas, em vez de ficar com raiva de si mesmo por se sentir deprimido, aceite esses sentimentos e tente superá-los. Agora que você já sabe o que são pensamentos negativos, vale lembrar que todas as informações e dicas fornecidas podem ajudá-lo a lidar com os pensamentos ruins.

    Por fim, se você se interessou pelo tema e deseja aprofundar ainda mais nos pensamentos e funcionamento da psique humana, conheça o curso de Psicanálise Clínica online. Com aulas 100% EAD, além de conhecimento o curso oferece um certificado de conclusão. Em 12 módulos de estudo, você aprenderá a estar no controle das suas emoções e ainda ajudar quem precisa. A certificação garante toda base teórica, prática e legal para que você comece a clinicar se quiser!

    2 thoughts on “Pensamentos negativos: o que são e como evitar

    1. Minha “tese” é que não existe “auto destruição” e, minha mãe costumava dizer: “o que se meteu na vida dessa criatura” (lamento, que ela, uma pessoa sensível, mas paradoxalmente e com tal frase, tenha deixado a felicidade distante do cotidiano dela)! Mas eu vinha pensando nesses dias, a mesma “irmandade” ter sido tão decidida a vender a casa deixada pela nossa tia (era solteira) e com relação a casa da nossa mãe sem consenso sobre se continuará a casa com um herdeiro ou opção pela venda (externa)! Ontem, assisti a um vídeo de parentes que conheceram o conforto material e como “não pensaram” no “amanhã” passam por provações materiais e chegaram a nos visitar. Tempos depois enfrentamos novos desafios e, justamente as “donas” das casas, tão “dispostas” no vídeo, faleceram! Pensamento é energia e, nesse caso, o pessoal chamava antigamente, “quebranto” que pode acontecer em adultos, também e em especial, familiares amistosos, mas que nem por isso, deixarão de “contemplar” o conforto, ainda mais, quem um dia o tenha conhecido! A melhor forma para retomarmos a “alegria de viver” é sabermos ser agradecidos por cada dia de vida e ter vida orante! Como nos ensinou a Covid-19: o mal está no ar que sentimos, embora não tenha forma definida (o ar)!

    2. Entendo que sou minha melhor e tambem a pior conselheira , sou capaz de me condenar ao sofrimento e de me tirar dele. basta analisar as situações em que me encontro o pensamento negativo está sempre rondando esperando uma oportunidade de se fazer presente, então preciso estar vigilante o tempo todo para não deixa-lo me induzir a dor e ao fracasso.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.