Como se tornar Psicanalista?

Posted on Posted in Psicanálise

O profissional que concluir o Curso de Formação em Psicanálise terá elementos para iniciar um processo para se autorizar Psicanalista. Nossa Formação em Psicanálise contempla o quesito teórico e o tripé clássico da Formação em Psicanálise: teoria, supervisão e análise, amparado pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei n° 9394/96), pelo Decreto Federal n° 2.494/98 e Decreto n° 2.208, de 17/04/97.

Acesse a página de nosso Curso de Formação, na  seção “Módulos”, para encontrar informações sobre o conteúdo de nossa Formação.

A quem o Curso é recomendado?

A Formação se destina a pessoas interessadas em montar sua clínica para atendimento a pacientes. Pessoas que atuam na área de ciências humanas (medicina, psicologia, psiquiatria, enfermagem, filosofia, direito, teologia, educação, pedagogia, letras, etc.) e áreas afins; conferencistas, líderes.

  • Profissionais que atuam com coaching, mentoring, assessment ou gestão e liderança de pessoas.
  • Profissionais interessados no trabalho clínico em Psicanálise: psicólogos e psiquiatras, médicos, terapeutas ocupacionais, assistentes sociais, terapeutas holísticos, enfermeiros que trabalham nos diversos serviços de Saúde.
  • Estudantes de graduação e pós-graduação, que, direta ou indiretamente, precisem se aprofundar em conceitos psicanalíticos em seus estudos ou carreiras.
  • Profissionais que atuam em hospitais, núcleos de atenção psicossocial, centros de saúde, projetos judiciários, projetos sociais, empresas, escolas, serviços de urgência e outros.
  • Artistas, líderes empresariais e quaisquer profissões que lidam com pessoas.

 

Por que a profissão de Psicanalista é aberta a pessoas de outras áreas profissionais?

É aberto porque nenhuma Lei especificou o contrário, e porque os grandes nomes da Psicanálise (inclusive seu precursor, Freud) defendiam-na como ciência laica ou leiga, isto é, não amarrada aos cânones da medicina ou da psicologia, o que não impede que grandes médicos e psicólogos tenham-na como uma forma principal ou secundária de procedimento.

Para Freud e muitos autores, a formação humanista (filosófica, artística, cultural, histórica) e a experiência clínica, associadas ao método psicanalítico, podem contribuir tanto ou mais para a superação das dores psíquicas do paciente. Vale dizer que desde o princípio a Psicanálise era uma profissão aberta a quem se interessasse e que atraiu não só médicos – como Jung e Adler – mas também advogados, filósofos, literatos, educadores e teólogos, sociólogos e pedagogos.

Por isso, restringir a Psicanálise a essa ou àquela profissão é absolutamente contrário à ciência, ilegal e inconstitucional, pois “todos são iguais perante a Lei”.

Existe um Conselho Federal de Psicanálise?

Não. Os Conselhos são autarquias federais criadas por lei, com atribuições de supervisionar eticamente, disciplinar e julgar os atos inerentes e exclusivos das profissões liberais de formação acadêmica reconhecidas oficialmente no país; estando a atividade psicanalítica à parte desta conceituação. O psicanalista pode (opcional) associar-se a institutos, associações, sociedades ou grupos de psicanalistas, para fins de aperfeiçoamento e network.

Inscreva-se em nosso Curso de Formação em Psicanálise.

Foi útil para você? Curta, Comente e Compartilhe!

3 thoughts on “Como se tornar Psicanalista?

  1. O Triplé teoria, supervisão e análise afirma ao futuro psicanalista que existe uma segura retaguarda que o habilitará ao exercício competente nesta atividade. Havendo afinidade com a psicanálise, um excelente terapeuta trabalhará para benefício daqueles que necessitam seus serviços.

    1. Olá, Denis, tudo bem? Obrigado por sua mensagem. Não há conselho de psicanálise no Brasil (e no mundo). Você precisa ter um curso de formação e vincular-se a um instituto psicanalítico, como o nosso. Isso tudo é explicado na seção “Dúvidas Frequentes”, de nosso site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *